Rodando pelas ruas de San Pedro de Atacama

O universo conspirou para que eu conhecesse um pedaço de San Pedro de Atacama que as pessoas geralmente não conhecem.

No início isso não parecia muito legal, mas agora que tenho fotos para lembrar eu dificilmente teria desfeito a troca: nossos dias começavam e terminavam com uma caminhada entre uma região estritamente residencial e a Caracoloes, que é onde as coisas realmente acontecem.

Bem, mais uma vez: o que você precisa fazer ali é tentar participar do maior número possível de passeios e aproveitá-los ao máximo. Faça ao menos uma refeição inesquecível na Caracoles, mas não se preocupe em reservar parte da viagem para desbravar San Pedro e conhecer tudo isso que aparece aqui embaixo… mas, caso aconteça, não esqueça de levar a máquina!

Rodando pelas ruas de San Pedro de Atacama

Os donos do Sumaj Jallpa moravam bem em frente a essa placa da Coca-Cola. Como estávamos no meio de uma estrada que ligava a fronteira argentina e chilena, decidimos que era melhor caminhar pela cidade do que margeá-la.

San-Pedro-Ruas-17

San-Pedro-Ruas-01

San-Pedro-Ruas-16

Olhando para ambos os lados da estrada: primeiro a placa de boas-vindas à cidade, logo atrás um ônibus parado no que parecia ser um posto da Polícia Federal. Olhando para baixo víamos montanhas, mas era impossível enxergar onde a estrada realmente terminava.

San-Pedro-Ruas-02

San-Pedro-Ruas-03

Para evitar passar pelos policiais nós não passávamos pela estrada, mas por dentro do bairro: pegávamos o início da Tumisa, uma rua nova, plana e cheia de ferros e metais para entreter o povo em atividades ao ar livre.

Eu com minha mente doentia já imaginei que aquilo tenha sido um artifício criado pelo governo para tentar segurar os locais em um determinado lugar da cidade e tentar deixar a Caracoles para os turistas que por si só conseguem saturá-la durante todas as partes do dia.

San-Pedro-Ruas-04

Esse mercadinho fica bem próximo ao verdadeiro Sumaj Jallpa. Bem pequeno e local, atende quem mora por ali. Tem preços razoavelmente menores do que a Caracoles e galões de água que custam menos do que garrafinhas individuais.

San-Pedro-Ruas-05

Subindo a Tumisa encontrei algumas casas, mas não sei se as pessoas realmente moram ali. Tem casa bem estruturada como essa da foto e tem casa que parece de barro, todas aparecem intercaladas em um mesmo quarteirão.

Os carros que vi tinham placas de cidades maiores próximas dali: esse da foto era de Santiago, a mais de mil quilômetros de distância!

San-Pedro-Ruas-06

Esses painéis de energia solar aparecem aos montes por lá. Uma forma sábia de economizar no deserto.

San-Pedro-Ruas-09

San-Pedro-Ruas-10

Facebook-icon Instagram-icon Twitter-icon Siga o blog nessas e em outras redes sociais: sempre @rodeiviagens Facebook-icon Instagram-icon Twitter-icon

Pelo visto não só eu me hospedei longe da Caracoles: é comum passar por albergues temporários pelo caminho. Uns parecem maiores e com o mínimo de infraestrutura, como esse da esquerda, mas a gente vê cada coisa pelo caminho… Esse da foto da direita é uma casa residencial, mas conhecemos duas meninas que alugaram um quarto por duas pernoites.

San-Pedro-Ruas-08

Olha esse que loucura. Parece que para virar albergue tudo que eles precisam é de uma placa.

San-Pedro-Ruas-13

De repente aparecem caminhos protegidos por aparadores de sol, bancos de madeira e brinquedos de ferro. Pena que não estou encontrando todas essas fotos.

San-Pedro-Ruas-11

Hostal Hara do lado de outro albergue impossível de reconhecer o nome pela placa. Enquanto isso a camareira curtia um break enquanto mexia no celular.

San-Pedro-Ruas-12

Isso era uma mistura de papelaria com mercadinho. Todo mundo aproveita para vender água e refrigerante. Tem gente que ousa e também vende “fotocopias”, mas ninguém deixa de vender água e refrigerante.

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar no deserto do Atacama? Eu fiquei no Sumaj Jallpa, mas queria ter ficado no Quinta Adela. Já dei muitas dicas de como escolher seu hotel no Atacama.

  Já contratou o seguro de viagem? Viajar com seguro é essencial! O buscador Seguros Promo é parceiro do blog e oferece 5% de desconto para leitores, além de parcelar em até 12x no cartão. Se tiver alguma dúvida, fale comigo!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip de celular internacional com internet ilimitada – o frete é por minha conta! Se tiver alguma dúvida, entre em contato comigo.

  Para alugar carro no Chile pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Sou jornalista, trabalhei com assessoria de comunicação e fui repórter de turismo. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Sou @rodeiviagens no Insta.


'Rodando pelas ruas de San Pedro de Atacama' não tem comentários

Seja o primeiro a comentar este post!

Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2018. Todos os direitos reservados. Colabore com o blog! | Orgulhosamente hosted pelo DreamHost