Como comprar passagens para San Pedro de Atacama

Atualizado em 16 de novembro de 2019 por Thiago Khoury

Foram dias reunindo os amigos para discutir e pesquisar como comprar passagens para San Pedro de Atacama, mas tudo era muito caro!

Foi uma luta, meu amigo. Para cada batalha perdida os outros soldados e eu nos encontrávamos para a famosa cervejinha da derrota, o que nos animava a continuar tentando.

Outras dicas essenciais para planejar uma viagem ao Atacama:

San Pedro de Atacama: primeiras impressões

Qual o melhor seguro de viagem para o Chile?

Qual o melhor chip de viagem para o Chile?

Companhias aéreas que voam para San Pedro de Atacama

Para complicar nossas vidas existem apenas duas companhias aéreas que voam para Calama, a cidade que é porta de entrada para o deserto do Atacama: Latam e Sky, sendo que só a primeira tem dezenas de voos diários, de hora em hora, e faz parte de uma grande aliança aérea que te permite acumular milhas.

O problema é que a Latam pratica preços diferentes para brasileiros e chilenos: eles vendem a mesma passagem por um terço do preço para quem acessa o site do Chile ou paga com cartão chileno.

Na versão brasileira do site encontramos ida e volta por 840 reais, mas na versão chilena o valor cai para 320 reais!

De qualquer forma, se você não tem um cartão de crédito chileno é bem difícil burlar o sistema e conseguir comprar as passagens pelo preço local.

Na internet a gente encontra algumas pessoas que dizem ter conseguido, mas eu tentei diversas vezes e não tive sucesso em nenhuma delas.

Como viajar de Sky para o Atacama

Bom, se a Latam oferece preços tão diferentes para brasileiros e chilenos, que seja então de Sky.

É isso o que muitos blogueiros indicam, mesmo antes da Sky ser uma companhia que voasse para o Brasil através do aeroporto de Guarulhos.

Até pouco tempo atrás era preciso entrar em contato por telefone com uma determinada diretora de vendas e passar uma autorização de débito em conta corrente via fax. O bom é que agora eles incluiram cartões brasileiros como opção de pagamento.

O problema é que com a facilidade de pagamento veio também o aumento dos preços, o que pode dificultar os seus planos caso você não pegue uma tarifa promocional.

Como comprar passagens para San Pedro de Atacama

Novo site da Sky para brasileiros

O que me incomoda na Sky são os horários, geralmente muito piores do que os da Latam e sem voos diretos: a viagem é maior, mais trabalhosa e não rende milha alguma.

Decidimos então tentar comer pelas beiradas. Sim, aplicamos uma certa dose de brasilidade. Olha só.

Como comprei minhas passagens para San Pedro de Atacama

Pesquisando na internet descobri que alguns brasileiros tentaram fazer a compra na versão chilena do decolar.com. Lá eles tem exatamente os mesmos voos com os mesmos preços do site chileno da Latam, mas sem um cartão emitido no Chile você também não consegue finalizar a compra.

Bem, segunda tentativa: conversando com minha amiga Anna do nosnomundo.com descobri que ela conseguiu as passagens dela ligando para uma agência de Brasília onde uma chilena fazia a compra usando o próprio cartão, mas agora moça parece já ter voltado para o Chile.

Terceira e última tentativa: conheci o atrapalo.cl, uma agência chilena online de venda de passagens que parece já ter chegado ao Brasil. Encontrei os mesmos voos, horários e preços do site chileno da Latam, ou seja, 320 reais pelo trajeto completo já com todas as taxas inclusas.

Claro que eu já não tinha a menor pretensão de que funcionasse, até porque eu usaria o mesmo cartão brasileiro de sempre.

Como comprar passagens para San Pedro de Atacama

Os preços da atrapalo.cl são os mesmos da latam.cl

Mas funcionou exatamente como deveria, compra realizada! :)

Podia jurar que eu tinha acabado de me inserir naquele grupo de gatos pingados que conseguiram realizar a compra em um site chileno usando cartão brasileiro, mas não: liguei para os outros três amigos que viajariam comigo e, um a um, cada um fez a sua compra sem problema algum.

Bem, não sei por quanto tempo essa mamata continuará, mas foi exatamente o que fiz: comprei pelo atrapalo.cl pagando preço de chileno, embarquei sem problema algum e ainda acumulei as milhas que tinha direito.

E o melhor: sem mentir em absolutamente nenhum momento. Não menti endereço de cobrança, não menti endereço de residência e não menti número de registro social.

O que eu também poderia ter feito

Quando for comprar as passagens internacionais, inclua um terceiro trecho e faça uma compra casada: Brasil-Calama, Calama-Santiago e Santiago-Brasil. Essa pode não ser a alternativa mais barata, mas é a única que não traz dor de cabeça alguma!

39 comentários sobre “Como comprar passagens para San Pedro de Atacama

  1. Oi Thiago!
    Seu post foi de muuuuita ajuda pra minha viagem! Só estou com dúvida como emitir esse bilhete da foto ? Estou meio perdida de como usar o site do Atrapalo..
    obrigada !

  2. Tentei pelo Atrapalo mas os preços estavam equivalentes a compra pela Lan Brasil. Consegui comprar pelo site chileno da LAN. Na fase de pagamento coloquei pra pagar a vista e o documento de identidade como meu CPF. Deu super certo, Cartão Visa Internacional, Santander. Consegui pagar o preço “chileno”!
    Não achava que daria certo pois sou super azarão! No fim rolou! Fica a experiencia compartilhada!

    • Eu acabei de conseguir pelo site da Lan Chile, coloquei todos os meus dados do Brasil (endereço, telefone, etc) e no lugar do documento eu coloquei o numero do Passaporte, não dividi o pagamento. Já até recebi e-mail com a confirmação e código de reserva. As passagens foram Santiago-Calama-Santiago para outubro/2016 e paguei apenas 42.264 pesos chilenos. Acho que está tudo ok né? Medo de chegar na hora e dar algum problema!

  3. Consegui comprar minha passagem para o Atacama, coloquei todos os dados brasileiros, país, telefone, nao coloquei nada do chile e consegui fazer a compra. Não tentei dividir, duas passagens ficaram R$920,00.. A única coisa que fiquei preocupada é que nao tinha acento reservado, acredito que seja por ordem de chegada… espero não ter nenhum problema

  4. Pessoal, fiz várias tentativas no site, mesmo tendo cartão internacional e tendo pedido a liberação para compras. Por fim, li algumas dicas que funcionaram. Paguei 97.500 pesos para viajar de 26 a 31.12. Pelas datas, achei que ficou bem barato.
    Para quem está com dificuldade, sugiro as seguintes tentativas:
    1. A compra só pode ser feito com cartão, no mínimo, internacional. Ligue no seu banco e peça para habilitar para compras pela internet e também pra compras como se você estivesse no Chile.
    2. Entre pelo site da LAN chile;
    3. Informe o n. do seu CPF no lugar da identidade;
    4. O pagamento deve ser sem parcelamento, caso contrário não é aprovado.

    Boa sorte!

  5. Estive no Chile no início de abril e levei um prejuízo de USD 233,00 (R$700,00) no site “atrapalo.cl”.
    Me atrapalhou. Comprem passagens domésticas no Chile nas próprias cias. aéreas ou em sites brasileiros.

  6. Thiago, tô lendo tudo sobre o Atacama e achei esse post. Acabei de ter essa experiência e deu certo assim: tentei várias vezes pelo site chileno da LAN e também não consegui. Aí me deram a dica de ligar pro banco e fazer um aviso de viagem para o Chile imediatamente, como se eu estivesse lá hoje. A ideia é simular que você está no Chile exatamente no momento da compra, mesmo estando no Brasil. Aguardei uns minutinhos e consegui comprar pelo preço chileno. :-)

  7. Acabei de descobrir o motivo pelo qual algumas pessoas conseguem comprar na lan chilena com cartão emitido no Brasil e outras não. Após várias tentativas com um grupo de amigos, ficamos nos perguntando porque um deles conseguiu fazer a compra numa boa e os outros não conseguiam de jeito nenhum. A única diferença é que ele fez a compra sem parcelamento. Simplesmente, basta a compra ser feita sem parcelamento que o cartão passa numa boa! Depois de descobrir isso, todos compraram sem problemas.

    • Pessoal, mesmo fazendo sem parcelamento eu não consegui comprar a passagem na lan.com (site chileno).

      Quase desistindo, resolvi tentar novamente.

      Por fim, no final do processo, eu coloquei o número do CPF como carteira de identidade e passou sem problemas. Anteriormente eu estava colocando o passaporte. Acredito que a operadora do cartão fez uma checagem de segurança entre o CPF e o meu nome.

      Sucesso total! Quase R$ 1.100,00 (4 passagens) a menos que no site da TAM e em melhores horários.

      Boa sorte.

  8. Alguem conseguiu realizar essa compra recentemente? Estou tentando desde semana passada e nao consigo seguindo as dicas do Luciano. Existe um outro jeito de conseguir realizar esta compra?! Grato

  9. Oi, gente. Segui as dicas do Luciano Abade (comentário acima) e deu tudo certinho no site da Lan, paguei 68.000 pesos chilenos, o equivalente a 290 e poucos reais, com cartão de crédito emitido no Brasil. Tentei o atrapalo mas não rolou, ainda bem que deu certo. Muito obrigada pelo post e pelos comentários, garantiu minha viagem pro deserto. Abraços!

  10. Thiago, consegui realizar a compra pelo site chileno da LAN ,diretamente, pagando a bagatela de 63.000 pesos chilenos, algo em torno de 290 reais.Não foi difícil.como todos sabem ,mas não custa ressaltar, basta ter um cartão de crédito internacional.

    Vou postar um tutorial explicando o passo a passo, fica como mais uma opção para os leitores:

    Passo 1: acessar o site chileno da LAN. Uma busca no google ajuda, mas para facilitar, segue o link: http://www.lan.com/es_cl/sitio_personas/index.html

    Passo 2:

    Importante: Ao fechar as datas, optar por não incluir o seguro de viagem oferecido.Eles pedem o endereço no Chile para o qual irão enviar a documentação do seguro.

    Passo 3: Na pagina seguinte, preencher o dados pessoais.

    Optei por não selecionar o travel voucher como forma de pagamento.

    Passo 4: Inserir dados do cartão de crédito. Como documento de identificação do titular do cartão o site pede o n da identidade ou passaporte do titular, mas preenchi com o CPF e deu certo.

    Dirección donde recibe su estado de cuenta: Preencher o endereço cadastrado para recebimento da fatura do cartão e a cidade.

    Importante: O pagamento deve ser avista (sin quotas).Ao que parece o parcelamento só é valido para cartões emitidos no Chile.

    Da mesma forma, marcar que não deseja receber um fatura (serviço exclusivo para os chilenos).

    Pronto, tudo preenchido,é só clicar em continuar e pegar a confirmação da compra.

    Boa sorte a todos.

  11. Adorei a dica do site! Estou tentando comprar a passagem, mas logo abaixo do “País de Residencia” aparece a Regiao, a qual só é possível selecionar alguma do Chile. Isso interfere em algo?

  12. Olá Thiago,

    Pois então, como foi de viagem? Deu tudo certo com a passagem comprada no atrapalo.cl? Eu estou indo para Pucón de lua de mel em Fevereiro de 2014 e a passagem pela LAN sai quase 900 reais por pessoa e pela Sky airline sai esse valor pra duas pessoas. Pensei em comprar pelo atrapalo, mas gostaria de saber como foi sua experiência!!!
    Obrigado

  13. Thiago, como é feito o trajeto Calama – San Pedro de Atacama? Tem que pegar ônibus em rodoviária, precisa comprar passagem com antecedência? O tempo de viagem é 1 hora, certo?

    • Olá Fred, em breve irei falar sobre isso, mas, de qualquer froma, basta pegar o ônibus no próprio aeroporto (que é mínimo, não tem como errar). Antecedência só para não correr o risco de perder a próxima saída, logo depois da sua chegada. Sim, uma hora.

  14. Oi Thiago, consegui comprar a passagem para Calama pelo atrapalo.cl!!! Por enquanto tudo certo!!! paguei 147.700 pesos chilenos… quase 700 para 2 pessoas. show de bola!!! valeu pela dica!!

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

*