Como escolher passeios e agências em San Pedro de Atacama

Eu já disse uma vez que uma viagem para o deserto do Atacama é uma viagem medida em passeios, certo? Tudo bem, mas agora você me pergunta…

Quais passeios mais famosos em San Pedro de Atacama?

É que na verdade nada que fazemos em San Pedro é exatamente na Caracoles, a rua principal. Tudo que as pessoas fazem no deserto requer transporte para chegar até lá. Um passeio acontece sempre que você paga para que uma empresa te leve até o lugar combinado.

Como os passeios geralmente acontecem antes e depois do almoço, na maior parte das vezes é possível fazer uma dobradinha, ou seja, dois passeios por dia. Uma dobradinha pode ser cansativa, mas faça como eu, dê um cochilo entre eles.

Existem passeios noturnos, mas passeios noturnos são menos populares, como observar estrelas. Nesses casos é possível fazer três passeios em um dia só: um que comece de madrugada, um que comece depois do almoço, e uma observação noturna que comece a meia-noite.

Mas prepare-se: isso é um batidão frenético!

San-Pedro-El-Tatio-76

Quantos passeios existem em San Pedro de Atacama?

Existem dezenas de passeios diferentes, alguns deles duram mais de um dia, mas eu nunca cogitei fazer nenhum deles, preferi me ater aos mais tradicionais, até porque eu teria apenas três dias completos no deserto, não dava para escolher o hipster em detrimento do mainstream.

Cada agência de turismo oferece uma cartela diferente de passeios, mas é claro que os mais famosos são oferecidos por quase todas.

Como faço para escolher os melhores passeios de San Pedro de Atacama?

Só pesquisar aqueles que parecem mais interessantes, os que te despertam mais interesse. Não existem passeios melhores ou piores, existem passeios diferentes: mas se você procura os mais populares, acredito que os mais famosos sejam Geysers del Tatio, Valle de la Luna y de la Muerte, Laguna Cejar e Salar de Tara.

San-Pedro-Salar-de-Tara-198

Quantos dias preciso para fazer os passeios de San Pedro de Atacama?

Tenho medo que alguém me atire pedras, mas minha resposta é três, cinco ou sete dias, você escolhe.

Se dinheiro não for problema, é possível passar sete dias hospedado no deserto sem se sentir entediado em momento algum. O que a maioria faz são cinco dias, assim você consegue fazer os passeios que não fiz mas gostaria de ter feito. Bem, de qualquer forma vale dizer que meus amigos e eu ficamos três dias completos.

Você se arrependeu de ter ficado apenas três dias, gostaria de ter ficado cinco?

Bem, essa pergunta é complicada. Eu não me arrependi de ter ficado três dias completos, foi o ideal para um jovem cosmopolita como eu (para não dizer menino criado em cidade grande).

Quanto a ficar mais, depende: se eu tivesse escolhido ficar cinco dias desde o início eu teria gostado e aproveitado, mas se você fizesse essa pergunta no meu último dia de viagem, já me preparando para Santiago, a resposta seria não, me leve para Santiago!

San-Pedro-Salar-de-Tara-190

E quais passeios você fez em três dias?

Demos entrada no nosso hotel às 11 da manhã do dia um. Corremos para a rua principal para almoçar e fechar todos os passeios da viagem. Eu tinha então o restante do dia um, o dia dois e o dia três, sendo que sempre que o passeio inclui as primeiras horas do dia ou as últimas horas da tarde ele inclui um lanche. No dia quatro voltaríamos para Santiago muito cedo, e foi assim que meu roteiro ficou:

Laguna Cejar na tarde do dia 1

Geysers del Tatio na manhã do dia 2

Valle de la Lua y de la Muerte na tarde do dia 2

Salar de Tara durante a manhã e tarde do dia 3

Preciso reservar os passeios do deserto do Atacama com antecedência?

Não, é melhor deixar para reservá-los lá, assim você vai de agência em agência e tem a chance de chorar descontos, pagar da forma que for mais conveniente ou escolher aquela agência que rolar uma afinidade maior. É aconselhável fazer isso logo no primeiro dia, o quanto antes.

San-Pedro-Salar-de-Tara-61

Mas como escolho a melhor agência de San Pedro de Atacama?

Ouvi dizer que o preço inicial é apenas uma formalidade, que você pode e deve chorar valores melhores, mas quando fui barganhar na Turistour eles me cortaram logo no início: foi aí que me disseram que várias agências abaixam os preços porque esse é o diferencial que elas oferecem, a única forma de concorrer com agências maiores e mais tradicionais.

Eu recomendo todas as agências que usei: Vive Atacama no passeio do dia 1, Turistour nos passeios do dia 2 e Grado 10 no passeio do dia 3. Caminhando pela Caracoles você encontra essas e outras agências da cidade.

Opa, agora já sei tudo sobre passeios e agências!

Bem, quase tudo.

Existe uma terceirização de serviços, que aconteceu comigo logo no passeio do primeiro dia, que por sorte só me trouxe benefícios: no início fechei com a Layana, mas como eles venderam mais vagas do que assentos disponíveis, fui transferido para Vive Atacama, que parece ser maior e mais preparada. Foi uma santa troca, mas geralmente o cliente sai no prejuízo.

E não deixe de perguntar também qual é a pegada de cada agência: a Turistour é um ótimo exemplo de agência familiar, muito casal gringo e família de brasileiros. Por outro lado a Grado 10 é bem jovem e descoladex.

San-Pedro-Vale-de-la-Luna-44

Os posts que bombaram sobre alguns dos passeios mais famosos no deserto do Atacama:

Atacama: Monjes de la Pacana e Salar de Tara

+ Atacama: Geyser del Tatio e Machuca

+ Atacama: Valle de la Luna e Valle de la Muerte

+ Atacama: Laguna Cejar e Tebinquinche

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar no deserto do Atacama? Eu fiquei no Sulmaj Jallpa, mas já dei muitas dicas de como escolher seu hotel no Atacama.

  Já contratou o seu seguro médico de viagem? Eu gosto da World Nomads, uma empresa australiana que cota em reais e oferece a maior cobertura que conheço pelo menor preço. Cote também nas melhores empresas nacionais de uma só vez pelo Seguros Promo.

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip de celular internacional com internet ilimitada. Se tiver alguma dúvida, entre em contato comigo!

  Para alugar carro no Chile pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Sou jornalista, trabalhei com assessoria de comunicação e fui repórter de turismo. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Sou @rodeiviagens no Insta.


'Como escolher passeios e agências em San Pedro de Atacama' têm 15 comentários

  1. 26 de January de 2016 @ 23:25 Camilla Duarte

    Olá Thiago, sei que gosto cada um tem o seu, mas como isso é um blog que vc permite comentar aí vai! Percebi que voce passou muito rapido por San Pedro. Eu vivo aqui há um ano. Uma coisa eu tenho certeza TURISTOUR é uma fabrica de turismo. Nao tem nada de familiar. Nao sao necessarios tres dias para fazer os passeios principais e sim 2. Geiser / valle de la luna, Altiplanicas/cejar. Os tour da noite sao extremamente procurados que se esgotam todos os dias. Nao por acaso aqui é conhecida como a Porta do ceu! Existe sim um tipo de terceirizacao. E comum, porém existem empresas parceiras que fazem esse tipo de troca. Bom é isso! E ah, pra completar. A Grado 10 vende caríssimo para fazer um tour em um caminhao ridiculo e desconfortavel que leva vc ao Tatio 04:30 da madruga morrendo de frio em um caminho em péssimas condicoes. A vice Atacama sim é uma boa agencia. Enfim, é isso! grande abraco

    Responder

    • 15 de February de 2016 @ 22:39 Thiago Khoury

      Oi Camilla, pode comentar sempre! Mas se vc diz que dois dias são suficientes, e eu fiquei quatro, então eu não passei muito rápido pelo Atacama não, eu fiquei o dobro do que vc recomenda. Obrigado pelas dicas, um abraço!

      Responder

    • 3 de August de 2016 @ 15:40 Ká Vieira

      Camilla Duarte, gostaria de ter dicas melhores suas, qual seu e-mail?

      Responder

  2. 7 de January de 2016 @ 14:27 Paulo Fonseca

    Caros Srs Viajantes ao Chile,
    Muito cuidado com a agencia SAMBATUR, uma arapuca, um engodo e total falta de profissionalismo.
    Comprei um pacote ate Cajón del Maipo e fui muito mal tratado, desrespeitado e perdi um dia que poderia aproveitar. fui desacomodado em veiculo impróprio para o trajeto com mais 8 pessoas que também ficaram muuuito insatisfeitas. nem terminamos o passeio. Inconformado mandei um e-mail para a agente que havia me atendido e olhem só o que ela me respondeu:
    Bom dia Paulo,
    Infelizmente, por sua indecisão e o horário em que finalizamos a negociação, tivemos que colocá-los para serem operados por outra empresa, pois já não tinhamos vaga. Ademais, pelo preço pago por vocês, não poderíamos oferecer um serviço de primeira, como fazemos com nossos clientes.
    A decisão tomada por vocês sobre fazerem comentários negativos sobre nossa empresa, aceitaremos, pois temos nossos valores e nosso métodos.
    Att,
    Roberta Serrinha
    Sambatour

    Dá para confiar em empresa assim ? Não tinha restrição de tempo. Poderia ter-me colocado no dia seguinte, mas para não perder a venda, denegriu o nome da empresa
    PARA NÃO TER DESSABORES, NÃO CONTRATEM A SAMBATOUR.

    Responder

  3. 3 de June de 2014 @ 11:31 Elise

    Oi,
    Acabei de voltar do Atacama e também contratei os tours com a Grado10 porque li em diversos lugares que apesar do preço um pouco mais salgado era um serviço diferenciado (em especial pelo veículo e cafés da manhã).
    Entretanto, dos 4 tours contratados não fiz nenhum passeio no bendito caminhão porque de acordo com eles tinha quebrado na noite anterior a minha chegada no deserto (mas pelo visto não foi consertado depois de 3 noites?!!!). Resultado: (i) 2 foram feitos “em conjunto” com outra agencia, isto é, sem me avisarem me colocaram no ônibus de outra agência (provavelmente mais barata); (ii) 1 foi feito com uma van com conforto mínimo e que quebrou no caminho; e (iii) somente 1 tour (o último) foi feito no 4×4 da agencia.
    Apesar disso tudo, tenho que dizer que os cafés da manhã eram ótimos mesmo e que os dois guias da Grado10 (Robson e Pablo) com quem que tive oportunidade de fazer os passeios era muito bons e atenciosos.
    Lá ouvi dizer que a touristour também era muito boa e um pouco mais em conta.
    Então se for somente pelo caminhão e amenidades vale a pena fechar os tours somente se e quando eles derem certeza de que vão utilizar o equipamento da agencia (um dia antes, apesar do que um dia antes eles garantiram para o casal com quem fizemos o tour no 4×4 que seria utilizado o caminhão – profissionalismo deixou a desejar).
    Att,
    Elise

    Responder

    • 8 de June de 2014 @ 23:15 Thiago Khoury

      Oi Elise, realmente estando no deserto tudo é potencializado, como datas, prazos, custos… Inclusive quando um equipamento quebra :( A Touristour geralmente é a mais cara. E com relação a trocas indesejadas serem feitas de última hora, isso sempre pode acontecer, infelizmente!

      Responder

  4. 16 de January de 2014 @ 17:05 André

    Acabei de chegar do Atacama e fiquei por lá 8 dias (tédio). Penso que se você realmente for, deve ficar no máximo 5 dias já que os passeios que têm, você pode fazer até 2 por dia. No meu caso, pra não ficar cansativo, fiz um por dia. Fechei com a Whipala (fazem pack´s que no fim das contas, sai mais barato), possuem café da manhã, almoço ou snack, dependendo do horário do passeio. Também fiquei no hostal Sumaj Jallpa, mas não gostei do lugar porque a gerente desligava tudo as 11 da noite e praticamente nos expulsava da recepção (estávamos no anexo), a estadia lá está CLP 45.000 (achei extremamente caro e sem café da manhã, que é pago). Para almoçar ou jantar, existem diversos lugares que oferecem o “menu do dia” por 5 ou 6 mil pesos. Valeu a pena. Mas pra gostar de encher o bucho, indico o “Delícias de Carmem (Calle Calama). Preço é bom e o prato é enorme. Dependendo, dá até para duas pessoas. Gostei de San Pedro e de todos os passeios que fiz, gostei mais do Lagunas Cejar. Recomendo não fazer o Salar de Tara. É caro e cansativo e você fica o tempo todo dentro do carro (jipe ou 4×4). Ah! Troque reais lá. Sai mais em conta do que trocar no Brasil.

    Responder

  5. 3 de December de 2013 @ 22:54 Fernando

    E ae Thiago, td certo?
    cara curti seu posts, parabéns.
    Tira umas dúvidas, quanto a alimentação ” almoço e jantar ” quanto o preço? recomenda algum lugar?
    mercadinho tem?rs. ” comprar águas e mais águas.”
    você fez 3 dias de passeios, quanto mais ou menos você gastou?
    Mais uma vez parabéns pelo posts…

    Abraço

    Responder

    • 4 de December de 2013 @ 14:46 Thiago Khoury

      Olá Fernando, leia todas as dicas do Atacama em https://www.rodei.com.br/atacama. Sobre os passeios em breve entra uma série de posts no ar, mas de qualquer forma eles variam muito, vai desde 9 mil pesos a 50 mil pesos por pessoa.

      Responder

      • 2 de June de 2017 @ 23:08 Paula

        Só por curiosidade…esse de 50 mil por pessoa…qual pagou isso?
        estou montando meu roteiro e vi que alguns passeios não incluem entrada…
        pode me ajudar?

        Responder

  6. 3 de October de 2013 @ 19:30 Marcel

    Opa! Precisava saber mais ou menos quanto custa cada passeio no Atacama, e também a alimentação por lá (média de almoço, por exemplo).
    Parabéns pelo blog!
    vlw

    Responder

  7. 6 de March de 2013 @ 11:39 Clarisse

    Oi Thiago, tudo bem?
    Estou programando uma viagem pro Chile em setembro e vou incluir o Atacama. Queria saber em qual hotel vc ficou e qual a sua avaliação… tudo que vi até agora achei caro e muito simples.
    Valeu! abs

    Responder

    • 7 de March de 2013 @ 20:44 Thiago Khoury

      Oi Clarisse! Ainda vai rolar um post sobre os hotéis que quase fiquei e o que realmente fiquei – mas já te adianto desde já que foi o Sulmaj Jallpa. E, sim: ou é caro, ou é simples.

      Responder


Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2017. Todos os direitos reservados. Termos de uso e política de comentários. Colabore com o blog!