5 grandes dicas para reservar um bom hotel no Atacama

Atualizado em

Te desejo boa sorte, porque aqui todo mundo mata e morre por um lugar ao sol. Bem, na verdade, um lugar a sombra, que é o ápice do conforto no deserto.

Eu e minha santa ignorância deixamos para resolver a questão da hospedagem no Atacama em novembro, dois meses antes da viagem, mas se eu soubesse que seria essa loucura toda, ou soubesse eu que sequer viajaria para o deserto, em julho eu juro que já estaria com tudo pago e reservado.

5 dicas para reservar um bom hotel em San Pedro de Atacama

Reserve o quanto antes

Existem centenas de quartos disponíveis em todo tipo de hotel, albergue ou pensão que você possa imaginar, mas em algum momento todos ficaram esgotados, podendo restar apenas aqueles que só são acessíveis de carro ou aqueles onde não se põe para dormir nem o pior inimigo.

Tente ficar o mais próximo possível da Caracoles

Caracoles é a rua principal, onde tudo acontece, mas, veja bem, eu disse “tente”, porque nem sempre é possível: ou estará tudo esgotado ou estará tudo muito caro. Vale ir descendo um pouco mais, mesmo que muitas vezes as resenhas digam muito escuro durante a noite ou sem rua ou calçada.

Lembre-se que você está indo para o coração do deserto, onde é de se esperar falta de pavimento e iluminação, mas a segurança pública é um fator que compensa todos os outros: se você não tem dificuldade de locomoção e não pode arcar com as mordomias da Caracoles, ouse descer um pouco mais e pesquise as possibilidades nos quarteirões mais próximos das ruas Tumisa e Toconao.

Mapa-atacama

Mapa da Caracoles com as ruas mais próximas

Esteja disposto a gastar um pouco mais

Uma vez disse o quanto é importante ter jogo de cintura ao ler críticas em sites de hospedagem, mas vale ter algumas garantias a mais quando se trata de um lugar no meio do nada onde a civilização mais próxima está a uma hora de viagem: o deserto não é o melhor lugar para tentar novas experiências.

Como o seguro morreu de velho, tentei até o último minuto ficar no Kunza, mesmo pagando a mais por isso.

Pense agora, escolha depois

Entre no booking.com e faça mais de uma reserva, assim você consegue segurar a disponibilidade do que parece legal. Depois, sem pressa, você pesquisa a melhor opção dentre as possibilidades em stand by – mas, atenção: todos as reservas possuem uma data limite para que você as cancele sem pagar nada por isso.

Não faça como eu: não perca a data limite de cancelamento da reserva.

Foi assim que acabei ficando com o Sumaj Jallpa. Um pouco preocupado, mas conformado. Claro que ninguém gosta de escolher onde dormir porque confundiu 17 de novembro com 27 de dezembro, mas, no deserto, esteja disposto a fazer do limão uma limonada.

Não tente tirar água de pedra

O quanto antes você se conformar com a realidade do deserto melhor será a sua estada: água pode faltar, energia também. Dê folga ao espelho: no deserto, toda vaidade será castigada. Lembre-se que todas aquelas pessoas eram meros moradores locais até poucos meses atrás, foi em um susto que se tornaram empreendedores da indústria do turismo.

Com o Kunza e todos os hotéis parecidos esgotados, fiquei entre o Quinta Adela e o Sumaj, mas acabei fechando com Sumaj depois do meu grande vacilo – quer saber como foi a experiência? Clique aqui para ler.

Leias os outros quatro posts principais para saber o basicão sobre o deserto do Atacama:

+ San Pedro de Atacama, primeiras impressões

+ Como comprar passagens para San Pedro de Atacama

Qual o melhor seguro de viagem para o Chile?

+ Onde comer em San Pedro de Atacama

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar no deserto do Atacama? Eu fiquei no Sumaj Jallpa, mas queria ter ficado no Quinta Adela. Já dei muitas dicas de como escolher seu hotel no Atacama.

  Já contratou o seguro de viagem? Viajar com seguro é essencial! O buscador Seguros Promo é parceiro do blog e oferece até 10% de desconto para nossos leitores, além de parcelar em até 12x no cartão. Se tiver alguma dúvida, fale comigo!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip internacional com internet boa de verdade! Aplique o cupom exclusivo RODEI10 e leve 10% de desconto – se tiver alguma dúvida, entre em contato comigo.

  Para alugar carro no Chile pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Se quiser receber os últimos posts do blog e cupons de descontos exclusivos no WhatsApp é só adicionar (31) 98263.3937 aos seus contatos e mandar um "alô" para ativar o robô do blog!


'5 grandes dicas para reservar um bom hotel no Atacama' têm 7 comentários

  1. 27 de novembro de 2017 @ 8:15 Roberto

    Obrigado pelas dicas Thiago, o deserto deve ser sensacional e ao mesmo tempo dar uma opção incrível para tentar passeios diferentes.

    Se permite a sugestão, você também pode criar postagem sobre algumas regiões do interior do Brasil que são sensacionais.
    Aqui mesmo aonde moro, temos montanhas, represas e a maior tirolesa do mundo e muitos outros passeios bem legais.

    Obrigado novamente e parabéns

    Responder

  2. 24 de julho de 2014 @ 20:19 Dario Castro

    Ola, estaremos indo para o Atacama e fiz reserva pelo Booking no Poblado Kimal, qual é a tua opinião sobre este hotel? Obrigado.

    Responder

    • 25 de julho de 2014 @ 15:58 Thiago Khoury

      Oi Dario, eu infelizmente não conheço todos os hotéis do Atacama, só os que mencionei aqui.

      Responder

    • 24 de novembro de 2014 @ 22:28 Luiz Alfonso

      Boa noite.

      E aí como foi a hospedagem?
      Gostou do hotel?

      Responder

    • 23 de outubro de 2015 @ 18:47 Ricardo

      Dario, boa tarde! Como foi sua experiencia no Kimal? Tem alguma dica? Eu pretendo ficar hospedado lá.
      Obrigado

      Responder

  3. 19 de maio de 2013 @ 9:48 Mario Teixeira

    Interessante esse post. Sei que a região tem belas atrações, mas sempre achei que hospedagem era algo fácil. Como pretendo conhecer o Atacama em breve, agradeço a ajuda.
    Abraços e sucesso.

    Responder


Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2019. Todos os direitos reservados. Colabore com o blog! | Orgulhosamente hosted pelo DreamHost