Roadtrip nos Estados Unidos: de Orlando a New Orleans de carro

E eu que no Natal do ano passado resolvi fazer uma viagem de última hora? Comprei uma passagem para Orlando com embarque dali a dez dia com o intuito de fazer uma roadtrip nos Estados Unidos sem nenhum planejamento prévio.

Louco? Podre de rico? Não, mas eu precisava muito de um tempo sozinho e o mais rápido possível.

Trocar terapia por viagem, sabe como?

Enfim, com as festas de fim de ano eu não tive tempo e nem cabeça para decidir absolutamente nada, então me veio a ideia maluca de fazer uma viagem interativa com a ajuda dos seguidores do @rodeiviagens.

E como isso funciona?

Então, a ideia era chegar em Orlando e a partir de lá começar a dirigir sem rumo pelos Estados Unidos, mas acabei optando por colocar nas mãos dos seguimores o poder de decisão entre as possibilidades de destinos.

Todas as noites eu soltava uma enquete com duas opções e só seguia viagem para o destino que tivesse o maior número de votos.

Quer saber mais sobre isso? Eu conto como foi a experiência completa, mas antes preciso deixar dois posts essenciais para quem está planejando uma viagem aos Estados Unidos:

Qual seguro de viagem fazer para os Estados Unidos?

Qual o melhor chip de viagem para os Estados Unidos?

Como fazer uma Roadtrip nos Estados Unidos

Vou começar pelo fim: minha ideia deu super certo, a viagem foi deliciosa e eu consegui fazer a melhor terapia que já experimentei, mas preciso deixar claro que essa não é uma sugestão de viagem que dou.

Para a maior parte das pessoas uma viagem como essa deve ser uma experiência cuidadosamente planejada, não só por questão de segurança, mas também por motivos financeiros.

Sim, uma viagem sem nenhum tipo de planejamento tende a ser muito mais cara do que uma viagem planejada.

Outra: não é comum fazer uma primeira viagem internacional sem nenhum tipo de planejamento, pelo contrário, é esperado que o sujeito já tenha um certo conhecimento de causa antes de embarcar em uma experiência assim.

Dito isso, prometo que existem várias formas de se fazer uma roadtrip nos Estados Unidos com segurança e planejamento financeiro sem que ela seja menos interessante do que a minha.

Aliás, além de segurança e planejamento financeiro, incluo também o máximo de aproveitamento em cada parada pelo caminho, assim você não corre o risco de conhecer um destino sem pular lugares incríveis que você não sabia que estavam ali.

Roadtrip nos Estados Unidos

Dirigindo 3 mil km nos Estados Unidos em um Jeep Cherokee Latitude

Como planejar uma viagem de carro pelos Estados Unidos

Para planejar uma viagem de carro pelos Estados Unidos você precisa pensar em três etapas distintas, mas que conversam entre sim: planejamento financeiro, planejamento de tempo e roteiro.

Apesar de serem etapas independentes todas elas precisam se unir de forma harmônica.

É impossível ter disponibilidade de tempo se não há disponibilidade de dinheiro, da mesma forma que é impossível ter um roteiro que só pode ser cumprido em um mês se tudo que você tem são duas semanas de férias.

Planejamento financeiro

É importante que você saiba primeiro quanto pode ou quanto pretende gastar na viagem.

Calcule o valor diário em dólares para que os seus planejamentos sejam menos dependentes da oscilação do câmbio.

Imagine um valor que englobe os gastos com o aluguel do veículo, gasolina, hospedagem, alimentação e passeios.

Depois, adicione 20% desse resultado ao valor final e divida pelo número de dias de viagem. Pronto, esse é o seu gasto diário estrutural, ou seja, aquele que não contempla compras e emergências.

Tudo bem, mas como calcular gastos que eu ainda não sei precificar, como alimentação e hospedagem?

É impossível ter um valor exato, mas você pode chegar bem perto fazendo cálculos que respeitem seus desejos pessoas e pretensões de viagem.

É possível fazer refeições gostosas gastando menos de 15 dólares em restaurantes de rede, como Chipotle e Panera Bread, da mesma forma que é possível gastar entre 15 e 30 dólares em restaurantes com serviço completo de mesa.

Aliás, mesmo em restaurantes com serviço completo de mesa (principalmente nos mais baratos, como Denny’s e Olive Garden) é possível economizar, principalmente ao abrir mão do refrigerante, dividir um prato para dois ou optar por salada ou sopa.

O mesmo acontece em relação a hospedagem: é raro estar em uma cidade que não ofereça hotéis por menos de 100 dólares a pernoite. Eu consegui ficar em lugares muito bons por diárias médias de 75 dólares.

Em um roadtrip nos Estados Unidos é comum se distanciar um pouco do centro para economizar na diária, até porque a tendência é fazer tudo de carro mesmo.

Planejamento de tempo e roteiro

Vou falar sobre essas duas etapas de uma só vez porque quero mostrar duas formas de planejar uma roadtrip nos Estados Unidos e você me diz qual delas combina mais com você.

O que eu fiz nessa última viagem foi me guiar pelo tempo disponível nos Estados Unidos.

Como comprei a passagem duas semanas antes do embarque fui obrigado a escolher as datas mais baratas de embarque e desembarque, então desde o início eu sabia que minha viagem duraria no máximo doze dias.

Quem tem mais disponibilidade de tempo (e de dinheiro) pode fazer diferente e se guiar pelo roteiro: comece marcando tudo que você gostaria de fazer no My Maps para só depois descobrir quanto tempo o percurso total irá levar.

Lembrando que eu tinha que começar e terminar minha viagem por Orlando, então no meu caso era essencial fazer do retorno parte da viagem, mas muita gente opta por retornar ao Brasil saindo do aeroporto mais próximo de sua parada final.

Independente de como você decida organizar a sua roadtrip, com a ajuda do Google Maps calcule quantas horas serão gastas no deslocamento entre os destinos e planeje onde fará cada pernoite.

Pronto, agora você já sabe quanto tempo irá durar a viagem, quanto irá gastar e por onde irá passar.

Agora a sua roadtrip nos Estados Unidos está finalmente saindo do papel!

Orange Beach

Acabei colecionando pores do sol pelo caminho

Dicas para planejar uma viagem de carro pelo Estados Unidos

É essencial viajar com a reserva de veículo feita. Isso é importante não só por ser uma ótima forma de se preparar financeiramente como uma maneira de optar por um carro que não irá consumir mais gasolina do que o normal.

Como a gasolina nos Estados Unidos sempre foi muito mais barata do que no Brasil, confesso que nunca me preocupei muito com esse gasto em minhas viagens, mas até então eu nunca tinha dirigido três mil quilômetros em uma mesma viagem.

Por isso isso, vale a dica: em uma roadtrip nos Estados Unidos fique de olho em carros mais econômicos, independente do tamanho.

Pela primeira vez eu peguei um carro que, mesmo na cidade, me obrigava a completar o tanque dia sim, dia não (e isso não é nada normal).

  • Pesquise um carro econômico, independente do tamanho ou categoria

Uma ótima forma de fazer isso é jogar no Google “best fuel efficient…” e você completa com a categoria deseja, como SUVs, sedan ou economic.

Como na maioria absoluta das vezes a gente aluga uma categoria e não um modelo específico, vale pesquisar também “worst fuel efficient…”, assim você descobre o que não escolher quando estiver prestes a decidir entre os modelos disponíveis.

  • Use o My Maps

É até possível, mas é inimaginável pensar uma roadtrip sem o auxílio do My Maps: não tem ferramenta mais completa, gratuita e prática do que os mapas personalizados do Google.

Já falei muito sobre isso aqui no post Como usar o My Maps para fazer roteiros de viagem, não deixe de ler.

  • Use o Google Maps

Utilize o seu mapa personalizado para se locomover entre um ponto e outro e, o mais importante, não deixe de usar as funções básicas durante um trajeto, como descobrir restaurantes e postos pelo caminho.

  • Nunca deixe para depois – faça xixi e tenha gasolina!

Uma coisa que sempre faço é segurar o xixi um pouquinho e pensar, “sem problema, na próxima parada eu faço”.

Só que nem sempre a gente pega uma highway com dezenas de saídas para estacionar, comer ou dormir: entrando na Flórida vindo do Alabama o Google Maps me fez pegar um caminho onde não existia nenhuma saída por quase 40 minutos!

Mesma coisa com relação a gasolina: nunca espere o limite chegar, abasteça antes que você alcance o quarto final.

  • Calcule as paradas pelo caminho

Você pode não saber exatamente quanto tempo irá ficar em cada lugar, mas saber onde podem ser feitas as paradas principais (ou as pernoites) facilita muito o roteiro e pode fazer com que você gaste menos dinheiro.

  • Tenho o básico a bordo, ao alcance das mãos

Bom, você terá tudo que trouxe no porta-malas, o que não é nada distante, mas vale ter em mãos água, um snack e um moletom. Essas são as coisas que dinamizam a viagem, fazem com que você não perca tempo que não gostaria de perder.

  • Passaporte com você e nunca no porta-malas

Essa é uma das dicas mais importantes em uma roadtrip nos Estados Unidos: passaporte, dinheiro, documentos e eletrônicos vão na mochila dentro do carro – e, sempre que estacionar, leve-a com você.

Roadtrip de Orlando a New Orleans

Eu acabei contando ao longo do post um pouquinho sobre minha roadtrip entre Orlando e New Orleans, mas posso repassar os pontos principais e contar onde foram as paradas que fiz.

Aliás, posso fazer melhor e compartilhar o mapa personalizado que criei para essa viagem. Se quiser, sinta-se a vontade para repetir o roteiro:

Mapa de paradas entre Orlando e New Orleans

Essas são as paradas principais (ou pelo menos algumas das mais famosas) entre Orlando e New Orleans.

Para fazer esse mapa eu levei em consideração os meus desejos pessoais, até porque eu queria dar um start grande saindo de Orlando e evitar ficar muito tempo na Flórida.

Claro que nada impede que você rode até falar chega na Flórida antes de trocar de estado. Se fizer isso, escolha primeiro se deseja subir pelo Golfo do México ou pelo Atlântico.

Oportunidade de parada é o que não falta em ambas as opções, mas eu prefiro o Golfo do México caso você tenha que escolher apenas uma costa na Flórida.

No mapa (não deixe de abrir as camadas para ver o que foi feito na ida e o que foi feito na volta) você vê as paradas que fiz ou que poderia ter feito, porque algumas delas foram descartadas pelos seguidores do @rodeiviagens.

Quanto tempo durou a minha roadtrip?

Minha viagem durou exatamente doze dias. Ela poderia ter durado o dobro se eu não conhecesse a Flórida, mas como várias paradas já não eram novidade para mim consegui fazer muita coisa bacana em menos tempo.

Não existe um tempo ideal de viagem: em cinco, dez ou quinze dias você consegue cumprir roteiros igualmente incríveis, mas vale escolher algo que faça com que você tenha tempo nos destinos e não só dentro do carro.

Onde dormi e quanto gastei em hospedagem?

Existem aplicativos especializados em hospedagem de última hora, mas consegui os melhores preços através do Booking.com mesmo.

Caso queira testá-los, comece pelo Hotel Tonight e Hotwire, mas, como eu disse, exceto por New Orleans (o único fechado pelo Hotwire), os melhores preços estavam no Booking.com.

Esses foram os hotéis onde pernoitei entre Orlando e New Orleans:

Fui guiado pelo preço em todas as minhas escolhas, mas não pelo menor preço absoluto: muitas vezes abri mão de economizar o máximo possível para ficar em um lugar mais próximo do centro ou de frente para o mar.

Minha média de gastos ficou entre 70 e 100 dólares, exceto pelo Beachview Hotel e pelo Hampton Inn & Suites Panama City Beach que custaram entre 210 e 175 dólares respectivamente.

Eu ainda tive a oportunidade de passar duas noites em Orlando hospedado na casa da Luciana do amocruzeirodisey.com que é ótima anfitriã!

Morram de inveja, mas ganhei até churrasco de boas-vindas!

Quanto gastei com gasolina?

Nossa, acabei gastando muito!

Quando estou viajando e pretendo pegar muita estrada sempre opto por veículos maiores, os SUVs. Dessa vez optei pelo modelo mais novinho entre os disponíveis na minha categoria e acabei escolhendo o Jeep Cherokee Latitude.

De maneira gera era necessário entre 30 e 35 dólares para encher por completo o tanque do meu carro, o que eu fazia dia sim, dia não.

Olha, nunca gastei tanto com gasolina em uma viagem, aproximadamente 250 dólares exclusivamente com gasolina.

Outra coisa que não gostei no carro: ele suja demais!

Precisei lavá-lo no lava a jato três vezes em doze dias porque depois de cada chuva o parabrisa ficava completamente inutilizável.

Nunca vi nada parecido, alguém que entende de carro sabe por quê?

Enfim, se eu tivesse escolhido um Jeep Renegade ou um Kia Soul teria sido muito mais feliz.

Quanto custa uma roadtrip nos Estados Unidos?

Uma roadtrip geralmente custa aquilo que você tem disponível para gastar.

Nessa viagem entre Orlando e New Orleans eu não gastei muito. Na época o dólar custava aproximadamente 4,50 reais (o que já é muito) e exceto pela gasolina eu passei absolutamente tudo no cartão de crédito.

No mês seguinte minha fatura chegou e o gasto total foi 9.921,35 reais já com IOF. Como eu disse, só não foram contabilizados nesse valor o valor das passagens e do seguro de viagem.

Atualmente estou usando um seguro anual e minhas passagens custaram relativamente pouco visto que foram emitidas em cima da hora e o voo era direto.

Comprei um tênis e umas camisetas ao longa da viagem, e até isso está incluso no que foi cobrado pelo cartão.

Enfrentou algum perrengue durante a viagem?

Na verdade eu saí nessa aventura sem rumo porque eu queria me afastar de um perrengue, então imaginei que atravessar alguns estados americanos dirigindo um carro legal com o som alto pudesse me fazer bem – o que acabou sendo uma ótima escolha e um super investimento no final das contas.

Eu precisava dizer isso para que você entendesse que nada que fugisse do planejado (bem, não havia planejamento algum…) teria alguma importância significativa na viagem, mas, sim, enfrentei um perrengue.

Encarei um tornado que decidiu passar exatamente em cima de mim quando eu estava em Orange Beach.

Isso já aconteceu outras vezes então acabei tirando de letra, você pode ler sobre minha experiência com tornados e furacões aqui.

O único problema com esse último tornado foi ter perdido um dia da viagem trancado dentro do hotel, mas depois disso o céu abriu e os dias ficaram lindos.

E caso você tenha ficado curioso, comigo também aconteceu exatamente o mesmo: o céu abriu e os dias ficaram lindos. Inclusive estou planejando agora a próxima roadtrip nos Estados Unidos.

Não sei exatamente quando irá acontecer, mas não custa nada planejar.

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Orlando? Fiz uma lista com as melhores opções nos arredores da Disney e outra na região central da International Drive, confira!

  Já contratou o seguro de viagem? Seguro é essencial nos Estados Unidos! O buscador Seguros Promo oferece até 10% de desconto para leitores do blog, além de parcelar em até 12x no cartão. Se tiver alguma dúvida, fale comigo!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip americano com internet ilimitada de verdade – e através do nosso link exclusivo você leva 10% de desconto! Se precisar, entre em contato comigo.

  Para alugar carro na Flórida pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Se quiser receber os últimos posts do blog e cupons de descontos exclusivos no WhatsApp é só adicionar (31) 98263.3937 aos seus contatos e mandar um "alô" para ativar o robô do blog!


'Roadtrip nos Estados Unidos: de Orlando a New Orleans de carro' tem 1 comentário

  1. 26 de agosto de 2020 @ 21:45 Aleo

    Muito bom, ótimas dicas! Virei leitor do site!

    Responder


Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2019. Todos os direitos reservados. Colabore com o blog! | Orgulhosamente hosted pelo DreamHost