O que esperar de Jericoacoara, Ceará

Atualizado em

Eu não fazia a menor ideia do que esperar de Jericoacoara. Depois que bati o martelo sobre onde ficar em Jeri, comecei a pesquisar sobre a cidade para tentar descobrir o que vinha pela frente na minha primeira viagem a esse que é um dos paraísos mais cobiçados do Nordeste (e caros, principalmente para quem vai no verão, entre meados de dezembro e o Carnaval).

Informações importantes sobre Jericoacoara

Onde fica Jericoacoara?

Jericoacoara é o município mais ao norte do estado do Ceará, a 280 km de Fortaleza. A cidade é Jijoca de Jericoacoara, mas os locais tendem a chamar de Jijoca a cidade propriamente dita e de Jericoacoara (ou Jeri) a vila turística com praia, dunas, lagoas, pousadas e restaurantes.

Para entrar na vila de Jericoacoara deve-se pagar uma taxa turística de 5 reais por pessoa por dia, mas o processo é bem prático e rápido.

Onde fica Jericoacoara?

Antes de entrar na vila de Jericoacoara, o seu transfer irá parar aqui para que você possa pagar a taxa de turismo da cidade…

Onde fica Jericoacoara?

… e depois segue para Jericoacoara!

Como chegar em Jericoacoara?

Eu cheguei da forma mais prática possível: embarquei em um voo direto da Azul ligando Confins e o Aeroporto Regional de Jericoacoara (Comandante Ariston Pessoa) em pouco menos de três horas de viagem.

Chegando no aeroporto de Jeri, peguei (logo depois do desembarque, sem necessidade de reserva prévia) uma Hilux compartilhada que me deixou na porta da pousada por 75 reais/pessoa em meia-hora de viagem.

Essa é definitivamente a forma mais prática de fazer o trajeto entre o aeroporto e sua pousada. Já vi muita gente sugerir a dobradinha táxi até Jijoca e de lá embarcar em uma jardineira até Jeri, mas além de mais trabalhoso essa opção é mais cara.

Você pode alugar um carro no aeroporto de Jericoacoara, mas ele irá ficar estacionando na entrada da vila de Jeri (que não permite acesso de veículos que não sejam cooperados).

Como chegar em Jericoacoara?

Desembarcado no voo da Azul na posta de pouso do aeroporto de Jericoacoara…

Como chegar em Jericoacoara?

O aeroporto de Jeri é bem pequeno…

Como chegar em Jericoacoara?

… são apenas duas esteiras de bagagem

Como chegar em Jericoacoara?

Logo na saída existe um balcão da Potiassu que te direciona a próxima Hilux compartilhada saindo em direção a vila de Jeri

Lembrando que existem voos da Azul e Gol ligando o aeroporto de Jericoacoara a Guarulhos, Confins, Campinas e Recife, mas você pode voar para Fortaleza e de lá pegar uma Hilux (privada ou compartilhada) para Jericoacoara, o que é feito em mais cinco horas de viagem.

Vale a pena alugar carro em Jericoacoara?

Jeri não permite acesso de carros que não sejam cooperados, além de ser uma vila com ruas de areia fofa (aliás, abandonei os chinelos assim que deixei minha mala no quarto e só voltei a usá-los no dia de ir embora). Se você tiver alugado um carro no aeroporto de Jeri terá que deixá-lo estacionado na entrada da vila.

Carro é uma opção mais atraente para quem vem dirigindo de Fortaleza e quer incluir uma paradinha estratégica na Praia do Preá antes de chegar em Jeri, ou quem decide curtir o litoral de uma forma mais ampla e esticar até o Rio Grande do Norte (e conhecer algumas belezuras como São Miguel do Gostoso, Natal e Pipa).

Muita gente pergunta se vale fazer a dobradinha Jeri com Canoa Quebrada, e a resposta é sim, desde que você chegue pelo aeroporto de Jeri: assim você sai dirigindo de Jeri, passa por Fortaleza e segue para Canoa Quebrada.

Como é a infraestrutura de Jericoacoara?

A vila de Jeri conta com três ruas principais e vários becos que as cortam: de cima para baixo você irá passar pelas paralelas Rua do Forró, Rua Principal e Rua São Francisco, além da Rua das Dunas, a quarta rua paralela as outras três que tem ganhado fama por ser onde os bugueiros ficam disponíveis e onde a gente encontra ótimas pousadas com os preços mais baixos de Jeri.

La Dolce Vita in Jeri

Café da manhã na pousada em que fiquei, La Dolce Vita in Jeri

Jeri é uma vila muito maior do que eu esperava, principalmente quando comparo com o que conheço da Bahia: em Jeri a gente caminha muito mais do que no Quadrado de Trancoso, ou do que na Mucugê de Arraial d’Ajuda. Restaurantes, bares e pousadas ficam muito mais espaçados ao longo das três ruas principais, além dos becos mais famosos oferecem cada vez mais bares, restaurantes e lojas.

Jericoacoara tem uma UPA, está a meia-hora de distância do aeroporto, é cheia de restaurantes maravilhosos e permite basicamente dos passeios incríveis que você não pode deixar de fazer (e que ocupam um dia inteiro cada): o passeio leste e o passeio oeste.

Outra coisa que vale falar é que a gente se locomove por Jeri caminhando, mas para os passeios são de buggy ou de jardineira. Jardineiras são Hilux com a caçamba transformada em uma miniarquibancada para cinco ou seis pessoas sentadas.

O que esperar de Jericoacoara?

Bem, na verdade esse post inteiro é uma forma de prepará-lo para conhecer Jericoacoara, mas resolvi escrever um pouquinho sobre as ruas principais porque eu adoro desbravar a geografia dos lugares que conheço e tentar resumir que tipo de experiência eles oferecem:

  • Rua do Forró: cheia de pousadas, alguns restaurantes tradicionais e o famoso Café Jeri, a balada de Jericoacoara;
  • Rua Principal: é o centrinho de Jericoacoara, com uma praça cercada por lojinhas, sorveterias, restaurantes e o Samba Rock, o bar com pinta de esquenta de balada. É dali que sai o principal acesso à praia com restaurantes em ambos os lados. Logo depois que acabam os restaurante, já bem próximo ao mar, a noite esse corredor ganha várias barracas com música e drinks duvidosos.
  • Rua São Francisco: verdadeiro polo gastronômico de Jericoacoara, mas acaba em segundo plano porque a Rua Principal tende a ficar com a maior parte da fama. É da Rua São Francisco que saem as jardineiras para a Lagoa do Paraíso.
  • Rua das Dunas: cheia de ótimas pousadas com preços mais baixos, dá acesso às Dunas do Pôr do Sol e é onde ficam os bugueiros a procura de clientes.

Você vai descobrir que a melhor forma de se chegar em qualquer uma dessas quatro ruas é cruzando os becos de Jeri, sendo esses dois os mais famosos:

  • Beco Doce: é um dos becos que ligam as ruas São Francisco e Principal, com lojas, bares e restaurantes deliciosos, inclusive o Pimenta Verde e o Pescador na extremidade da São Francisco.
  • Travessa Ismael: esse não é um beco propriamente dito, está mais para travessa gastronômica: ela liga a Rua Principal a Rua do Forró e é cheia de restaurantes famosos, como o Tamarindo e o Serafim.

+ Clique aqui para ver meu passeio pelo Beco Doce e Rua São Francisco

O que fazer em Jericoacoara?

As três melhores coisas para fazer em Jericoacoara são os passeios leste e oeste, comer e aproveitar a praia, nessa ordem.

O passeio leste culmina na Lagoa do Paraíso, principal cartão postal de Jericoacoara. Nesse passeio é comum passar pela Praia do Preá e fazer paradinhas para fotos na Pedra Furada e na Árvore da Preguiça. Você pode contratar uma Hilux para fazer esse passeio de forma privativa ou procurar desconhecidos (na pousada ou com a ajuda de uma agência) para dividir as despesas.

Como passei rapidamente pela Praia do Preá e pela Árvore da Preguiça vindo do aeroporto (e no dia seguinte fui caminhando até a Pedra Furada), optei por dispensar o passeio leste e fui direto para Lagoa do Paraíso em uma das jardineiras que saem da Rua São Francisco.

Para o passeio oeste resolvi contratar um bugueiro porque acredito que essa é a melhor forma de aproveitar as dunas. O passeio oeste é o passeio das dunas, que também culmina em uma lagoa com redes molhadas (conhecida como Tatajuba), mas antes passa pelo mangue seco, faz rally nas areias e passa pelos escorregas molhados que desaguam em uma lagoa paralela a Tatajuba.

Passeios em Jericoacoara

Eu curtindo a manhã ainda nublada na Lagoa Tatajuba…

Não sou apaixonado pelo mar de Jericoacoara, acho as lagoas muito mais atraentes, mas de toda forma você pode ir caminhando pela praia da Rua Principal em direção a Pedra Furada.

A Praia do Preá é ideal para windsurf, mas não achei muito convidativa para quem curte tomar sol e nadar no mar.

E não se esqueça de assistir o pôr do sol pelo menos uma vez do alto da Duna do Pôr do Sol – em um dia sem nuvens o entardecer rende fotos lindas!

Quanto tempo ficar em Jericoacoara?

Quem fica exclusivamente em Jericoacoara pode dividir a viagem de diversas formas:

  • Em três dias inteiros em Jericoacoara você pode curtir um dia de caminhada até a Pedra Furada e fazer os passeios leste e oeste nos outros dois dias;
  • Em quatro dias inteiros em Jericoacoara você pode aproveitar um dia de praia, um dia de caminhada até a Pedra Furada e fazer os passeios leste e oeste nos outros dois dias;
  • Em cinco dias inteiros em Jericoacoara você pode aproveitar um dia de praia, um dia de caminhada até a Pedra Furada, um dia na Praia do Preá e fazer os passeios leste e oeste nos outros dois dias.

Vale dizer que todo mundo que conheço e que tenha ficado mais de três dias em Jeri repetiu a Lagoa do Paraíso pelo menos uma vez. Lembrando que você pode ficar cinco dias ou mais em Jericoacoara e jantar cada dia em um lugar diferente e se surpreender em todos.

Como é o clima e quando chove em Jericoacoara?

Provavelmente você já deve ter ouvido falar, mas em Jericoacoara venta bastante, por isso ela é considerada capital brasileira do windsurf.

O vento ameniza e muito a sensação térmica, lembro que peguei dias bem agradáveis em janeiro (mas dormir sem ar condicionado pode ser um problema). De toda forma, as médias históricas variam entre 22o C e 30o  C, podendo chegar a 35o C nos dias mais quentes.

Com relação a chuva, infelizmente ela começa a dar as caras em janeiro, mas é a partir de fevereiro que existe a real possibilidade dela atrapalhar os seus planos de viagem. Os meses mais chuvosos são março, abril e maio, nessa ordem.

Praias de Jericoacoara

Caminhando em direção à Pedra Furada, passando pela praia do Clube Ventos…

Pedra Furada Jericoacoara

… a famosa Pedra furada de Jericoacoara

Quando ir a Jericoacoara?

Jericoacoara é um destino ímpar, ele é cheio de “altas temporadas”: por causa das férias escolares e do ápice do verão, a alta temporada mais genérica começa antes do Réveillon e segue janeiro afora, mas como essa também é a temporada de chuvas, o segundo semestre é a segunda alta temporada do ano em Jericoacoara (mais seca e mais ventosa).

Imagino que a melhor época para ir a Jericoacoara seja imediatamente antes do início dessa segunda alta temporada: os meses de junho e julho tem bastante sol, e até meados de julho (e início de agosto) gringos e praticantes de windsurf ainda não chegaram para encarecer pousadas e cardápios.

Outro benefício de visitar Jericoacoara em junho e julho é pegar as lagoas mais cheias, imediatamente depois da temporada de chuvas. Em anos com pouca chuva é comum o nível da água cair bastante ao longo do segundo semestre, muitas vezes elas parecem secas.

Jericoacoara é segura?

Sim, Jericoacoara é bem segura. Caminhei com telefone e equipamento fotográfico para baixo e para acima, inclusive fiz longas caminhadas pela praia e não me senti ameaçado em momento algum (e olha que estávamos no ápice de um momento político complicado no Ceará).

Com relação a segurança você deve se atentar mais aos passeios de buggy e 4×4: pegue a indicação de amigos e contratate motoristas ou agências confiáveis que prezem pela segurança, pontualidade e compromisso.

Já falei, mas não custa lembrar: sempre viaje com um seguro de viagem, principalmente no Brasil: o investimento é pífio (muitas vezes não chega sequer a 3 reais por dia), e ele é uma mão na roda em caso de perda ou cancelamento de voo, principalmente em lugares como Jeri que não oferecem voos todos os dias.

É fácil usar cartão de crédito em Jericoacoara?

Sim, tanto cartão de débito quanto de crédito são amplamente aceitos em Jericoacoara. Você não precisa se preocupar em levar muito dinheiro em espécie para Jeri: restaurantes, bares, barracas, mercados, vendedores ambulantes e agências de viagem aceitam cartões de crédito e débito.

A taxa turística de 5 reais por dia por pessoa também pode ser paga com cartão.

É interessante ter dinheiro em espécie de resguardo para emergências (não existe banco e nem caixa eletrônico na vila de Jericoacoara), ou para pagar passeios contratados diretamente com o motorista (mas no meu caso todos aceitaram TED numa boa).

Posso até estar errado, mas me arrisco a dizer que você só precisa de dinheiro vivo mesmo para pagar jardineiras.

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar? Leia todas as minhas dicas de hospedagem e faça a sua escolha!

  Já contratou o seguro de viagem? É essencial viajar pelo Brasil com seguro de viagem porque além de oferecer serviços médicos ele protege e indeniza em caso de perda e atraso de bagagens e voos. O buscador Seguros Promo é parceiro do blog e oferece até 10% de desconto para nossos leitores. Se tiver alguma dúvida, fale comigo!

  Para alugar carro no Brasil pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Se quiser receber os últimos posts do blog e cupons de descontos exclusivos no WhatsApp é só adicionar (31) 98263.3937 aos seus contatos e mandar um "alô" para ativar o robô do blog!


'O que esperar de Jericoacoara, Ceará' têm 4 comentários

  1. 9 de maio de 2019 @ 19:18 Carlos Eduardo Andrade Bonfim

    Rapaz, sua dicas são muito boas, claras e objetivas. Ao ler me motivei, obrigado e continue a dar dicas de viagem. Você tem jeito pra coisa. Obrigado. Abraços!

    Responder

  2. 4 de maio de 2019 @ 19:38 Hamilton Mariano

    Bem legal suas dicas…

    Responder


Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2019. Todos os direitos reservados. Colabore com o blog! | Orgulhosamente hosted pelo DreamHost