Red Hook, meu bairro preferido no Brooklyn

O Brooklyn é enorme, e apesar de não ser é o maior borough de Nova York, ele é quase tão grande quanto. Por isso a gente o divide não só em bairros como também em regiões, só assim conseguimos mostrar que tipo de programa cada pedacinho dele oferece.

Hoje vou falar sobre Red Hook, uma região de Caroll Gardens que é provavelmente o meu bairro favorito no Brooklyn. Se quiser ler outras experiências que já tive pelo Brooklyn vale a pena começar por aqui:

Coney Island em Nova York: é cafona, mas eu gosto

Smorgasburg: a feirinha gastronômica do Brooklyn, Nova York

Red Hook no Brooklyn, Nova York

Se estivéssemos conversando há uns três ou quatro anos provavelmente esse post seria sobre Williamsburg, um dos bairros nobres do Brooklyn (e seguramente o mais superestimado), mas já que estamos seguindo sem freio em direção a 2019 é impossível falar sobre o Brooklyn sem dar dicas de Red Hook em Caroll Gardens, um bairro que mistura arquitetura industrial e portuária em um mundo próprio que em nada se parece com aquilo que se espera de Nova York.

Como chegar em Red Hook, Brooklyn

Chegar em Red Hook por si só já é um belo de um passeio: a nova linha de ferry, South Brooklyn, que também pode ser utilizada por quem adquiriu o passe ilimitado do metrô, sai do Pier 11 de Manhattan e para na doca principal de Red Hook três pontos depois.

O ferry é, além de prático, um ótimo passeio. Como o Brooklyn não tem a mesma quantidade de linhas e paradas de metrô, sair de Manhattan em direção a esse pedacinho de Caroll Gardens pode ser uma verdadeira viagem usando a dobradinha metrô e ônibus.

O que fazer em Red Hook, Brooklyn

O meu conselho é pesquisar o que conhecer em Red Hook e organizar sua agenda por lá sabendo exatamente onde ir e o que fazer. Red Hook é um dos passeios mais incríveis de Nova York, mas andar a léu por ali pode fazer com que você não encontre o que procura, principalmente no verão.

No verão Red Hook é quente e beira o insuportável, não tem uma única sombra pelo caminho.

Vou dar uma dicas de lugares que conheço e você pode pesquisar outros. Depois é só montar um mapa no My Maps e com um chip de celular americano você se vira bem por Red Hook.

  • Red Hook Winery

É difícil imaginar a cidade de Nova York como produtora de vinhos, mas o estado de Nova York é um produtor de vinho em ascensão, principalmente Long Island que é bem pertinho dali. Em Red Hook a Red Hook Winery tem um galpão enorme a beira-rio e de frente para Estátua da Liberdade.

Red Hook Brooklyn

Chegando no galpão da Red Hook Winery

Peça raríssima, me recebeu super bem (e é brasileiro!)

Já nem lembro que uva era essa…

Degustação rolando na hora do almoço

Red Hook Winery nasceu dos esforços de três enólogos que trabalham com quase cem tipos de uvas colhidas na região. O lugar é famoso pelas degustações de fim de semana: por 15 dólares você degusta quatro variedades de vinhos da casa e ainda participa do tour gratuito.

  • Brooklyn Crab

Esse é o meu lugar favorito e provavelmente a melhor dica para encerrar o dia. Brooklyn Crab serve camarões e lagostas de todas as formas possíveis. Com climinha praiano (e isso inclui infláveis e areia) você escolhe uma daquelas típicas mesas de piquenique americano e pede o que parece mais gostoso do cardápio. Os pedidos são entregues em cestinhas forradas com papel manteiga se passando por toalha quadriculada de mesa, sabe?

Eu pedi lula frita (crispy calamari, 12 dólares de acordo com o cardápio disponível no site) e uma cestinha de camarão frito (crispy shrimp basket, 21 dólares).

Nova York Brooklyn Red Hook

Olha a fachada do Brooklyn Cramb

Nova York Brooklyn Red Hook

Logo na entrada já rola esse pátio com algumas mesas

Nova York Brooklyn Red Hook

Lá em cima, no segundo andar, olhando a rua

Nova York Brooklyn Red Hook

Esse é o bar do segundo andar, se tiver banco disponível é só sentar

Nova York Brooklyn Red Hook

Esses são os fundos, onde fiquei

Nova York Brooklyn Red Hook

E a parte dos fundos tem um bar só seu

  • Cacao Prieto

Cacao Prieto é uma fábrica de chocolates orgânicos feitos com cacau da República Dominica. O engenheiro espacial Daniel Prieto resolveu usar a plantação da família para trazer para os Estados Unidos sementes de cacau que viram premiados chocolates 72%. Só fui para ver, até porque o que curto no chocolate é o açúcar, então só como ao leite.

Para quem também não curte chocolate meio-amargo, Cacao Prieto produz e vende rum e licor de chocolate na fábrica ao lado:

Cacao Prieto divide espaço com a Widow Jane

Widow Jane é uma destilaria famosa pelo seu Bourbon nesse maquinário com pinta de vintage

Lá no fundo eles tem um jardim de inverno, mas recentemente cercaram com uma grande, então já não dá mais para entrar

O pessoal respondendo as dúvidas de quem aparece de surpresa, como eu…

… e interessados podem degustar, mas a priori não rola degustação

  • Hometown Bar-B-Que

Hometown Bar-B-Que é uma churrascaria com vários chopes artesanais, a maior parte deles produzidos ali no Brooklyn. Se a sua onda não for cerveja, comece o dia na vinícola e deixe para almoçar na churrascaria, que deve ser provavelmente o segundo galpão mais famoso de Red Hook.

Quando fui, um ano antes de tirar essas fotos, pedi peito bovino (brisket) por 14 dólares. Sei que as pessoas geralmente vão pelo pela costela de boi (beef rib) que é vendida a cada 500 gramas, mas não sei o valor e não existe cardápio no site.

Red Hook Brooklyn

Hometown Bar-B-Que

Se você tiver mais alguma dica de Red Hook deixe um comentário no post que assim a gente colabora com um mapa mais completo para os coleguinhas!

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Nova York? Fiz uma seleção com as melhores opções para quem não abre mão de ficar em Manhattan. Se você acompanha minhas viagens sabe que tenho ficado bastante no Hotel Belleclaire e gostado muito!

  Já contratou o seguro de viagem? Seguro é essencial nos Estados Unidos! O buscador Seguros Promo é parceiro do blog e oferece 5% de desconto para leitores, além de parcelar em até 12x no cartão. Se tiver alguma dúvida, fale comigo!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip de celular americano com internet ilimitada – o frete é por minha conta! Se tiver alguma dúvida, entre em contato comigo.

  Para alugar carro nos Estados Unidos pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Sou jornalista, trabalhei com assessoria de comunicação e fui repórter de turismo. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Sou @rodeiviagens no Insta.


'Red Hook, meu bairro preferido no Brooklyn' não tem comentários

Seja o primeiro a comentar este post!

Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2018. Todos os direitos reservados. Colabore com o blog! | Orgulhosamente hosted pelo DreamHost