Como funciona o MaxPass, o FastPass da Disneyland

Atualizado em 15 de março de 2019 por Thiago Khoury

Muita gente não sabe, mas diferente da Walt Disney World, a Disneyland possui dois serviços expressos de filas em algumas de suas atrações mais populares, o FastPass e o MaxPass.

O FastPass é gratuito e funciona exatamente como funcionava em Orlando antes da alteração que o transformou em FastPass+: durante sua visita ao parque, basta inserir o ingresso nas máquinas de FastPass e pegar o recibo impresso que indica o horário de retorno naquela atração.

Já o MaxPass é um serviço pago e 100% digital. Para quem opta por contratá-lo ele é cobrado por dia, por ingresso.

Quanto custa o MaxPass?

Quando foi inaugurado, em meados de 2016, o MaxPass custava 10 dólares por ingresso/por dia, mas desde 6 de janeiro deste ano ele passou a custar 15 dólares por ingresso/por dia.

Digamos que você vá viajar com uma família de quatro pessoas. Cada um deve contratar o serviço individualmente através do app Disneyland ou deixar que o responsável pela conta familiar contrate para todos.

Se foram dois dias de parque para quatro pessoas serão 4 x 15 dólares = 60 dólares e depois 60 dólares x 2 = 120 dólares.

Como funciona o MaxPass na Disneyland

Para quem não quiser gastar mais dinheiro, os tradicionais FastPass continuam disponíveis…

Como funciona o MaxPass na Disneyland

… basta inserir o seu ingresso em uma dessas máquinas

Como comprar o MaxPass?

A forma mais prática é adquirir o MaxPass através do app logado. Todo ingresso, independente de ter sido comprado pela internet ou não, deverá ser trocado por um ingresso físico na entrada do parque ou durante o check-in no hotel.

É esse ingresso que deve ser linkado à sua conta no app. Depois disso é bem intuitivo: você verá uma chamada para o MaxPass na tela inicial e poderá comprar para você e para as contas linkadas à sua.

Com quanta antecedência posso marcar MaxPass?

Não existem aquelas janelas de 30 ou 60 dias de antecedência como na Disney de Orlando: como acontece com o FastPass de papel, o MaxPass só pode ser usado no dia, não existe planejamento prévio.

Assim que você entrar no parque o MaxPass fica disponível para compra e para marcação, por isso é bobagem sequer comprá-lo com antecedência – aliás, fazer a compra casada de MaxPass com ingresso é uma péssima escolha: atualmente a compra casada não permite que você escolha quando adquiri-lo, o sistema já presume que você deseja comprá-lo para todos os envolvidos e para todos os dias.

Fiz um passo a passo mostrando como comprá-lo e como fazer as marcações:

Como funciona o MaxPass na Disneyland

Para comprar o MaxPass, (1) clique em qualquer lugar que indique o serviço, (2) depois selecione o número de pessoas que irão adquirir o produto (no meu caso, minha conta só tinha eu mesmo) e (3) selecione o parque desejado…

Como funciona o MaxPass na Disneyland

… para marcar um MaxPass basta continuar: (1) selecione uma atração da lista, (2) confirme e (3) veja quando estará disponível o próximo para marcação

Vale a pena comprar o MaxPass na Disneyland?

Sim, acho que vale a pena comprar o MaxPass, mesmo depois do aumento de 10 para 15 dólares por pessoa/dia.

Para mim os melhores benefícios são: (1) a praticidade de poder fazer o agendamento pelo celular, (2) a tranquilidade de não ter que atravessar o parque só para planejar uma ida futura a uma determinada atração e (3) a única possibilidade de estar em um parque e agendar uma atração em outro (para quem tem ingresso hopper).

Tem ainda um benefício número (4): levar o PhotoPass de brinde. Quem adquire o MaxPass pode usar os serviços dos fotógrafos profissionais da Disney e usar o app para fazer o download das fotos tiradas por eles.

Essa é uma super oportunidade para quem acha o Memory Maker de Orlando muito caro.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

*