Conexão em Londres: o que fazer em Londres em poucas horas

Ninguém quer ficar um único dia em Londres, isso deveria ser regra atrelada a permissão de entrada, mas existe uma categoria de turistas que a gente entende e perdoa: quem não foi para ficar, aquele pessoal que está está ali só de passagem e não quer perder a chance de dar uma voltinha na cidade.

Se você quer ler um roteiro completinho para marinheiros de primeira viagem leia Um roteiro de quatro dias em Londres e dê uma olhadinha na página índice de Londres que está cheia de dicas para complementar os seus passeios, mas se você quer dicas de como aproveitar um tempinho livre na cidade antes de seguir viagem, separei três passeios para rodar por Londres sem se enfurnar em atrações que tomam todo o seu muito tempo.

Conexão em Londres: o que fazer em Londres em poucas horas

São três sugestões de passeios de reconhecimento para você tentar aproveitar o seu pouco tempo na cidade e voltar dizendo que conheceu pelo menos um pouquinho de lá: o basicão pela qual todo mundo passa, um passeio por Covent Garden e um passeio pelas pontes mais famosas da cidade em ambas as margens do Thames.

O basicão de Londres

O primeiro passeio é para quem quer começar do início e não tem medo de por a panturrilha em jogo! Big Ben, London Eye e St Paul Cathedral em uma mesma caminhada:

Assim que descemos na estação (1) Westminster vemos logo o Big Ben, o relógio no alto de uma das torres do (2) Palace of Westminster. Atravesse a (3) Westminster Bridge e caminhe em direção a (4) London Eye. Depois vá margeando o Thames até chegar no Tate Modern, mas antes você irá passar por um prédio charmoso conhecido como (4) OXO, um lugar cheio de restaurantes e lojinhas. O (5) Tate e a (7) St Paul são separados pela (6) Millenium Bridge.

Bater perna por Covent Garden

Não deixem que te digam que Covent Garden é um passeio para quem está atrás de compras: Covent Garden é um passeio urbano incrível, a céu aberto, um dos melhores de Londres. De quebra ainda rolam ótimas lojas pelo caminho, mas quem procura compras em Londres e tem pouco tempo na cidade deve ir a um shopping.

Comece pela rotatória (1) Seven Dials. Eu particularmente gosto mais das ruas Short Gardens e Monmouth, mas descobrir o que tem por ali é parte do passeio. Depois desça pela Neal em direção a (2) Piazza de Covent Garden. Você pode gastar um pouco mais e comer no Balthazar ou gastar menos nas redes que você já conhece ao redor da Piazza. Feche o passeio por ali no (3) London Transport Museum e depois estique até a (4) Somerset House.

Passeio histórico as margens do Thames

Esse é um passeio mais histórico e menos descolado do que o anterior, além de ficar às margens do Thames, então a gente tem um panorama londrino muito mais amplo e vê muito mais da cidade. Vamos atravessar duas pontes para passear por ambos os lados.

Comece descendo naquele miolinho do metrô, a estação (1) Tower Hill. Vamos passar direto pela (2) Tower of London porque precisamos de tempo se quisermos subir no alto do The Shard. Bem, chegou em Tower Hill, passou por Tower of London, atravessou a (3) Tower Bridge: você acaba de chegar no miolinho da prefeitura, uma região super bacana composta por três prédios legais; (4) City Hall, (5) The Scoop e (6) More London. Depois estique até o (7) The Shard, o maior prédio da Europa, antes de atravessar a (8) London Bridge.

Leia um pouquinho mais sobre alguns dos lugares que aparecem nessas três dicas de passeios rápidos em Londres:

+ 40 coisas para fazer de graça em Londres 

+ Quanto custam os cinco passeios mais tradicionais de Londres?

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Londres? Não tem custo benefício melhor do que o do St Giles, um hotel super bem localizado no miolinho do Soho. Para quem tem pouco tempo na cidade vale olhar os arredores da estação King Cross St Pancras.

  Já contratou o seu seguro de viagem? Cote as melhores opções de uma só vez pelo buscador do Seguros Promo que parcela em até 12x no cartão. Leitores do blog ainda levam 5% de desconto com o cupom RODEI5, aproveite!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip de celular internacional com internet ilimitada. Se tiver alguma dúvida, entre em contato comigo!

  Para alugar carro na Europa pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Sou jornalista, trabalhei com assessoria de comunicação e fui repórter de turismo. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Sou @rodeiviagens no Insta.


'Conexão em Londres: o que fazer em Londres em poucas horas' têm 4 comentários

  1. 1 de August de 2017 @ 3:18 Gustavo Branquinho Alberto

    E aí Thiago? Então, eu tenho uma conexão em Heathrow de 12h indo para Dublin. Daí pra eu poder sair do aeroporto nesse tempo e dar uma volta eu pego as placas com sentido para “arrival” ou para conexão normal la? Agradeço demais !

    Responder

    • 1 de August de 2017 @ 18:14 Thiago Khoury

      Oi Gustavo, geralmente “baggage claim” indica a saída, que fica depois do carrossel de malas. Não deixe de checar o que fazer com suas malas antes.

      Responder

  2. 23 de May de 2017 @ 18:49 Roberto

    Olá Thiago,
    Li todas as suas dicas, pois era que precisava saber, pois estou indo com um grupo conhecer Londres e teremos pouco tempo.

    Responder

    • 23 de May de 2017 @ 20:02 Thiago Khoury

      Que ótimo Roberto, espero que as infos sejam úteis! Não deixe de viajar com seguro e chip de celular. Abraço!

      Responder


Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2017. Todos os direitos reservados. Termos de uso e política de comentários. Colabore com o blog!