Origem dos nomes mais curiosos de Londres

Quando cheguei em Londres pela segunda vez e passei por muitos dos lugares que eu já conhecia passei a prestar atenção em alguns dos nomes mais curiosos da cidade. Tentei imaginar de onde eles poderiam ter surgido: será que Camden é algum tipo de produto? De onde vem Piccadilly? E que lugar é esse chamado Notting Hill?

Sentei para pesquisar e descobri que muitos deles vem dos nomes e títulos dos primeiros membros da realeza a desbravar, ganhar ou comprar muitas das terras da rainha, mas alguns tem origens bem curiosas:

Os-nomes-mais-curiosos-de-Londres

Origem dos nomes de Londres

  • O rio Thames, que é Tâmisa em português, significa escuro na língua celta, justamente para contrapor as águas claras do rio Lea, que significa luz e tem a mesma origem.
  • Portobello Road, que leva ao mercado de mesmo nome, era Green Lane no passado, mas trocou de nome em homenagem a uma fazenda que havia ali também chamada de Portobello – essa em homenagem a reconquista de uma cidade tomada pelos espanhóis, Puerto Bello.
  • Notting Hill é um grande ponto de interrogação, mas em 1356 aquela região foi chamada pela primeira vez de Knottynghull. 500 anos depois um documento atesta que o nome veio de um casebre rural chamado Knotting-Barnes, ou celeiro dos Knotting.
  • Trafalgar Square veio em homenagem a Batalha de Trafalgar, quando os navios ingleses saíram vitoriosos do conflito contra as tropas de Napoleão no Cabo de Trafalgar, na Espanha – e até então a região era conhecida como Charing Cross.
  • Oxford Street foi chamada assim em homenagem ao seu comprador, o conde de Oxford. Uhm, essas pessoas ricas e sua mania de comprar ruas…
  • Piccadilly já foi Portugal Road no passado, mas um belo dia um alfaiate começou a fabricar colarinhos mais largos e trabalhados que ficaram conhecidos como piccadills. Todo mundo queria usar e a moda foi lançada: Robert Baker ficou famoso em toda Europa, podre de rico e foi comprando, pouco a pouco, quase toda Portugal Road que, sem querer querendo, foi virando Piccadilly.
  • Canary Wharf que eu tanto gosto veio do cais número 32 das antigas docas, que no passado recebia frutas exclusivamente vindas das Ilhas Canárias.
  • Covent Garden é chamado assim porque… Bem, porque era um jardim. E era um jardim que pertencia ao convento que por sua vez pertencia a abadia de Westminster. Só depois Henrique VIII presentear John Russell com aquela região que ela cresceu e se modernizou.

Ribbons (Flat) PSDOs boroughs de Londres

Londres é uma cidade de boroughs, essa palavrinha inglesa que eu adoro repetir e muita gente não sabe bem o que significa.

Bem, borough pode ser traduzido como distrito, que é uma coisa que a gente não tem: um borough representa uma divisão administrativa, controlado por subprefeituras, conselhos que são eleitos periodicamente e instauram leis, taxas e administrações diferentes em cada um deles. É como se cada borough fosse uma cidade diferente com suas particularidades muito bem definidas.

Para tentar descomplicar, Londres passou a se dividir em duas: Inner London, com 12 distritos centrais, e Outter London, com 20 distritos periféricos.

Dê uma olhadinha no mapa: os boroughs mais famosos são centrais e estão todos lado a lado.

London boroughs map

City of Westminster é o borough mais famoso, onde está o Palácio de Buckingham: recebeu esse nome por causa da famosa abadia de Westminster, que por sua vez é assim chamada por ser uma igreja ao oeste da cidade antiga, lá nos idos do século 16, quando “mynster” era igreja em inglês antigo.

Camden, que é onde fica o famoso mercado de Camden, tem uma história um pouco mais complicada, mas parece que Charles Pratt, que foi congraciado com o título de Earl of Camden, se estabeleceu ali no século 18. E que título é esse? O “conde de Camden” foi criado para homenagear juristas reais, sendo que o primeiro Camden, de onde vem o nome, foi William Camden, que chegou ali dois séculos antes.

Greenwich, onde fica a universidade e os jardins: esse é um distrito real, recentemente instaurado pela monarquia. Um distrito real geralmente é criado para homenagear um feito da realeza, como no caso de Greenwich que se tornou borough em homenagem ao jubilado de diamante da rainha Elizabeth II em 2012.

Todo distrito real deve ser obrigatoriamente acompanhado pelo prefixo Royal Borough of, por isso o certo seria dizer Royal Borough of Greenwich. De qualquer forma, Greenwich vem do inglês antigo, grenewic, que significa “espaço verde que acompanha as margens”.

Kensington and Chelsea, onde estão os portões de Notting Hill e a famosa loja Harrolds: esse é outro distrito real, por isso o nome correto seria Royal Borough of Kensington and Chelsea, que antes era apenas Royal Borough of Kensington, em homenagem a rainha Victoria que nasceu ali, mas em 1965 eles decidiram dar a Chelsea um título real e ampliaram os domínios de Kensington.

Não existe nenhuma comprovação, mas havia dois senhores donos de muitas terras por ali: Cynesige e Kenesigne. Já Chelsea é chamado assim porque aquela região era fertilizada com uma espécie de pó de calcário, por isso a região era chamada de Chelchith, que hoje seria “wharf for chalk”, ou cais de giz.

Hammersmith and Fulham, onde está o shopping Westfield Shepard’s Bush: existem várias hipóteses sobre a origem de Hammersmith, mas eu fico com a mais simples: fusão de hammer, martelo, com smithy, ferraria, onde havia uma grande quantidade de trabalhadores braçais e indústria.

Já Fulham não vem de ham, presunto, mas de hamm, que significa “debruçar-se no rio”.

Southwark é um dos distritos mais famosos, onde fica The Shard: no passado era Suthriganaweorc, que em inglês antigo significa “the defensive works of the men of the south”, resumidamente, “south work”, uma vez que Londres foi erguida pelas mãos dos romanos que, lógico, vinham do sul.

Lambeth é continuação do distrito criado pelos trabalhadores do sul, onde eles colocavam seus carneirinhos para pastar e descansar, por isso significa “landing place of lambs” em inglês antigo.

E Londres, de onde vem a palavra Londres?

Na verdade a origem exata do nome Londres foi perdida ao longo dos anos, mas sabemos que o hipercentro da cidade era, no século 1, conhecida como Londinium, às marges do rio Thames, onde eram feitas trocas entre civis, reposições de armamentos e comércio da antiga “Roma britânica”.

Existem pelo menos mil explicações possíveis para a origem da palavra Londres, mas a que eu gosto mais é a do historiador William Camden que disse, lá no século 16, que Londres vinha do inglês céltico e significa “cidade no bosque”.

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Londres? Não tem custo benefício melhor do que o do St Giles, um hotel super bem localizado no miolinho do Soho. Para quem tem pouco tempo na cidade vale olhar os arredores da estação King Cross St Pancras.

  Já contratou o seguro de viagem? Seguro é obrigatório na Europa! O buscador Seguros Promo é parceiro do blog e oferece 5% de desconto para leitores, além de parcelar em até 12x no cartão. Se tiver alguma dúvida, fale comigo!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip de celular europeu com internet boa de verdade – o frete é por minha conta! Se tiver alguma dúvida, entre em contato comigo.

  Para alugar carro na Europa pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Sou jornalista, trabalhei com assessoria de comunicação e fui repórter de turismo. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Sou @rodeiviagens no Insta.


'Origem dos nomes mais curiosos de Londres' têm 6 comentários

  1. 7 de abril de 2015 @ 7:45 Hugo

    Excelente post. Recomendadíssimo ! Realmente muitos de nós não nos damos conta do significado das palavras. Parabéns. Grande abraço,

    Responder

  2. 26 de novembro de 2014 @ 12:40 Silvia

    Adoro Londres e adoro curiosidades! Muito bom, Thiago!
    Me hospedei em Southwark e pronunciava parecido com a origem “south work”. Cheguei, não me entenderam e descobri que não é nada disso. É tipo “sâdwók”. Londres cheia de gracinhas hehe

    Responder

  3. 24 de novembro de 2014 @ 21:43 Rafael Leick

    Eu, como apaixonado por Londres, amei esse post. Já me fiz algumas dessas perguntas quando morava lá, mas acabei não indo atrás e só aceitei os nomes como lá eram.
    Adorei saber disso tudo :)

    Responder


Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2018. Todos os direitos reservados. Colabore com o blog! | Orgulhosamente hosted pelo DreamHost