Museus do Queens: quais conhecer e como chegar

Atualizado em

Você já pensou em colocar outro distrito de Nova York em seu roteiro de viagem? Uma ótima forma de fazer isso é conhecer alguns dos museus do Queens, inclusive muitos deles estão entre os mais famosos da cidade.

Tem muito amigo meu que diz, “nossa, você vai tanto no Queens!”, ou “eu nunca saio de Manhattan”…

Então, agora vou dar o empurrãozinho que faltava para que você também se aventure por outros distritos da cidade: com vocês, Museum of The Moving Image, Queens Museum e MoMA PS1, os três mais famosos museus do Queens em uma única tarde.

Topa?

Os mais famosos museus do Queens

O Queens é um dos distritos mais importantes de Nova York porque é lá onde vivem grande parte das pessoas que fazem a cidade acontecer enquanto você passeia por ela.

Ser um distrito majoritariamente residencial (o maior em tamanho e o segundo em número de moradores) não faz do Queens um distrito esquecido (esse título pertence a Staten Island): lá existem atrações, restaurantes e hotelaria mais que razoáveis, inclusive museus.

Você não precisa e dificilmente irá conhecê-los em um mesmo dia, é mais comum visitar aquele que te desperta mais interesse, mas, para quem quer fazer uma imersão cultural de um dia pelos museus do Queens, esse é um ótimo pontapé inicial.

Dicas importantes para ajudá-lo no planejamento de sua viagem a Nova York:

Qual seguro de viagem fazer para os Estados Unidos?

Qual o melhor chip de viagem para os Estados Unidos?

Museum of The Moving Image

Entrada do Museum of The Moving Image

Museum of The Moving Image

O Museum of The Moving Image (acesse o site) é interessante, mas é o que gosto menos. De toda forma ele será nosso ponto de partida no Queens.

Você pode chegar pela linha R do metrô, que é o que geralmente faço. Ela sai de vários pontos de Manhattan, inclusive de Times Square e das minhas dicas de hotéis baratos em Nova York.

Quem está com chip americano pode jogar o caminho no Google Maps para saber como sair da estação Steinway, onde você deve saltar, e ir em direção ao museu. São dois minutinhos de caminhada e essa parte do Queens tem pinta de Chicago com os trilhos do metrô passando sobre nós.

Museus do Queens

Brincando no Museum of The Moving Image

Museum of The Moving Image

O museu tem uma pegada cinematográfica forte

Museum of The Moving Image

Quem reconhece essa maquiagem?

Não sei se é porque ele é o mais novo dos três, mas o Museum of The Moving Image é também o mais hypado deles.

Eu passo reto pela maior parte das exibições tecnológicas, gosto mais da parte “museu cenário”, como essa que mostra antigos figurinos de cinema, uma homenagem ao prédio que o recebe atualmente.

Pouca gente sabe, mas o único estúdio de cinema de Nova York funcionava exatamente ali: agora o Kaufman Astoria Studio mudou para o quarteirão ao lado, mas antes o único galpão de gravação de Nova York ocupava o mesmo espaço do museu.

O ingresso custa 15 dólares para adultos, exceto nas sextas a partir das 16h, quando a entrada é gratuita.

MoMA PS1

Esse roteiro tenta fazer com que você faça o menor número de baldeações possíveis, por isso a ordem acabou ficando Museum of The Moving Image primeiro, MoMA PS1 depois e Queens Museum por último.

Olhando para o mapa pode não fazer muito sentido, mas só assim você pega uma única linha de metrô para cada destino e ainda usufrui dos melhores horários de cada um.

Então, vamos falar sobre MoMA PS1 (acesse o site)? O MoMA original fica em Manhattan, esse MoMA é o MoMA do Queens, o MoMA dedicado exclusivamente a arte contemporânea, com um ar de experimentalismo, inclusive de artistas consagrados.

Museus do Queens

Museus do Queens

Entrada do MoMA PS1

MoMA PS1

Lilian dentro do MoMA PS1 que tem pinta de fábrica industrial

Sou apaixonado pelo MoMA original, por isso eu não posso compará-los em nenhum momento. O MoMA de Manhattan é focado na arte que ele expõe, já o do Queens põe suas instalações no centro das atenções.

O maior problema do MoMA PS1 é ter os horários de funcionamento mais caóticos de Nova York: abre ao meio-dia e fecha seis da tarde, além de não abrir nas terças e quartas.

Pelo menos o preço de entrada é só sugestivo: dez dólares por adulto, mas você paga o quanto quiser.

Para chegar ao MoMA PS1 saindo do Museum of Moving Image, volte para a estação Steinway, pegue a linha M e desça na estação Court Square-23 Street. Você estará a três pequenos quarteirões da entrada do museu.

Queens Museum

Queens Museum (acesse o site) é o que gosto mais, mas de bobo que sou: fico horas (eu disse horas!) olhando para a maquete de Nova York e tentando reconhecer lugares ou imaginar novas formas de chegar em lugares próximos.

Foi assim que bolei alguns dos roteiros para o guia do blog que já está pronto – mas não tão pronto para ser publicado :/

Queens

Caminhado em direção ao Queens Museum

Para chegar ali saindo do MoMA PS1 você deve ir em direção ao parque Corona em Flushing Meadows, que é como se fosse o Central Park do Queens.

Pegue a linha 7 em Court Square e desça na estação Mets-Willets Point. Você estará no meio do nada, atrás de um super estádio de tênis. Depois é só sacar o celular do bolso e ir seguindo o Google Maps, são quinze minutinhos de caminhada.

Unisphere

Chegando pelo Unisphere

Se você já assistiu Homens de Preto (o primeiro, com Tommy Lee Jones) vai lembrar disso tudo aqui: é nesse globo, conhecido como Unisphere, que acontece a luta final do primeiro filme, lembra?

Ele foi feito como símbolo oficial da Feira Mundial de Nova York em 1964.

Queens Museum

Aquelas duas torres lá no fundo também fazem parte do parque – e do filme Homens de Preto!

Queens Museum

Museus do Queens

Saguão de entrada do Queens Museum

O prédio em que o museu funciona atualmente também foi construído para uma Feira Mundial, porém a de 1939, no início da Segunda Guerra.

Foi nela onde Walt Disney mostrou, com exclusividade, a primeira atração dos parques que seriam construídos no futuro, o insuportável It’s a Small World.

O prédio ficou tão legal que antes do museu abrir, em 1972, ele foi sede da ONU no final dos anos 1940.

Museus do Queens

O que ele tem de mais famoso é a maquete de Nova York com os seus cinco distritos

Museus do Queens

São quase 900 metros quadrados com TODOS os prédios construídos na cidade até 1992

Thiago Khoury

Brincando em frente ao Unisphere

O Queens Museum só fica aberto entre quarta e domingo, além de abrir cedo e fechar cedo, entre onze da manhã e cinco da tarde. O preço também é uma sugestão, oito dólares por adulto.

Para voltar para Manhattan você pode pegar a mesma linha 7 na direção contrária.

Depois me fala sobre as suas experiências no Queens, você conhece algum desses museus? Lembrando que você pode aproveitar minha dica do Bareburger e almoçar o hambúrguer mais famoso do distrito, nascido e criado em Astoria.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Nova York? Fiz uma seleção com as melhores opções nos arredores de Times Square. Se você acompanha minhas viagens sabe que tenho ficado bastante no Hotel Belleclaire de Upper West Side e gostado muito!

  Já contratou o seguro de viagem? Seguro é essencial nos Estados Unidos! O buscador Seguros Promo oferece até 10% de desconto para leitores do blog, além de parcelar em até 12x no cartão. Se tiver alguma dúvida, fale comigo!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip americano com internet ilimitada de verdade – e através do nosso link exclusivo você leva 10% de desconto! Se precisar, entre em contato comigo.

  Para alugar carro nos Estados Unidos pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Se quiser receber os últimos posts do blog e cupons de descontos exclusivos no WhatsApp é só adicionar (31) 98263.3937 aos seus contatos e mandar um "alô" para ativar o robô do blog!


'Museus do Queens: quais conhecer e como chegar' não tem comentários

Seja o primeiro a comentar este post!

Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2019. Todos os direitos reservados. Colabore com o blog! | Orgulhosamente hosted pelo DreamHost