5 coisas que você deve saber sobre Nova York

Atualizado em

Sei que é engraçado começar um post assim, mas tem coisa que a gente precisa saber sobre Nova York antes da viagem.

É que Nova York é um destino dos sonhos, e destinos dos sonhos mexem com a gente.

Nova York sempre mexeu comigo. Tive a sorte de ter realizado quatro sonhos em Nova York: conhecer Nova York, viver em Nova York e trabalhar com e em Nova York.

Não existe cidade no mundo que eu conheça mais ou goste mais: Nova York não me cansa, não me desaponta e nunca me enfadonha.

Em Nova York estou sempre satisfeito: esse deve ser o único lugar do mundo que não tenho urgência em saber a última novidade ou desbravar lugares novos, me realizo e me satisfaço sem nenhum esforço, mesmo que eu vá aos mesmos lugares ou repita os mesmos programas.

5 coisas que você deve saber sobre Nova York

Descobri que Nova York é muito maior do que Manhattan…

Aliás, já falei sobre fazer mais do mesmo em Nova York e esse foi um dos posts mais acessados do ano passado:

+ 10 coisas que não canso de fazer em Nova York

Hoje quero falar sobre outras coisas que você deve saber sobre Nova York, mas antes preciso deixar três links importantes que podem ajudar nos planejamentos de viagem:

+ Hotéis baratos em Times Square: onde ficar e quais escolher

Qual seguro de viagem fazer para os Estados Unidos?

Qual o melhor chip de viagem para os Estados Unidos?

5 coisas que você deve saber sobre Nova York

  • Não se irrite com o taxista

Não que ele vá esquartejá-lo e jogar o que sobrou no Hudson (o que poderia acontecer se estivéssemos em Praga), mas você irá se zangar por muito pouco: os taxistas nem sempre são atenciosos, nem sempre são educados e nem sempre falam inglês. Ponto.

Acostume-se com a ideia de que é comum recusar uma corrida e diferente do que dizem isso não estará acontecendo porque você é latino ou tem cara de brasileiro: taxistas trabalham a mercê de suas vontades e é impossível tentar entendê-las.

Dito isso, fica a dica: o letreiro que aparece em cima do veículo possui três luzes, uma central e duas laterais. Quando apenas as laterais estão acesas o taxista não está trabalhando. Quando apenas a central está acesa, ele possui passageiro. Ele está livre apenas quando nenhuma luz aparece acesa.

Quer uma ótima dica? Prédios geralmente possuem uma lâmpada sobre o toldo da portaria principal que serve para alertar taxistas que alguém espera por um carro ali dentro – por isso, no inverno, peça um carro na portaria em vez de congelar na esquina.

Por fim, saiba que andar de táxi em Nova York é seguro e enrolar passageiro não faz parte da cultura local.

  • Não se irrite com os chineses no balcão

Nova York é uma capital multicultural onde vários imigrantes vivem, mas nem sempre são felizes. Você pode conhecer a melhor deli para tomar o melhor café e comer o melhor bagel da cidade, mas nada impede que ela pertença à chinesa mais mal-humorada de Manhattan: relaxe, usufrua do lugar e se despeça em português se quiser irritá-la na mesma proporção, mas não estrague o seu dia depois de um café bem tomado.

  • Não se irrite at all

Se você está acostumado com Orlando, San Francisco ou com o sul da Califórnia, saiba o quanto antes que Nova York é completamente diferente: aqui as pessoas andam com pressa, as coisas acontecem e deixam de acontecer em um minuto e nem sempre os atendentes fazem muita questão de atendê-lo.

É exatamente isso que faz de Nova York um dos destinos mais visitados do mundo: a Califórnia é linda e inesquecível, mas ninguém precisa de duas no mesmo país – se Nova York gritar, grite com ela! Não seja frágil e ande pela cidade like you own it, porque Nova York é de todos.

  • Cuidado ao atravessar as ruas

Mesmo com extenso transporte público, milhares de carros andam pela superfície e a qualquer momento podem provocar grandes congestionamentos.

Fique atento às ruas e não confie nos semáforos: mesmo que a luz vermelha esteja acesa, carros não só podem como devem fazer conversões para impedir engarrafamentos homéricos. Provavelmente eles diminuirão a velocidade e passarão com mais cautela, mas, ao passar pela faixa, caminhe, não desfile!

  • Metrô não é para os fracos

Entre rápido e saia depressa, principalmente entre às 16h e 18h. Claro que se você está na plataforma é bom esperar alguns segundos para que as pessoas saiam do vagão, mas deixe o espírito de escoteiro no hotel ou você irá perder o trem.

Outra: em Nova York é complicado ser um especialista em linhas de metrô sem errar muitas vezes antes. Elas são muitas, se misturam e nos confundem. Saiba sempre onde está o seu destino final: seja Uptown ou Downtown, caminhe em direção às escadarias corretas para otimizar o seu tempo.

E uma informação bônus que você deve saber sobre Nova York…

Caminhe no ritmo da cidade. Existem bairros e bairros, sinta a atmosfera de cada um para se encaixar no ritmo dos nova-iorquinos e aproveitar melhor a cidade – a melhor forma de descer a 5a avenida é no ritmo frenético de quem passa por você, enquanto quem desce a Bleecker desce admirando cada vitrine que aparece pelo caminho.

Todo mundo ama Nova York, mas vá com o coração aberto.

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Nova York? Fiz uma seleção com as melhores opções nos arredores de Times Square. Se você acompanha minhas viagens sabe que tenho ficado bastante no Hotel Belleclaire de Upper West Side e gostado muito!

  Já contratou o seguro de viagem? Seguro é essencial nos Estados Unidos! O buscador Seguros Promo oferece até 10% de desconto para leitores do blog, além de parcelar em até 12x no cartão. Se tiver alguma dúvida, fale comigo!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip americano com internet ilimitada de verdade – e através do nosso link exclusivo você leva 10% de desconto! Se precisar, entre em contato comigo.

  Para alugar carro nos Estados Unidos pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Se quiser receber os últimos posts do blog e cupons de descontos exclusivos no WhatsApp é só adicionar (31) 98263.3937 aos seus contatos e mandar um "alô" para ativar o robô do blog!


'5 coisas que você deve saber sobre Nova York' têm 12 comentários

  1. 27 de fevereiro de 2014 @ 20:51 Meire Santos Francisco

    Obrigada, garoto, por tanta generosidade. Abril 2014 será minha primeira vez na América do Norte, eu, que amo Europa. Anotei tudo q vc indicou.

    Responder

  2. 21 de setembro de 2011 @ 18:02 Gabriela Pinheiro

    Estou adorando ler tudo que você escreve, seus relatos são muito inspirados e inspiradores! E olha que para eu elogiar o que alguém escreve…
    Acrescentei várias coisas à minha lista “Things to do before I die: NY”:
    1-Fettuccine alfredo
    2-Falar português com o balconista chinês
    3-Comer uma carne que vem com uma samambaia
    4-Compreender que o taxista é imcompreensível e gostar dele assim mesmo
    5-Tomar cerevja ecologicamente correta
    6-Ver o Peter Parker em sua versão Mary Poppins
    7-Andar em NY como quem tbm é dono dela.

    Thanks for the tips, and keep the good work.
    xxx

    Responder

    • 21 de setembro de 2011 @ 18:06 Thiago Khoury

      Hehe! Ótimo resumão de NY! Sua viagem vai ser fantástica!

      Responder

  3. 5 de agosto de 2011 @ 11:22 Kelly

    Na minha viagem faltou a sua primeira dica!! Tive problemas com taxistas estressados!! rsrsrs Em compensação, sobrou a última… andar, andar, andar. É isso q respondo quando me pergunto qual é a melhor coisa a fazer em NY!
    Muito legal o post.
    Abraços

    Responder

  4. 26 de junho de 2011 @ 1:51 Tania

    Nova York, um bom tênis e boas pernas para caminhadas, e com a vantagem de emagrecer pelas andanças

    Responder

  5. 24 de junho de 2011 @ 17:23 Cristiana

    Ótimas dicas ! mesmo com alguma conotação de “selva”, NY é um espetáculo de cidade !

    Parabéns pelo blog,

    Abraço.
    Cristiana

    Responder

  6. 11 de junho de 2011 @ 13:48 Vicente Frare

    Você já leu o guia Minha Nova York, da Didi Wagner?
    Abs
    V

    Responder

  7. 9 de junho de 2011 @ 19:59 Marina

    Não vejo a hora de atravessar a rua, ser quase atropelada, bater no capô do carro e gritar: I’M WALKING HERE! Heheh

    Responder

  8. 9 de junho de 2011 @ 19:06 Rodrigo

    Não conheço NY, mas decidi que será uma viagem que farei quando eu estiver no clima. Afinal, pouco adiantaria conhecer por conhecer, sem experimentar a cidade de forma apropriada.

    Responder

  9. 9 de junho de 2011 @ 14:07 Marcos

    O Rodei sempre com as melhores dicas!!!
    Para o metro usem o http://www.hopstop.com
    Vc coloca onde está e para quer ir e ele te dá o melhor intinerário.
    Abraços

    Responder


Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2019. Todos os direitos reservados. Colabore com o blog! | Orgulhosamente hosted pelo DreamHost