Um pouquinho sobre Montpellier, França

Atualizado em 26 de janeiro de 2021 por Thiago Khoury

Update: 8 de dezembro de 2016

Montpellier é imperdível

Foi o que disse o Times quando listou 45 cidades para se visitar em 2012. Montpellier tem vários encantos, mas o que me conquistou primeiro foi esse ar francês tão diferente de toda aquela loucura cosmopolita da capital: apesar de estarmos falando da oitava maior cidade do país, Montpellier é tranquila como uma vila e très chic como uma metrópole.

Montpellier é jovem e receptiva

Graças aos inacreditáveis dez novos habitantes por dia pouco mais da metade da população tem menos de 35 anos. Como está a apenas três horas da capital Montpellier recebe centenas de jovens parisienses nos fins de semana e intercambistas de todo o mundo ao longo do ano: a cidade se especializou em cursos para estrangeiros e se tornou uma das três cidades europeias com o maior número de cursos de idiomas e alunos gringos.

A famosa Place de la Comédie | Imagem cortesia da Atout France

Desculpe o transtorno: estamos em construção para melhor atendê-lo

Tudo está crescendo, ficando maior, melhor e mais colorido. O Odysseum é o melhor dos exemplos: em uma suposta pacata cidade interiorana alguém decidiu erguer o shopping mais futurista do país, ironicamente apelidado de “Califórnia” pelos locais. Toda essa mistura de clássico e sexy resultou no bonde mais inusitado do mundo: o bonde, que é algo antigo por definição, se tornou o meio de transporte mais moderno do país, além de ganhar um vestidinho todo especial criado por Christian Lacroix.

Imagem cortesia da Atout France

Use sapatos confortáveis

É que você se sente impelido a ir cada vez mais longe. Quem programou uma caminhadinha pela manhã deveria pensar duas vezes antes de não usar os sapatos mais confortáveis da mala: é tanto “logo ali” que um “pulinho” dificilmente leva menos de um dia. A cidade é pequena, fácil de decifrar e simples de se locomover. Para fechar com chave de ouro ainda vale lembrar: é segura. Quer aprender o básico sobre lá? Bem, é basicamente o que aparece no mapa:

Odysseum, a parte nova da cidade, na parada final da linha 1 do bonde. É aqui que você faz as melhores compras da viagem, no novo Centre Commercial Odysseum. Do outro lado do mapa está a…

Place de la Comédie, o mais famoso ponto turístico de Montpellier e um ótimo ponto de partida para suas caminhadas por lá. Em uma de suas pontas temos um Ibis para quem pode se hospedar no epicentro dos acontecimentos, atrás dele tem o Polygone, o primeiro shopping da cidade. Comédie fica colada em…

Écusson, ou centro histórico, também chamado de cidade antiga: um labirinto de ruelas que desembocam Comédie, uma vila que é linda de fotografar e fácil de se perder. Quem vem subindo pela Comédie e atravessa toda a Écusson chegará a…

Rue Foch, que é Champs-Elysees de Montpellier. Caminhando para a esquerda você chega ao grande arco, caminhando para a direita você chega a Écusson mais uma vez.

Hotel de Ville é o prédio mais bonito da cidade, um enorme cubo de aço projetado por Jean Nouvel. É ali que rola o mini distrito financeiro de Montpellier. Não deixe de entrar: você estará nas margens do Le Les, o rio que corta a cidade e tem vários restaurantes super agradáveis em sua orla.

Place de Zeus é um lugar charmoso, estudantil e com várias opções mais baratas de hospedagem. É onde está o meu ótimo lugar para se hospedar em Montpellier.


Ver Montpellier num mapa maior

Rapidinhas de Montpellier: o que é essencial

Como chegar e sair de Montpellier

Todo mundo chega de trem pela estação Saint-Roch a duzentos metros da Place de la Comedie. São só três horas de viagem para quem vem Paris. Para quem vem de ônibus a viagem é um pouco mais longa, mas a estação fica na parada Sabines da linha 2 do bonde. Eurolines e Linebus ligam Montpellier a quase 20 cidades europeias.

Para quem chega de avião existe um aeroporto por lá, e ele está bem próximo do centro da cidade, são apenas dez minutos de carro.

Como se locomover em Montpellier

Ou de bonde ou a pé. Você pode economizar sola do calçado pulando grandes distância de bonde, mas, tirando o trajeto Odysseum-Comedie, para quem tem disposição todo o resto é caminhável. De qualquer forma são duas linhas antigas e duas linhas inauguradas em 2012. Iremos falar mais sobre como usar o transporte público de lá, mas…

Onde se hospedar em Montpellier

Uma sugestão fácil, e cara, é recomendar a Place de la Comedie ou a Rue Foch, mas tenho uma dica de hotel em Montpellier em um ótimo lugar chamado Place de Zeus.

Place de la Comédie | Imagem cortesia da Atout France

Turismo em Montpellier

Quem me convidou para rodar por Montpellier foi o escritório de turismo de lá, um povo que trabalha muito e faz de tudo um pouco: se tem uma coisa que você percebe rápido é que quem mora ali é completamente apaixonado pela cidade.

Pelo site ot-montpellier.fr, que tem uma versão menos completa também em português, você consegue comprar ingressos, pesquisar restaurantes, comprar o city pass para as atrações mais famosas e, minha dica pessoal, fazer um tour com guias que falam português.

Sim, a Cris, que é uma dessas pessoas iluminadas que a gente tem vontade de por no bolso e trazer para casa, conhece a cidade de trás para frente e ainda fala português maravilhosamente bem!

Você consegue passar dois ou três dias na cidade, até porque existem day trips bem próximas de lá. Existe vida noturna, é um ótimo lugar para fazer compras na França e o mar está a apenas vinte minutos de carro. Foi Montpellier que me fez apaixonar pela França. E pela Cris!

8 comentários sobre “Um pouquinho sobre Montpellier, França

  1. Cidade maravilhosa, movimentada, comida francesa e comida do mundo, tudo acontece, tudo funciona, gente do mundo inteiro. Andar pelas ruas sem pressa e observar cada detalhe é surpreendente. Só vendo, para entender. Por mais que eu fale, nunca conseguirei reproduzir o que vi e o que senti…. Louco para voltar!!!

  2. Olá, Thiago

    Tudo bem?

    Achei super legal suas dicas! Estamos indo para Barcelona e passaremos dois dias em montpellier! Sabe me falar onde podemos comer bem e barato por lá?

    Beijos e obrigada ;)

  3. Ola Thiago, gostei muito só blog e dos comentários sobre Montpellier. Vou morar por um período de 6 meses a 1 ano.
    Gostaria se possível se vc pode me dar 3 dicas.
    1- hotéis com baratos mas organizados e recomendados lá.
    2- locar carro vale a pena? Poderia indicar onde ou que site posso buscar locadoras
    3- onde procurar lojas com promoções e produtos d’ ocassion ( usados e semi novos) boas. Pretendo comprar uma bike pra me deslocar lá e uma zeradinha já olhei por alto e é salgado o preço.

    Abs

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

*