CityPASS de Boston: vale a pena comprar?

Atualizado em

Já pensou em comprar o CityPASS de Boston? Eu usei um na minha última viagem e já tenho minha opinião sobre ele.

Vou falar um pouquinho sobre o CityPASS, como ele funciona, quanto custa e se vale a pena investir em um para quem vai fazer uma primeira viagem a Boston.

Leia mais para saber o basicão de Boston:

Boston: primeiras impressões

Onde ficar em Boston (com tour pelo quarto!)

Qual seguro de viagem comprar para os Estados Unidos? (com cupom de desconto!)

+ Qual o melhor chip de viagem para os Estados Unidos?

Onde comer em Boston: as melhores dicas!

Como funciona o CityPass de Boston

O CityPASS é uma iniciativa de algumas das atrações mais populares de determinada cidade para incentivar e facilitar a visita em todas elas.

Você paga um valor único por um livreto com páginas destacáveis que funcionam como passes de entrada em algumas das atrações mais famosas de Boston por um valor inferior a soma de cada uma delas se compradas de forma individual.

Atualmente o CityPASS de Boston oferece entrada em quatro de cinco atrações da cidade.

Quais são as atrações do CityPASS de Boston?

São cinco atrações disponíveis no CityPASS de Boston, mas você deve escolher quatro (coloquei na frente de cada uma delas o valor da entrada caso fossem compradas separadamente):

  • New England Aquarium (31 dólares)
  • Museum of Science (28 dólares)
  • Skywalk Observatory (20 dólares)
  • Harvard Museum of Natural History (15 dólares) ou Boston Harbor Cruises (32,95 dólares)

Importante dizer que esses são os valores referentes as entradas mais simples possíveis, mas todas essas atrações oferecem preços diferentes em função do horário de entrada ou se você opta por adicionar um tour ou algo do tipo.

Quanto custa o CityPASS de Boston?

Atualmente o CityPASS em Boston custa 64 dólares (clique aqui para comprar).

Você pode comprá-lo em qualquer uma das atrações participantes, mas vale mais a pena comprá-lo online, assim você não paga aquela fatídica taxa americana, só um dólar extra pelo “custo de processamento”.

Só não se esqueça de comprar a versão digital, assim você usa o celular para entrar nas atrações ou imprimi o livreto em casa, caso contrário eles cobram pela entrega.

Vale a pena comprar o CityPASS de Boston ou é melhor pagar pelas atrações?

Na minha opinião só vale a pena comprar o CityPASS de Boston se você estiver viajando com crianças, e digo isso mesmo sem ter conseguido conhecer o Harvard Museum of Natural History.

Na verdade, não conheço Harvard at all: estive em Boston justamente durante o fim de semana de graduação e eles literalmente fecham Harvard Square de ponta a ponta, quem não é aluno não consegue nem entrar.

Como de maneira geral não me interesso por museus de ciências ou aquários, eu acabaria abrindo mão de usar o CityPASS em duas das três atrações mais caras da lista.

CityPass de Boston: New England Aquarium

O famoso New England Aquarium em Boston

Por outro lado, por mais cafona que seja, fazer um passeio de ferry em dia de céu limpo é um programão!

Pena que escolher o Boston Harbor Cruises elimina o museu de Harvard.

Enfim: eliminei o museu de ciência, eliminei o aquário e escolhi o passeio de barco. Sobra só o Skywalk Observatory no Prudential Center.

Se eu fosse fazer só essas duas atrações valeria mais a pena comprá-las individualmente do que pegar pelo CityPASS de Boston.

Claro que você pode pensar “ah, mas se eu comprar o CityPass eu me sinto motivado a visitar uma terceira atração, mesmo que eu não queira ou eu não goste muito”.

Vê lá se vou entrar em coisa que não gosto só para justificar uma compra que não preciso? Nunca!

Pronto, minha opinião é essa: se você adora aquário ou se está viajando com crianças, vale a pena comprar o CityPass de Boston (clique aqui para comprá-lo), elas com certeza irão amar o barco, o museu de ciências e o aquário.

As principais atrações de Boston

Agora que você já leu sobre uma das melhores formas de conhecer várias atrações da cidade com apenas uma compra, vou deixar aqui alguns links contando as experiências que tive com o CityPASS de Boston e outros passeios não contempladas por ele:

+ New England Aquarium: o aquário de Boston

+ Skywalk Observatory: o observatório de Boston

+ Boston Harbor Cruises: passeio de barco em Boston

Já esses outros são passeios com entrada paga de forma individual:

+ Boston Trolley: hop on hop off em Boston

+ Boston Tea Party Ship and Museum: o museu do navio ancorado

+ Fenway Park: tour pelo estádio do Red Sox

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Boston? Eu fiquei em Seaport District, um bairro novo cheio de restaurantes e bares. Back Bay e Theatre District são outros dois bairros ótimos e mais tradicionais para se hospedar em Boston.

  Já contratou o seguro de viagem? Seguro é essencial nos Estados Unidos! O buscador Seguros Promo oferece até 10% de desconto para leitores do blog, além de parcelar em até 12x no cartão. Se tiver alguma dúvida, fale comigo!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip americano com internet ilimitada de verdade – e através do nosso link exclusivo você leva 10% de desconto! Se precisar, entre em contato comigo.

  Para alugar carro nos Estados Unidos pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Se quiser receber os últimos posts do blog e cupons de descontos exclusivos no WhatsApp é só adicionar (31) 98263.3937 aos seus contatos e mandar um "alô" para ativar o robô do blog!


'CityPASS de Boston: vale a pena comprar?' tem 1 comentário

  1. 27 de junho de 2018 @ 18:10 Leonardo

    Thiago.

    Usamos em 2011 e gostamos batante do Boston CityPASS.
    Em geral, o CityPASS costuma ser bem útil.
    Abraço!

    Responder


Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2019. Todos os direitos reservados. Colabore com o blog! | Orgulhosamente hosted pelo DreamHost