Boston Tea Party Ship and Museum: o museu do navio ancorado

Atualizado em 25 de abril de 2022 por Thiago Khoury

Visitando o Boston Tea Party Ship and Museum eu reaprendi que a Independência dos Estados Unidos começou com o protesto mais inusitado da história: pouco antes do Natal de 1773, colonos ingleses revoltados com a Coroa arremessaram centenas de baús de chá ao mar de Boston.

Não se sabe o número ao certo, mas foram mais de 300 baús.

Esse era o estoque total de três navios da antiga e famosa (lembro desse nome caindo em prova) Companhia Britânica das Índias Orientais.

Tem protesto mais curioso do que esse?

Esta é a história contada pelo Boston Tea Party Ship and Museum, considerado o melhor museu de Boston.

Onde ficar em Boston (com tour pelo quarto!)

Qual seguro de viagem comprar para os Estados Unidos? (com cupom de desconto!)

+ Qual o melhor chip de viagem para os Estados Unidos? (15% off!)

Links essenciais para programar sua viagem a Boston!

Boston Tea Party Ship and Museum

Para entender o sucesso do Boston Tea Party Ship and Museum (clique para ver o preço em real, parcelado no cartão) a gente precisa primeiro contextualizar a cidade.

Boston é a capital de uma região americana conhecida como New England, e New England é famosa por ter sido cenário do desenrolar da Revolução Americana.

Por isso é de se esperar que o turismo nesses seis estados da região de New England seja majoritariamente histórico, e quem mais fomenta e consome todos esses museus, passeios e construções históricas é o público americano.

O que você irá notar em algum momento é que o Boston Tea Party Ship and Museum não foi feito para brasileiros, nem para nenhuma outra nacionalidade que não seja a americana.

Os passeios são realizados em grupos em horários previamente divulgados. Cada pessoa de cada grupo recebe um cartão com um personagem histórico
Você pode pedir um folheto em português que é ótimo para ajudá-lo a se contextualizar
Esse é Samuel Adams comandando a primeira parte do passeio: como você pode notar pelas cabecinhas, a maior parte do público é mais velho

Claro que é curioso se inteirar sobre a história de outros países, principalmente a história dos países que você decide visitar, mas todo o misancene que envolve a atração no navio ancorado em Boston (real, diga-se de passagem) dificilmente irá entreter alguém que não seja americano.

Eu achei um porre.

Quanto mais sono eu sentia mais longe do fim parecíamos chegar. Eu estava com muita dificuldade de entender o inglês dos atores, não pesquei metade das piadinhas que faziam meus colegas gostarem tanto de estar ali.

Fico imaginando um grupo de americanos ouvindo durante pouco mais de uma hora a encenação (em português) da Inconfidência Mineira e do enforcamento de Tiradentes.

Se eu não me presto a isso, imagina eles?

Essa comparação só não é feliz porque americano adora e se orgulha da própria história, muitas vezes é só ela que eles conhecem, então é de se entender porque o Boston Tea Party Ship and Museum (clique para ver o preço em real, parcelado no cartão) é o museu mais popular de Boston.

Descendo para o navio ancorado…
… essa moça era realmente engraçada, ótimo ela ter sido a única a ter ficado com o meu grupo do início ao fim
Esse era um pouco forçado, ficou com o grupo só durante o passeio no navio ancorado
Você pode se voluntariar para jogar um dos baús de chá ao mar…
… pronto, baú de chá ao mar!

O passeio é guiado e dura pouco mais de uma hora. Ele começa em uma sala com a encenação de uma reunião municipal encabeçada por Samuel Adams (com participação do público), continua com um passeio pelo barco ancorado onde você também pode lançar chá ao mar e depois vai para uma sala com hologramas e outra com cineminha.

O cineminha foi interessante, e conhecer uma história que é muito inusitada também não deixa de ser, mas sabe o que fui realmente fazer ali?

Fugir da chuva.

Atrações mais famosas de Boston

De acordo com o Trip Advisor o Boston Tea Party Ship é o melhor museu da cidade, mas como eu disse ao longo do post ele tem um público muito específico e a gente não faz parte dele.

Vale a pena também conhecer outras atrações tão populares quanto e que de quebra são mais democráticas, além fazerem parte do CityPASS de Boston:

+ New England Aquarium: o aquário de Boston

+ Skywalk Observatory: o observatório de Boston

+ Boston Harbor Cruises: passeio de barco em Boston

E essas são outras duas atrações muito famosas em Boston, mas que não fazem parte do CityPASS:

+ Boston Trolley: hop on hop off em Boston

+ Fenway Park: tour pelo estádio do Red Sox

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Boston? Eu fiquei em Seaport District, um bairro novo cheio de restaurantes e bares. Back Bay e Theatre District são outros dois bairros ótimos e mais tradicionais para se hospedar em Boston.

  Já contratou seguro de viagem? Seguro é essencial nos Estados Unidos, principalmente em tempos de Covid! O comparador Seguros Promo oferece pelo menos 10% de desconto para leitores do blog e ainda parcela no cartão!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip americano com internet ilimitada de verdade - e através do link do blog você leva pelo menos 15% de desconto e ligações gratuitas e ilimitadas para o Brasil!

  Para alugar carro nos Estados Unidos pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez na Rentcars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português!

Atrações de BostonBostonMuseus de Boston
Comentários (2)
Adicionar comentário
  • Natália

    Meu deus moço, você gostou de alguma coisa em Boston? Todos os posts que você tá reclamando de alguna coisa. Pra quem nunca foi, não vai ter interesse nenhum em conhecer, sendo que Boston é uma cidade incrível.

    • Thiago Khoury

      Adorei, mas a parte “paga” deixou a desejar. Obrigado por ter lido todos os posts!