7 motivos para conhecer Toronto Islands

As ilhas de Toronto não nasceram ilhas. Durante a maior parte do tempo elas foram apenas pequenos aglomerados de areia em movimento que começaram a se fixar a dois quilômetros do continente.

Quando os índios descobriram que lá funcionava como refúgio da presença massiva dos homens brancos, Toronto Islands aos poucos foi se transformando em um importante ecossistema, com flora e fauna muito especiais – mas, de todos os animais quem passam por lá, ainda somos nós os maiores frequentadores de Toronto Islands: já somos mais de um milhão de turistas ao ano. Pode parecer muito, mas esse número na verdade faz das ilhas umas das atrações menos exploradas na cidade.

09121001

Leia mais para saber o basicão de Toronto:

Perguntas essenciais sobre o Canadá

Para começar a rodar em Toronto

Dicas de hospedagem em Toronto

Roteiro de cinco dias em Toronto

+ Qual o melhor seguro de viagem para o Canadá?

Toronto Islands

Os barcos são baratos, rápidos e contínuos. Cada ferry deixa o Toronto Ferry Terminal, ao lado do Westin Harbour Castle Hotel, várias vezes ao longo do dia. O número de saídas varia, mas em alguns momentos do ano elas acontecem a cada quinze minutos. O maior preço pelo trajeto, que inclui retorno, é CAD$ 6,50.

Existem três ilhas para públicos diferentes. Hanlan’s Point, Centre Island e Ward’s Island podem ser cruzadas caminhando ou pedalando. Carros e motos não são permitidos nas ilhas.

As ilhas foram feitas para serem desbravadas. Existem mais de 10 quilômetros de caminhos pavimentados para passear ou pedalar. Verdade seja dita: quando notamos a qualidade da infraestrutura das ilhas percebemos que bancos, banheiros e bares deixam muito a desejar. Na maioria das vezes eles estão sujos e mal cuidados, mas isso não influencia no objetivo principal de quem visita as ilhas, que é usufruir da beleza natural de lá. Existem locadoras de diferentes tipos de bicicleta (na falta de um site, ligue: 416 203.0009) em Hanlan’s Point e Centre Island.

Conheça um dos faróis mais antigos do país. Em Hanlan’s Point, Gilbraltar Lighthouse está de pé desde 1808 e é oficialmente o monumento mais antigo da cidade. Mesmo tendo passado por grandes reformas, ele ainda mantém aspectos originais – como o espírito de seu primeiro guardião, Radan Muller, um homem que foi encontrado morto depois de sua primeira noite de trabalho.

Não se deixe levar por Centre Island. Um passeio legal para quem viaja com os pequenos, mas não oferece nada que seja interessante para adolescentes e adultos viajando solo – Centreville Amusement Park e The Franklin Children’s Garden são bem bobinhos.

Tempos de praia. Existem, geograficamente, duas praias na ilha: uma em Hanlan’s Point e outra em Ward’s Island. Como Hanlan’s Point possui o maior trecho de areia, sua praia é dividida em duas:

Hanlan’s Point Clothing Optional Beach: localizada na parte alta da ilha, a praia nudista também recebe quem prefere continuar vestido.

Manitou Beach: localizada na parte baixa, próxima ao Children’s Garden, é considerada uma atração de Centre Island. Possui um recife de pedras que impede as crianças de nadarem em direção ao fundo.

Ward’s Island Beach está ao lado de uma marina particular e é a menos frequentada delas, exceto pelos moradores das poucas casas remanescentes na ilha.

Facebook-icon Instagram-icon Twitter-icon Siga o blog nessas e em outras redes sociais: sempre @rodeiviagens Facebook-icon Instagram-icon Twitter-icon

Bom para quem gosta de esportes. Hanlan’s Point possui três quadradas de vôlei e seis quadras iluminadas de tênis, além de duas pequenas áreas para brincar de baseball.

Quem passeia por Hanlan’s Point percebe que muitos gramados possuem estranhas estruturas de ferro onde as pessoas brincam de algo que até então eu desconhecia por completo, o frisbee golf, ou disc golf, que possui até associação profissional.

O @ariehsinger possui algumas imagens bem legais para quem ainda não conhece o esporte.

Toronto Islands:

Pegue um ferry para qualquer uma das três ilhas no Toronto Ferry Terminal.

Toronto Ferry Terminal:

No final da Bay Street. A linha Yonge-University-Spadina te deixa na estação Union, a mais próxima.

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Toronto? Selecionei os melhores hotéis nos arredores das praças Yonge-Dundas Square e Nathan Phillips Square. Leia também todas as experiências que tive em Toronto.

  Já contratou o seguro de viagem? Viajar com seguro é essencial! O buscador Seguros Promo é parceiro do blog e oferece até 10% de desconto para nosso leitores, além de parcelar em até 12x no cartão. Se tiver alguma dúvida, fale comigo!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip internacional com internet boa de verdade! Aplique o cupom exclusivo RODEI10 e leve 10% de desconto – se tiver alguma dúvida, entre em contato comigo.

  Para alugar carro no Canadá pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Sou jornalista, trabalhei com assessoria de comunicação e fui repórter de turismo. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Sou @rodeiviagens no Insta.


'7 motivos para conhecer Toronto Islands' tem 1 comentário

  1. 16 de dezembro de 2010 @ 17:41 Camila

    as ilhas são lindas, fui mais de 3 vezes quando estive no Canadá, um passeio maravilhoso com os amigos namorado//a, ou família.

    Responder


Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2018. Todos os direitos reservados. Colabore com o blog! | Orgulhosamente hosted pelo DreamHost