Perguntas essenciais sobre o Canadá

Atualizado em

Update: 22 de dezembro de 2016

Ele é o segundo maior país do mundo, ao norte do continente americano, onde o inglês é a língua dominante – bem-vindo ao Canadá, o país do “de tudo um pouco”: você está prestes a conhecer um lugar que recebe, hospeda, concentra e produz diversos tipos de cultura, geografia, economia e turismo.

Perguntas e respostas sobre o Canadá

O que é o Canadá?

O Canadá é um estado federal com um parlamento democrático estruturado em uma monarquia constitucional. Para você que não fala politiquês, é como se o país possuísse dois governos que se completam: de um lado a autoridade máxima representativa; o monarca britânico, a Rainha Elizabeth II; de outro, uma democracia parlamentarista com sistema político federativo.

E como que isso funciona?

A Rainha, tida como chefe de estado, possui um representante direto no país, o governador-geral, mas ambos os cargos possuem responsabilidades figurativas. É assim que entram os poderes federativos, dando a cada província e território autonomia para gerar recursos próprios e legislar sobre assuntos diversos.

O que são territórios e províncias?

O Canadá possui dez províncias e três territórios, onde os primeiros possuem mais autonomia do que os segundos. Responsáveis pela maior parte dos programas socioeconômicos do país, as províncias, juntas, arrecadam mais do que a União.

O que são esses territórios?

Os territórios estão na parte norte do país e formam as regiões menos populosas; apenas 30% dos canadenses vivem ali.

Facebook-icon Instagram-icon Twitter-icon Siga o blog nessas e em outras redes sociais: sempre @rodeiviagens Facebook-icon Instagram-icon Twitter-icon

Que língua se fala no Canadá?

O Canadá é um país oficialmente bilíngue, possuindo então duas línguas pátrias: o inglês e o francês.

Todo cidadão canadense fala inglês e francês?

Poucos canadenses falam, de fato, as duas línguas. Quando existe demanda o cidadão canadense tem direito ao aprendizado de ambos os idiomas, mas a popularização das línguas é geográfica: cerca de 70% da população fala apenas inglês, pouco mais de 15% apenas francês e, o restante, ambas as línguas.

Onde se fala francês no Canadá?

Das regiões turísticas, o francês é bastante popular em Montreal e Quebec City. Restaurantes, bares, lojas, hotéis, albergues e baladas possuem atendentes bilíngues. É comum encontrar nas ruas pessoas que falam inglês, principalmente os mais jovens, mas é aconselhável abordá-los em francês.

Ottawa é um caso específico: a cidade está nos limites da província de Ontario, separando-se de Gatineau, em Quebec, pelas margens do rio Ottawa. Apesar de serem cidades diferentes é comum caminhar entre elas e por suas línguas em uma mesma conversa.

26111007

Montreal talvez seja a cidade mais bilíngue do país, por @thepretender

Quais são as cidades mais visitadas no Canadá?

De acordo com dados de 2008, Toronto, Montreal, Vancouver, Ottawa-Gatineau, Calgary e Edmonton eram as principais cidades do país.

O Canadá é um país turístico?

Extremamente. As principais cidades possuem malha hoteleira, transporte urbano e atrativos turísticos de ótima qualidade.

O Canadá é um país caro?

Bem, vamos usar os Estados Unidos para efeito de comparação: para nós, brasileiros, o dólar canadense já não difere muito do americano. Com a exceção de atrações turísticas badaladas (como torres, parques e museus de entretenimento) os gastos geralmente seriam os mesmos se feitos nos Estados Unidos. Por outro lado, roupas, artigos esportivos, acessórios, calçados e eletrônicos são razoavelmente mais caros, mas ainda assim baratos quando comparados ao Brasil.

Viajar, dentro do país, nem sempre é barato, mas a opção menos custosa são as viagens de ônibus e em seguida as viagens de trem, que nem sempre são úteis já que dificilmente serão feitas sem o auxílio de trechos de ônibus ou avião. Voar ida e volta, de costa a costa, sai por aproximadamente CAD$ 500.

O Canadá é um país seguro?

O Canadá tem um dos mais altos padrões de qualidade de vida do mundo. De acordo com a Forbes, Vancouver é a quarta melhor cidade para se viver – e, entre as dez principais, a única que não está na Europa.

Claro que toda cidade grande está mais sujeita a criminalidade do que os municípios do interior. Entre as duas maiores cidades que visitei no país, Toronto e Vancouver, acredito que a segunda parece mais perigosa do que a primeira para quem sai da balada de madrugada caminhando pelas ruas, mas a sensação de perigo é maior do que a iminência de ser roubado: devido ao clima e aos inúmeros projetos sociais, Vancouver possui mais moradores de rua e viciados em recuperação do que cidades como Montreal e Toronto.

Preciso de visto para visitar o Canadá?

O passaporte brasileiro requer visto para turismo, estudo, trabalho e trânsito. A boa notícia é que diferente do visto americano não é necessário se apresentar no consulado, basta contratar os serviços de um despachante.

O governo canadense não deixa dúvidas: o consulado em São Paulo prefere receber um malote diário de uma determinada empresa com todos os pedidos reunidos do que pedidos individuais e aleatórios.

Update: a partir de maio de 2017 brasileiros que já tiveram vistos concedidos para o Canadá ou que possuem visto válido de turismo para os Estados Unidos precisam apenas de uma declaração eletrônica para entrar no país. Quem não se enquadra nesse perfil, ou pretende entrar no país através do mar ou terra, o visto ainda se faz necessário.

Existem diferentes fusos horários no Canadá?

Sim, existem seis fusos diferentes no Canadá. Confira no World Clock o horário em cada uma das principais cidades canadenses.

Como é o clima e a temperatura no Canadá?

Como o país é muito grande nem sempre as estações são bem definidas. Corredores de vento, ilhas, cidades à beira-lago, beira-rio e beira-mar podem passar pelas quatro estações em um único dia.

Nos territórios próximos ao polar ártico o fenômeno conhecido como “sol da meia-noite” produz invernos congelantes. Os rios e lagos das montanhas rochosas em British Columbia provocam tempos chuvosos (Vancouver é irritantemente chamada de “Raincouver”), mas, geralmente, o inverno é muito frio e o verão muito quente, principalmente quando estamos próximos à fronteira americana.

E quais são as diferenças entre Estados Unidos e Canadá?

As regiões com influência inglesa compartilham grandes semelhanças, principalmente por causa da língua e do cinema, mas comparar o Canadá francês é mais complicado, as coisas tendem a ser bem diferentes.

Como a língua é a mesma, a maior indústria mundial de entretenimento é vista no Canadá como produto nacional – até porque é lá que grande parte dos filmes americanos são filmados, o que facilita a identificação.

O povo, por outro lado, é extremamente diferente: sempre achei americanos tensos, parecem estar sempre a espera do pior. Já os canadenses parecem mais tranquilos, mais fáceis de serem abordados: existe uma cultura imigratória muito grande e extremamente difundida, o que invariavelmente gera uma diversidade mais pacífica.

Canadenses comem melhor. O que parece não ser muito diferente são os cafés da Starbucks que, no Canadá, tem sua versão ainda mais calórica e com mais glacê: a rede Tim Hortons possui dezenas de lojas em todos os grandes centros urbanos.

Como o Canadá é um país onde a maior parte da população vive ao sul, as cidades tendem a ser mais populosas e as pessoas ficam mais próximas. A miscigenação é grande, mas seria assim mesmo que não houvesse tanto êxodo – o Canadá é um país naturalmente multifacetado: visitar Toronto e Quebec em uma mesma viagem é como conhecer dois países completamente diferentes!

O Canadá é um país menos beato e mais laico do que o vizinho de baixo: várias igrejas vêm se transformando em baladas e albergues porque já não possuem fieis para sustentá-las. Assuntos espinhosos nos Estados Unidos, como casamento entre pessoas do mesmo sexo, já não causam comoção alguma entre canadenses e não ditam os rumos da política.

Enfim, é impossível misturar Canadá e Estados Unidos porque eles jamais permitiriam isso: canadenses não suportam a ideia de serem comparados com o povo americano, o que em alguns momentos parece com repulsa. Existe uma onda antiamericana no país que vem se transformando em autoafirmação: além da preservação da história canadense, várias empresas se gabam por serem “legitimamente nacionais”.

26111009

Onde ficar em Toronto? Dica de hotel em Toronto

Onde ficar em Vancouver? Dica de hotel em Vancouver

Onde ficar em Victoria? Dica de hotel em Victoria

Onde ficar em Ottawa? Dica de hotel em Ottawa

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já contratou o seguro de viagem? Viajar com seguro é essencial! O buscador Seguros Promo é parceiro do blog e oferece até 10% de desconto para nossos leitores, além de parcelar em até 12x no cartão. Se tiver alguma dúvida, fale comigo!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip internacional com internet ilimitada de verdade - e através do nosso link exclusivo você leva 10% de desconto! Se precisar, entre em contato comigo.

  Para alugar carro no exterior pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Se quiser receber os últimos posts do blog e cupons de descontos exclusivos no WhatsApp é só adicionar (31) 98263.3937 aos seus contatos e mandar um "alô" para ativar o robô do blog!


'Perguntas essenciais sobre o Canadá' têm 10 comentários

  1. 21 de agosto de 2012 @ 21:08 Juliana

    olha thiago gostei muito das suas explicçoes me ajudou muito na prova obrigadooooooo..

    Responder

  2. 6 de agosto de 2011 @ 1:18 Marlene

    Olá Thiago, adorei seu site e li tudo sobre Vancouver. Eu e uma amiga estamos indo para Vancouver dia 6 de setembro e suas dicas são maravilhosas e fiz reserva no hotel Riviera na robson street, espero que seja bom , pelo menos o preço e a pontuação do booking.com agradou bastante, voce conhece esse hotel? Vamos ficar 15 dias, mas só reservei por enquanto 5 dias, se for bom o hotel reservo mais ou fico em outro…
    Bom, agora com suas dicas já sei mais ou menos quanto irei gastar nos passeios , e quanto ao Tim Hortons eu conheci quando fui para Ontário, Quebec… espero gostar deste lado do Canada que ainda não conheço, não vejo a hora.
    abraços

    Responder

  3. 15 de junho de 2011 @ 21:45 Eduardo

    vou para toronto, como vc disse, é bom se hospedar perto da estacão Bloor-Yonge, vc pode me dar alguns nomes de hoteis??
    obrigado

    Responder

  4. 3 de março de 2011 @ 10:58 Elizabeth

    Ola
    Vou passar 10 dias no canada e pretento visitar Toronto, Montreal.Quebec e Ottawa..vou ficar em ALbergues..Queria algumas dicas sobre deslocamento…estou preocupada em perder pq vou sozinha

    Responder

  5. 2 de dezembro de 2010 @ 17:45 Déborah Kerley

    E eu aguardo ansiosa pelas dicas de Quebec!

    Responder

  6. 29 de novembro de 2010 @ 9:43 Douglas Luz

    Grande, Thiago

    Esses posts sobre o Canadá têm vindo numa boa hora. Tou me planejando pra ir pra lá daqui uns dois anos e, conhecendo melhor os lugares e até mesmo alguns dados gerais como esses postados, só aumenta a vontade de viajar logo.
    Vancouver e Calgary ainda entram na lista de posts futuros? Rs.

    Abraço, meu caro!

    Responder

  7. 29 de novembro de 2010 @ 8:16 Igor Faria

    Aguardo ansiosamente pelas dicas de Montréal! :)

    Responder


Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2019. Todos os direitos reservados. Colabore com o blog! | Orgulhosamente hosted pelo DreamHost