9 de agosto de 2022
Para onde vamos agora?

Top of The Rock no Rockefeller Center: vale a pena?

Atualizado em 25 de maio de 2022 por Thiago Khoury

Nova York tem alguns dos prédios mais altos do mundo, entre eles o Rockefeller Center com o Top of The Rock, o meu observatório favorito – e olha que não são poucos!

Sei que muita gente fica indecisa antes de escolher qual observatório conhecer em Nova York, por isso resolvi dar uma forcinha e dizer cinco ótimos motivos para que você escolha o da Rockefeller Plaza.

Spoiler: preço não é um deles, até porque ele tende a ser o mesmo entre as opções mais famosas, aproximadamente 40 dólares por pessoa pela entrada padrão.

5 motivos para conhecer o Top of The Rock

Sempre menciono esses cinco motivos principais para escolher o observatório Top of The Rock em uma viagem a Nova York:

  • Praticidade: visitar o Top of the Rock é uma experiência confortável
  • Localização: em uma das regiões mais acessíveis de Nova York
  • Experiência: existe um andar sem vidros ou grades
  • Redondezas: as vistas lá de cima são mais bonitas
  • É mais vazio: menos gente e menos burocrático

Visitar o Top of the Rock é uma experiência confortável

Principalmente quando comparado com o Empire State Building, seu maior concorrente (trocadilho bom esse, vou usar mais vezes), visitar o Top of The Rock é uma experiência muito mais prática e confortável.

É mais prática porque não existem caminhos sem volta, o percurso é livre: depois de pegar o elevador você pode passear à vontade entre os três decks que compõe o 70o andar do Rockefeller Center.

É mais confortável porque tudo que a gente faz ali dentro é de elevador ou escada rolante: sem perrengue, sem fila indiana e sem trabalhar a panturrilha.

Top of The Rock no Rockefeller center
Vendo o Empire State de dentro do andar coberto do observatório do Rockefeller Center

+ Compre ingresso do Top of The Rock com antecedência e pague parcelado

+ Seguro de viagem para os Estados Unidos com pelo menos 10% de desconto

+ Internet ilimitada no celular durante toda a viagem com 15% de desconto

Links essenciais para programar a sua viagem!

A localização é incrível

O observatório Top of The Rock fica no alto da Rockefeller Plaza, uma praça linda que fica no caminho de quem cruza parte da 5th Avenue e de quem vem passeando de Times Square ou Central Park.

Eu adoro cada cantinho de Manhattan e acho que você pode conhecer todos eles, principalmente os arredores do observatório da Memorial Plaza, mas concordo que o Top of The Rock é particularmente bem posicionado, não consigo imaginar a primeira viagem de ninguém a Nova York sem passar por ali pelo menos uma vez.

Você pode encaixar o observatório em um dia de compras em Nova York ou passeando sem compromisso se você se hospeda em qualquer um desses lugares.

Existe um andar sem vidros ou grades

Como eu disse ali em cima, o Top of The Rock é composto por três decks ao longo do 70o andar do Rockefeller Center.

É como se o último andar do prédio se desdobrasse em três níveis interligados por escadas rolantes.

O primeiro deck tem espaço ao ar livre e a Radiance Wall, uma parede estilizada feita com cristais Swarovski.

Os dois andares de cima são completamente ao ar livre, sendo que o último é um deck sem vidros ou grades porque ele fica bem no centro do andar abaixo, como se fosse a última camada de um bolo de casamento.

As vistas lá de cima são mais bonitas

Uma das coisas que mais me perguntam sobre o Empire State Building é o que a gente vê lá de cima, mas eu nunca sei muito bem o que dizer.

Já do alto do Top of The Rock a gente tem vista privilegiada para o prédio mais famoso de Nova York. Sabe qual? Uhum, Empire State Building.

Outras vistas incríveis que a gente tem do alto do observatório do Rockefeller Center é a do Central Park, do East River e de Roosevelt Island.

Top of The Rock no Rockefeller center
Nova York sem muros (e com um frio insuportável)!

Top of The Rock é mais vazio e menos burocrático

Uma coisa que gosto bastante no observatório do Rockefeller Center é que nele a gente não tem a sensação de que todo mundo resolveu passear ali também.

Outra coisa que adoro é a ausência de grades em todas as fotos, isso colabora com a sensação de espaço.

Ele não é só mais vazio quando comparado com o Empire State Building como o processo de chegada e subida é menos burocrático: depois de um detector de metais simples e só subir até o topo, mais nada.

Quanto custa Top of The Rock?

A entrada padrão do Top of The Rock custa aproximadamente 40 dólares, mas existem outras formas de entrar ali, essa é provavelmente a menos comum delas.

Para ter o acesso simples basta entrar no site do observatório ou no site de um revendedor autorizado, seja brasileiro ou americano.

Com esse revendedor brasileiro você paga em real, sem IOF e ainda pode parcelar, com esse revendedor americano você paga em dólar.

Além da diferença entre dólar e real, o ingresso do revendedor brasileiro inclui uma entrada para o 9/11 Memorial Museum.

Sugiro que você escolha algum revendedor, seja brasileiro ou americano, assim você não precisa marcar dia e horário durante a compra do ingresso, pode deixar em aberto e fazer a troca pelo ingresso físico durante a sua viagem.

Enfim, continuando: para quem pretende conhecer outras atrações em Nova York, sugiro a compra do CityPASS.

Vou fazer um resuminho aqui, mas você pode ler o meu post sobre o CityPASS de Nova York que ele passa por todas as dúvidas mais comuns sobre as atrações mais famosas de Nova York.

Sou super a favor da compra do CityPASS, ele é um santo investimento para quem curte a ideia de fazer turismo em Nova York e conhecer as principais atrações.

Basta por na balança: comprando o ingresso padrão pelo site você paga um terço do valor do CityPASS que permite entrada em outras cinco atrações da cidade. Raramente esse é um mau negócio.

Top of The Rock no Rockefeller Center
Casal de turistas tirando fotos do Empire State Building. Imagem cedida pela NYC & Company

Como chegar no Top of The Rock?

O Top of The Rock fica no Rockefeller Center, o prédio principal da Rockefeller Plaza na 5th Avenue, em frente a Catedral de St Patrick e ao lado do Radio City Music Hall.

Você provavelmente irá caminhando se escolheu se hospedar em qualquer uma dessas cinco dicas de onde ficar em Nova York, mas se precisar chegar de metrô não tem mistério:

  • As linhas B, D, F e M param na estação 47-50th Street Rockefeller Station
  • As linhas N, Q e R param na estação 49th Street, é só ir caminhando
  • A linha 1 para na estação 50th Street, é só ir caminhando

O Top of The Rock abre nos fins de semana?

O observatório Top of The Rock funciona todos os dias da semana das 9 da manhã às 11 da noite.

Quem compra o ingresso na bilheteria precisa agendar horário de entrada, mas quem compra de um revendedor autorizado ou usa o CityPASS não precisa escolher um horário com antecedência.

Nesse caso basta chegar na bilheteria com o passe em mãos e trocar por um ingresso físico para o próximo horário disponível ou agendar um horário posterior de sua preferência.

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Nova York? Fiz uma seleção com as melhores opções nos arredores de Times Square. Eu tenho ficado muito no Hotel Belleclaire e recomendo - o preço é ótimo e a localização também!

  Já contratou seguro de viagem? Seguro é essencial nos Estados Unidos, principalmente em tempos de Covid! O comparador Seguros Promo oferece pelo menos 10% de desconto para leitores do blog e ainda parcela no cartão!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip americano com internet ilimitada de verdade - e através do link do blog você leva pelo menos 15% de desconto e ligações gratuitas e ilimitadas para o Brasil!

  Para alugar carro nos Estados Unidos pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez na Rentcars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português!

Previous Article

Onde ficar no centro de Los Angeles: Freehand Hotel (leia essa dica!)

Next Article

ONE, o Cirque du Soleil do Michael Jackson em Las Vegas

You might be interested in …

1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*