10 de agosto de 2022
Para onde vamos agora?

Stanley Park de Vancouver: roteiro com dicas (incluindo o aquário!)

Lions Gate Bridge em Vancouver

Atualizado em 20 de novembro de 2021 por Thiago Khoury

Stanley Park é um dos maiores parques urbanos do continente americano e o mais famoso de Vancouver – e como em todo parque muito grande, andar a esmo dificilmente ajuda, pelo contrário, a probabilidade de andar em círculos é muito grande.

Não sou profundo conhecedor de Stanley Park, mas quero dar alguns conselhos para fazer seu passeio mais produtivo.

Outras dicas essenciais para planejar uma viagem ao Canadá:

Perguntas essenciais sobre o Canadá

Qual o melhor seguro de viagem para o Canadá?

Qual o melhor chip de viagem para o Canadá?

Stanley Park em Vancouver

Stanley Park foi inaugurado em 1888, mas desde 1886, quando Vancouver formou seu primeiro conselho formal, as pessoas já demonstravam o interesse de preservar aquela área e transformá-la em um refúgio florestal urbano.

Já pensou criar (ou sequer imaginar) a importância de se preservar um refúgio florestal urbano em pleno século 19?

Desse interesse surgiu a primeira junta democrática do país responsável pelos parques públicos da cidade: hoje o Vancouver Board of Parks and Recreation comanda o funcionamento de 223 parques e 24 centros comunitários, incluindo piscinas, pistas de patinação no gelo, quadras e praias.

Mapa do Stanley Park em Vancouver

Mapa do Stanley Park em Vancouver

Como chegar no Stanley Park

Para quem está de carro e hospedado nos arredores do centro é só seguir as placas ao longo da Georgia Street (para chegar pela parte de cima) ou Beach Avenue (para chegar pela parte debaixo).

Se você pretende visitar o aquário o melhor chegar por baixo, assim você passa pela Lost Lagoon e segue as placas que indicam o caminho pela direita.

Para quem está de transporte público a rota número 19 passa em Rose Garden, um lugar bem prático e nos arredores do aquário. Para quem curte a ideia de encarar um tour, sugiro o pessoal do Vancouver Trolley Company que tem até trajeto especial dentro parque.

Independente de como você escolha chegar, alugar uma bicicleta e pedalar em Stanley Park é essencial, caso contrário você dificilmente irá conhecer o que ele tem de melhor.

Indico a Spokes, uma locadora cheia de modelos de bicicletas diferentes na esquina da Denman Street com Georgia Street.

O que fazer no Stanley Park

Em um lugar tão grande como o Stanley Park não é difícil passar horas ali sem se dar conta do passar do tempo, mas se você está atrás de um trajeto que não dure o dia inteiro e passe por alguns dos pontos mais famosos do parque, vem comigo nesse roteiro em cinco passos (desde que você esteja de bicicleta):

– Comece pedalando até o número 18 do mapa, os totens gigantes. Se sua viagem ao Canadá se resume a cidade de Vancouver essa pode ser a sua única chance de fotografar um legítimo totem canadense.

– Pedale alguns metros em direção ao norte para pegar a Seawall, um caminho cinematográfico e sem carros com quase nove quilômetros de extensão.

– Pedalando em direção a Lions Gate Bridge, vire à esquerda em Avison Trail (por volta do quilômetro 4.5) e continue por ali até passar pela ponte que leva a Prospect Point.

– Depois de descansar e admirar a paisagem, agora você pode voltar alguns metros e pegar a Prospect Point Trail. Desça por ela até entrar em Rawlings Trail.

– Siga seu caminho em direção a Third Beach Trail que leva a praia do outro lado de Seawall.

– Agora você continua descendo em direção ao sul até chegar em Second Beach. De lá você segue as placas para Lost Lagoon e encerra seu dia com chave de ouro!

Stanley Park

Quer caminho mais cinematográfico do que esse?

Vancouver Aquarium

Nunca fui um apaixonado por aquários, mas o Vancouver Aquarium é uma das atrações mais famosas da cidade – e você pode fazê-la, se essa onda for a sua, antes de chegar aos totens gigantes de Stanley Park.

A primeira seção que conheci foi logo a da Floresta Amazônica e como todo bom brasileiro levantei o queixo e comecei a andar como se aquilo ali me pertencesse – mentira, achei tudo aquilo ali uma grande bobagem, vi só um tucano enjaulado.

Naquele mesmo miolinho você ainda passa pelos jacarés e tubarões antes de voltar a ver a luz do sol, onde rolam os shows dos golfinhos, focas, leões-marinhos e, a celebridade da casa, a baleia beluga!

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Vancouver? Selecionei as melhores opções da Granville Street e Robson Street. Uma dica de hotel barato e bem localizado que sempre dou é o Ramada na Granville Street.

  Já contratou seguro de viagem? Seguro é essencial, principalmente em tempos de Covid! O comparador Seguros Promo oferece pelo menos 10% de desconto para leitores do blog e ainda parcela no cartão!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip internacional com internet ilimitada de verdade - e através do link do blog você leva pelo menos 15% de desconto!

  Para alugar carro no Canadá pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez na Rentcars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português!

Previous Article

Rodei em Capilano Suspension Bridge, Vancouver

Next Article

10 formas de se apaixonar por Vancouver

You might be interested in …

1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*