5 lugares para tomar café da manhã e brunch em Nova York

Voltei de viagem louco para mostrar esses novos lugares que conheci para tomar café da manhã em Nova York.

Para mim café da manhã e brunch geralmente são a mesma coisa porque o que sempre faço é pedir comidas típicas de café da manhã, como panquecas, torradas e rabanadas, mas teoricamente o brunch é uma refeição entre o café da manhã e o almoço que inclui itens de ambos os cardápios.

O que é muito comum em Nova York é ver restaurantes que servem apenas almoço e jantar oferecerem café da manhã nos fins de semana – e é isso que eles chamam de “weekend brunch”: restaurantes que tradicionalmente só funcionam depois do meio-dia abrirem mais cedo aos sábados e domingos com itens de café da manhã inseridos no cardápio de almoço.

Café da manhã e brunch em Nova York

Já tem Bubby’s em Tribeca e em Meatpacking District, ambos muito bem posicionados: o de Tribeca é ótimo para começar um roteiro de compras pelo Soho e o do High Line é ótimo para começar o dia em Meatpacking e descer caminhando para Greenwich Village.

Café com creme no Bubby’s e um suco de laranja pela metade

O bagel com cream cheese no Bubby’s

Três ou quatro andares de panquecas intercaladas por camadas de Nutella no Bubby’s

O Bubby’s já é um dos meus preferidos: ambas as localizações são incríveis, os restaurantes são bem legais, a comida é gostosa e fácil de agradar. Eu geralmente vou de rabanada, ou french toast para os gringos. Como não tinha rabada no cardápio, fui de panqueca com Nutella e fiquei impressionado com o quanto elas são gostosas!

Sempre deixo um pouco no prato, mas dessa vez quase pedi mais. Com gorjeta, esse café da manhã para duas pessoas custou 40 dólares.

O legal do Orwashers é que ele funciona no mesmo lugar desde 1916, além de ficar pertinho do Belleclaire, que foi onde fiquei agora e tenho ficado muito nas últimas viagens. Foi fundado por uma família húngara e tem tanto pão gostoso e diferente que a gente sempre fica na dúvida do que pedir.

Os pães e doces do Orwashers

Eu acabei pedindo um bagel simples ao forno com cream cheese. Bem, na verdade nem tão simples: em vez de pedir bagel em pão tradicional peça igual o meu, “sourdough”, que são pães fermentados de uma maneira diferente e muito comum nos Estados Unidos:

Bagel de sourdough com cream cheese do Orwashers

Com uma garrafinha de achocolatado deu tipo seis dólares e ficou pronto em três minutos. O bom é que não tem serviço de mesa, então não tem gorjeta – e essa rua é cheia de restaurantes, inclusive o Sarabeth’s, minha próxima dica:

Que lugar gostoso! Sei que existem vários na cidade, mas esse também fica na região do Belleclaire. Tem gente que ama e tem gente que viveria sem tranquilamente, mas eu faço parte do primeiro time. Experimentei essas french toasts que aparecem na foto e um pain au chocolat, um croissant recheado em formato retangular:

French toasts com mel, bananas e morangos no Sarabeth’s

Café com croissant no Sarabeth’s

Fica a dois quarteirões do Orwashers e é mais barato do que o Bubby’s, além de ter outras opções bem simples e rápidas também.

Esse é o mesmo Maison Kayser de Paris, mas em Nova York virou uma verdadeira rede e só em Manhattan são dez. Esse onde tirei as fotos fica no quarteirão do Belleclaire, onde eles devem me achar o gringo mais inusitado da cidade: na hora de fazer o pedido por algum motivo qualquer saiu sour cream da minha boca em vez de cream cheese.

Consegui estragar a rabanada. O imprestável do garçom nem para confirmar o pedido, simplesmente acatou minha ordem – e o engraçado é que cream cheese por si só já seria completamente desnecessário.

20 dólares jogados fora no Maison Kayser

Para terminar Serafina Broadway, um lugar que não é nem o melhor do mundo e nem o mais caro, é justo, mesmo sendo mais famoso do que deveria. Esse Serafina fica em frente ao Belleclaire, mas existem vários na cidade e acredito que todos serviam café da manhã.

Panquecas com frutas no Serafina Broadway

French toast no Serafina Broadway

Vocês já devem estar enjoados de tanta rabanada. Prometo que da próxima vez volto mais fit.

Mentira, prometo não.

Ps.: para quem continua interessado no assunto, não posso deixar de lembrar do Buvette, uma ótima dica de café da manhã francês em Nova York:

+ 5 novos lugares para comer em Nova York

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Nova York? Fiz uma seleção com as melhores opções para quem não abre mão de ficar em Manhattan. Se você me segue no Insta sabe que nas últimas viagens tenho ficado no Belleclaire e indico para todo mundo!

  Já contratou o seu seguro médico de viagem? Eu gosto da World Nomads, uma empresa australiana que cota em reais e oferece a maior cobertura que conheço pelo menor preço. Cote também nas melhores empresas nacionais de uma só vez pelo Seguros Promo.

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip de celular internacional com internet ilimitada. Se tiver alguma dúvida, entre em contato comigo!

Compre seu ingresso da Broadway pelo TodayTix e ganhe U$ 10 de desconto com o código TWUNU

  Para alugar carro nos Estados Unidos pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Sou jornalista, trabalhei com assessoria de comunicação e fui repórter de turismo. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Sou @rodeiviagens no Insta.


'5 lugares para tomar café da manhã e brunch em Nova York' não tem comentários

Seja o primeiro a comentar este post!

Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2017. Todos os direitos reservados. Termos de uso e política de comentários. Colabore com o blog!