O que fazer em Ottawa: roteiro com dicas e mapa

Atualizado em 25 de janeiro de 2021 por Thiago Khoury

Você que está com viagem marcada, já sabe o que fazer em Ottawa?

Ottawa é uma cidade pequena onde as principais atrações geralmente ficam muito próximas. No mapa interativo que montei coloquei alguns dos pontos que você não pode deixar de conhecer caminhando ou pedalando pela cidade:

  • Os pinos azuis mostram as atrações mais famosas: Canadian Museum of Civilization, National Gallery of Canada, Notre-Dame Cathedral Basilica, Major’s Hill Park e Parliament Buildings.
  • Os pinos vermelhos mostram as três opções de hospedagem que já pintaram por aqui: Fairmont Chateau Laurier (que também é atração turística, não deixe de conhecê-lo), The Westin e Les Suites Hotel.
  • Os pinos verdes mostram dois restaurantes bem legais, o primeiro para almoçar e o segundo para quem gosta de sobremesa: The Grand e Beavertails.
  • O pino amarelo mostra a garagem da rentabike.ca onde você pode alugar a sua bicicleta por um preço camarada.

Roteiro em Ottawa, Canadá

Para começar a falar sobre o que fazer em Ottawa e qual a melhor forma de cumprir um roteiro, vou começar pelo mapa das redondezas do centro que você pode acessar pelo celular enquanto caminha por lá.

Vou deixar também três posts essenciais para o planejamento de uma viagem ao Canadá:

Perguntas essenciais sobre o Canadá

Qual o melhor seguro de viagem para o Canadá?

Qual o melhor chip de viagem para o Canadá?

O que fazer em Ottawa: mapa com dicas

Tudo parece acontecer nas laterais de Byward Market, um mercado que é interessante justamente por ser tão popular ali: que curioso uma cidade tão elegante nascer e crescer ao redor de um mercado de rua.

Claro que várias lojas foram se aproximando com o passar dos anos, mas o mercado principal está entre as ruas Cathcart Street e Rideau (norte e sul), Cumberland e Sussex (leste e oeste).

Byward virou um centro cultural com lojas, restaurantes e venda de artesanato, frutas e produtos naturais. O restaurante que escolhi é o The Grand, na esquina entre a George e a William. Do lado oposto tem de um pequeno Beavertail que cai bem como sobremesa.

Caminhando na George em direção a Sussex você encontra a loja de departamentos The Bay. Dá para passar uma tarde inteira caminhando por ali sem pressa.

Para quem gosta de frutos do mar, vale tentar o The Fish Market Restaurant que é um dos mais famosos da cidade. As resenhas não são as melhores, mas o lugar vive cheio e já está ali há mais de trinta anos.

Atualização: com a pandemia, The Fish Market Restaurant encerrou as suas atividades.

27091105

O famoso The Fish Market Restaurant no coração de Byward: 54 York Street

27091106

Meu escolhido da vez: The Grand

27091107

Beavertails

Notre-Dame Cathedral Basilica é uma das poucas grandes igrejas que sobreviveram a onda ateísta que varre o Canadá. Como o baixo número de fiéis não sustenta os grandes templos, a maioria deles virou balada ou albergue.

A maior igreja da cidade parece ter sido feita em um século e arrematada em outro (e foi): o interior é colorido e a parte baixa da estrutura lembra as antigas construções espanholas, mas o topo é todo ornado com ligas de metal.

A catedral parece estar ali porque compõe bem o ambiente: possui entrada gratuita, combina com as construções vizinhas e de alguma forma contribui com a preservação da história local.

Mesmo com a Sussex passando em sua frente, o quadrilátero que existe entre ela, o parque Major’s Hill e a National Gallery representa bem a cidade: é tudo muito lindo, limpo, amplo e elegante – mas nada aconchegante.

27091110

A embaixada americana… E a National Gallery ao fundo, lá atrás

Aliás, guarde esse nome: Sussex. Uma das principais vias da capital, Sussex também é chamada de Embassy Row, onde encontramos várias embaixadas em quase dois quilômetros de avenida.

Ao lado da catedral o prédio da embaixada americana é outro que compõe bem o cenário, mas caminhando em direção ao norte existem várias embaixadas que valem o passeio – aliás, ótimo programa para quem passa mais de uma tarde na cidade: conhecer as fachadas de todas as embaixadas e notar que muitas vezes elas conseguem ser divertidamente caricatas.

Opa, tocamos agora em um ponto muito bom: passar mais de um dia na cidade. Quem escolhe passar poucas horas na capital acaba conhecendo apenas a fachada de algumas das atrações mais famosas, como o Canadian Museum of Civilization, que além de contar a história do desenvolvimento dos povos tem um super mirante com vista para o Parlamento.

O que fazer em Ottawa

Entrada do Canadian Museum of Civilization

O que fazer em Ottawa

Passarelas que dão para o mirante…

O que fazer em Ottawa

Mirante! Com o Parlamento ao fundo

Adoro a National Gallery de Toronto, mas, no que diz respeito ao acervo, a de Ottawa leva a melhor.

Bem, vamos lá: ela tem vários objetos de arte contemporânea em exibição e não apenas telas. Tem também muitas esculturas, inclusive arte asiática com aqueles guerreiros chineses que todo mundo gosta.

As exibições temporárias são legais e atraem multidões: Louise Bourgeois, aquele da aranha itinerante (a mesma que aparece na última foto do post), é figurinha carimbada por lá.

E qual é a melhor forma de fazer tudo isso?

Com apenas um dia na cidade você dificilmente conseguirá entrar no museu ou na galeria, mas passará por eles e poderá tirar fotos na entrada. Você também poderá fazer o trajeto que aparece aqui em dois dias de viagem, porém com a chance de fazer compras na The Bay.

  • Começando pela galeria…

De bicicleta as coisas ficarão ainda mais fáceis e práticas: comece alugando a sua no pino amarelo e pedale pela Sussex em direção a galeria. Você passará pela embaixada americana e poderá estacionar ao lado da National Gallery. Tire fotos ali, entre na igreja e siga em direção ao museu pela Alexandra Bridge.

  • Passando pelo Parlamento…

Desça a Laurier, passe pela Portage Bridge é comece a pedalar pela Wellington Street. Você verá a Suprema Corte à sua esquerda antes de passar pelos jardins do Parlamento. Existe também uma ciclovia que passa a beira-rio atrás da Suprema Corte, faça a sua escolha.

  • Terminado em Byward

Assim que a Wellington vira Rideau você estará em Byward Market. Estacione a bicicleta e caminhe por ali. William Street (com vários bares e restaurantes) é o primeiro quarteirão que aparece à sua esquerda. Não deixe de caminhar por ela, pela York e pela Dalhousie.

O que fazer em Ottawa

O prédio de vidro da National Gallery of Canada…

O que fazer em Ottawa

… e o quadrilátero em frente a galeria com a igreja ao fundo, a direita

5 comentários sobre “O que fazer em Ottawa: roteiro com dicas e mapa

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

*