7 coisas que você não sabia sobre Ottawa

Atualizado em 1 de novembro de 2019 por Thiago Khoury

É fácil caminhar. Nas redondezas do Parlamento (que é onde quase tudo acontece), as principais atrações estão muito próximas e não existem grandes distâncias entre uma coisa e outra sem nenhum tipo de entretenimento pelo caminho. Você vai passeando sem perceber o tempo passar.

As pessoas não conhecem Ottawa. A capital é pouco conhecida. Por ser a sede governamental do país e com poucas atrações noturnas, a impressão que fica é que ela se tornou uma cidade bairrista que pertence a poucos – você pode acreditar que Ottawa se restringe as redondezas de Byward e do Parlamento ou que existe um mundo de possibilidades para quem tem amigos na cidade e está disposto a encarar the big picture.

Ottawa é linda. As pessoas são bonitas, chiques e bem vestidas. A comida é cara, francesa e bem servida. Os jardins são famosos e enormes. A arquitetura é um contraponto entre a grandeza monárquica e uma certa ousadia contemporânea.

De acordo com a Forbes, Ottawa é a quarta mais limpa de 300 grandes cidades do continente americano. Caminhando pelos jardins do Parlamento seu maior desafio será saber o que fotografar primeiro.

Ottawa-header-02

Christ Church Cathedral em Ottawa

Outras dicas essenciais para planejar uma viagem ao Canadá:

Perguntas essenciais sobre o Canadá

Qual o melhor seguro de viagem para o Canadá?

Qual o melhor chip de viagem para o Canadá?

Ottawa possui pessoas muito inteligentes. A cidade é famosa por ter algumas das pessoas mais politizadas do país e uma alta densidade de médicos, advogados e engenheiros (em Ottawa, pelo menos 50% da população é pós-graduada).

Como a cidade é muito nova, seus habitantes também são novos e liberais: Ottawa é uma capital onde a maior parte da população é ateia e tem menos de 35 anos. Apesar das pessoas serem simpáticas, parece mais difícil quebrar o gelo ali do que em qualquer outra cidade canadense.

Ottawa é barata. Em 2005 a Mercer considerou Ottawa o lugar mais barato para se viver entre as grandes cidades americanas e canadenses. Existe turismo de luxo e opções badaladas na cidade, mas em restaurantes e supermercados você nota que é possível tomar um bom vinho e comer uma boa massa sem sacrificar o orçamento.

Ottawa possui museus incríveis. A cidade surpreendente no quesito museu/galeria: a capital canadense é a cidade que concentra o maior número de (belos) museus, são mais de trinta, tanto na arquitetura exuberante quanto na qualidade das instalações e do acervo.

Apesar de não possuir nenhuma exclusividade arquitetônica ou um acervo mundialmente reconhecido, os centros culturais de Ottawa impressionam por dois grandes motivos: além dos belos museus e galerias em distâncias caminháveis (o que aumenta o seu poder de embasbacamento), o fator surpresa funciona maravilhosamente bem – afinal, quem esperava encontrá-los ali, em Ottawa?

Ottawa é romântica. A capital aos poucos vem se tornando um polo turístico para casais apaixonados. No Canadá ela aumentou sua popularidade entre os destinos mais cotados por casais em lua de mel, o que turbinou a oferta de restaurantes e spas luxuosos, como Holtz Spa, no coração da cidade.

É fácil (e um pouco caro) comer em restaurantes deliciosos que vem se especializando em atender casais apaixonados. A semana de moda, no início de outubro, também é turística e democrática: é uma das poucas que traz diversos eventos para a cidade, mas geralmente com entrada paga.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

*