Isidora Goyenechea: o melhor passeio gastronômico de Santiago

Atualizado em 16 de novembro de 2019 por Thiago Khoury

Sou louco pela Isidora Goyenechea, uma das avenidas que gosto mais no mundo: tem muita gente bonita em trajes sumários durante o verão chileno, é muito comprida e muito ampla, uma selva de pedra em aço e vidro incrivelmente arborizada com dezenas de obras de arte e alguns dos restaurantes mais famosos de Santiago.

Isidora Goyenechea em Santiago

É impossível não caminhar ali sem se perguntar como um país tão pequeno pôde crescer tanto e com tanta qualidade em tão pouco tempo. O ziriguidum da economia chilena pipoca a medida que a gente anda por ela: as empresas mais ricas, os prédios mais altos e, lá no fundo, uma cordilheira linda e muito fotogênica.

Leia mais para saber o basicão de Santiago:

Santiago, Chile: primeiras impressões

Santiago, Chile: 12 dicas de hotéis separados por bairros

Qual o melhor seguro de viagem para o Chile?

Lastarria: o bairro mais charmoso de Santiago

Roteiro de um dia no centro de Santiago (com mapa interativo)

Chile-01

Chegando pela Linha 1 na estação El Golf

Chile-Novembro-2011-97

Chile-Novembro-2011-98

O Teatro Municipal de Las Condes tem uma charmosa galeria (com restaurante!) e recebe muito bem que vem de metrô

Isidora Goyenechea foi uma aristocrata chilena muito rica que fez fortunas explorando minério no sul do Chile no início do século 19.

Hoje ela empresta o seu nome a principal avenida de El Golf, um bairro que no passado pertencia quase todo a ela e hoje é a mais perfeita tradução de Las Condes, a comuna mais rica de Santiago. Qualquer semelhança com Nova York não terá sido mera coincidência: lá embaixo a Isidora Goyenechea é conhecida como Sanhattan, uma mistura de Santiago com Manhattan.

Onde comer na Isidora Goyenechea

Fiz agora o melhor mapa de todos os tempos, mas fica desde já a minha dica: quanto mais baixo estamos, menos turístico é e mais empresarial se torna, o que deixa tudo mais caro e eleva o grau de frescura:


Visualizar Comer na Isidora Goyenechea em um mapa maior

Claro que a melhor forma de usar esses mapas durante a viagem é com um chip de internet de qualidade, então não deixe de viajar com o seu.

O que fazer em Las Condes e Isidora Goyenechea

Bem, basicamente comer e bater perna. Como os melhores shoppings de Santiago estão todos ali, comprar também é uma ótima escolha, mas falaremos sobre isso amanhã.

Lembra das nossas dicas de balada em Santiago? Las Condes tem boas opções em lugares menos comuns dos que as baladas mais conhecidas de Bellavista, como o lounge do W que bomba nos fins de semana.

Nos domingos você pode começar o passeio pela Plaza Peru, em frente ao W, onde rola uma feira de antiguidades bem legal. No subterrâneo da Plaza tem um dos estacionamentos mais disputados de Las Condes, por caso contrário você terá que parar nas ruelas perpendiculares a Isidora, mas são poucas vagas.

Chile-Novembro-2011-105

Olha a loja da Mercedes do lado do W na Plaza Peru

Chile-Novembro-2011-106

Chile-Novembro-2011-112

Dois lugares que gosto muito lado a lado: as pizzas da Piolo e os sanduíches da Dominó

Onde se hospedar em Las Condes e Isidora Goyenechea

Já falamos muito sobre isso: meu sonho de consumo é o W, mas minha escolha mais provável deve ser o Hotel Director El Golf. Na Isidora mesmo não existem muitas opções, ficamos nos quarteirões mais próximos ou caminhando em direção a Sanhattan, quando Isidora Goyenechea vira Vitacura.

Chile-Novembro-2011-108

Tem alguma dica do que fazer por ali? Diga nos comentários e depois compartilhe o post com os amigos!

3 comentários sobre “Isidora Goyenechea: o melhor passeio gastronômico de Santiago

  1. Na última vez que estive em Santiago fiquei hospedada no Eurotel El Bosque, ali pertinho. Aqui estão as dicas do hotel e dos passeios q fizemos aqueles dias: http://taindopraonde.blogspot.com.br/2013/08/santiago-dicas-nao-tao-basicas.html. Aqui estão algumas dicas de compras (gostei do shopping Costanera Center, ali perto): http://taindopraonde.blogspot.com.br/2013/08/compras-em-santiago.html e aqui de restaurantes (alguns na Isidora e outros mais longe): http://taindopraonde.blogspot.com.br/2013/08/onde-comer-em-santiago.html

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

*