Como é viajar de trem nos Estados Unidos

Queria tanto fazer essa viagem que quando aconteceu eu nem acreditava que estava atravessando parte dos Estados Unidos em pouquíssimo tempo. Isso sem ir para aeroporto com sei lá quantas horas de antecedência, passar por segurança, despachar malas e descer em um lugar que nem Manhattan é.

Na verdade o melhor dessa experiência, que com certeza irei repetir outras vezes, é saber que entre o embarque e o desembarque eu ainda tive a chance de passar por Baltimore e Philadelphia – e na direção contrária estava Boston, que ainda não conheço.

Não adianta, a verdade é que avião foi feito para encurtar distâncias, trem foi feito para quem gosta de viajar.

Como comprar passagens de trem nos Estados Unidos

Tudo que você deve fazer é colocar cidade de partida e destino no site amtrak.com. Eu o aconselho a fazer isso com pelo menos cinco semanas de antecedência porque os preços ficam proibitivos em cima da hora – podendo chegar a dez vezes o menor valor, que geralmente é 50 dólares para uma viagem de três horas.

Quando fui comprar a minha passagem, com exatamente cinco semanas de antecedência, descobri que os preços variavam entre 50 e 300 dólares. Um dos motivos da variação de preço é o tempo de viagem: as mais rápidas duram pouco menos de três horas, outras com mais paradas são 30 minutos mais longas.

Também existe diferença de classe, sendo que na maior parte das vezes são duas: Executiva e Coach. Não acredito que exista diferença significativa entre elas, principalmente em trajetos curtos como esse.

Uma coisa que me deixou apreensivo foi ler essa linha que aparece embaixo do número do trem:

Que papo é esse de no checked bags, será que isso significa que não posso viajar com malas?

Não, isso é só uma informação dada da pior forma possível: no checked bags significa que você não despacha as suas malas, mas pode entrar com elas no vagão, exatamente como seria na Europa.

Minha mala era muito pesada para, sozinho, eu conseguir carregá-la ao ponto de colocá-la no compartimento em cima do assentos, mas ela coube no final do vagão. O espaço é bem menor do que o espaço para malas em trens europeus, mas aparentemente eu era o único ali com uma mala daquele tamanho.

Como é viajar de trem nos Estados Unidos

De Washington DC a Nova York de trem

É tão tranquilo que você jura estar fazendo algo errado. Comprei a minha passagem de ida que saia de Union Station em Washington DC e chegava na Penn Station de Nova York passando por Baltimore, Philadelphia e Newark em New Jersey.

Ô lugar bonito essa Union Sation de Washington DC! Linda e geralmente cheia, naquela manhã de quinta ela estava surpreendentemente vazia:

Saguão de entrada da linda Union Station de Washington DC

Coloquei a mala vinho no final do vagão e a preta no compartimento sobre o assento

Na verdade eu sabia que tudo que eu precisava era procurar a entrada da minha plataforma, porque o bilhete que imprimi quando comprei a passagem já era o necessário para fazer o embarque. Procurei a informação no painel eletrônico, descobri que minha plataforma era a D17 e vi umas vinte pessoas enfileiradas próximos a uma porta com da letra D em cima.

Faltavam 30 minutos para 9:20, o horário de saída do trem, mas eu que não sou bobo peguei o meu lugar na fila e fiquei meia-hora ali, parado, que nem um dois de paus:

É só olhar o painel de partidas, descobrir a letra da sua plataforma e atravessar essa porta a procura dela

Essa parte depois dos painéis de partidas não é tão bonita como o saguão principal…

Fiquei meia hora ali parado de bobo que fui, poderia ter ficado sentado e ido para a fila faltando 10 minutos ou menos para a partida do trem. Caminhei para a plataforma 17 e ele já estava lá, esperando pela gente.

Os primeiros vagões são da classe Business, então tive que caminhar um pouquinho para chegar nos vagões da classe Coach. Os assentos não eram enumerados, sentei na primeira poltrona que vi, mas quase todas estavam vazias, pude colocar minha mochila no assento ao lado.

Quisera eu dizer como foi a viagem, mas apaguei assim que o trem começou a andar. Só fui acordar na Penn Station de Nova York:

Muito mais espaço do que em um avião…

Muito assento disponível no vagão…

Nos primeiros cinco minutos de viagem alguém passou checando as passagem e colocou essa filipeta com o círculo vermelho sobre o meu assento…

Eu chegando em Nova York descansado e com sorriso no rosto

Você reconhece uma pessoa que ama Nova York quando ela abre um sorriso desse depois de desembarcar ali: ô lugarzinho feio e mal cuidado essa Penn Station de Manhattan!

Essa minha experiência de andar de trem nos Estados Unidos não poderia ter sido melhor. Se você tiver alguma dúvida mande nos comentários que prometo tentar ajudar.

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Nova York? Fiz uma seleção com as melhores opções para quem não abre mão de ficar em Manhattan. Se você acompanha minhas viagens sabe que tenho ficado muito no Hotel Belleclaire.

  Já contratou o seu seguro de viagem? Cote as melhores opções de uma só vez pelo buscador do Seguros Promo que parcela em até 12x no cartão. Leitores do blog ainda levam 5% de desconto com o cupom RODEI5, aproveite!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip de celular internacional com internet ilimitada. Se tiver alguma dúvida, entre em contato comigo!

  Compre os seus ingressos da Broadway pelo TodayTix e ganhe U$ 10 de desconto com o código TWUNU. Eles entregam os ingressos em mãos na porta do teatro!

  Para alugar carro nos Estados Unidos pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Sou jornalista, trabalhei com assessoria de comunicação e fui repórter de turismo. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Sou @rodeiviagens no Insta.


'Como é viajar de trem nos Estados Unidos' têm 2 comentários

  1. 31 de October de 2017 @ 16:33 Alexandre S de Oliveira

    Olá! Bacana seu post! Você saberia dizer se é possível descer nas cidades entre a origem e destino e pegar outro trem com o mesmo bilhete?

    Responder

    • 31 de October de 2017 @ 16:36 Thiago Khoury

      Olá Alexandre, obrigado! Não é possível, destino único apenas.

      Responder


Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2017. Todos os direitos reservados. Termos de uso e política de comentários. Colabore com o blog!