9 de agosto de 2022
Para onde vamos agora?

Viña Undurraga, Valle del Maipo: vinícola em Santiago

Atualizado em 20 de novembro de 2021 por Thiago Khoury

Eu não acho que você precise conhecer mil vinícolas em Santiago, até porque nem sempre sobra tempo para repetir um mesmo tipo de passeio, mas se você acha Concha y Toro muito comum, seu problemas acabaram: conheça a Viña Undurraga, a melhor segunda vinícola mais famosa do Chile!

Valle del Maipo

Undurraga está em Valle del Maipo, um trecho de terra que acompanha um rio urbano de mesmo nome. Foi por ali que os antigos exploradores plantaram as primeiras uvas do país, transformando aquela região na futura responsável por algumas das mais importantes uvas do continente americano.

Como tudo aquilo ali é lindamente protegido pela Cordilheira e pelo mar, todas as uvas “pegam”, sem incidência de pestes, mas com o Cabernet Sauvignon é especial, parece praga pelo avesso: jogou, regou, nasceu.

Santiago-Undurraga-09

Santiago-Undurraga-10

O grupo passeando pelos jardins de entrada da Viña

Viña Undurraga em Santiago

O legal é que não é todo mundo que conhece Undurraga.

Undurraga oferece uma quantidade menor de turistas em um passeio tão agradável quanto o de outras vinícolas mais famosas, além de ser um ambiente mais contemplativo e com muito bom humor!

Santiago-Undurraga-60

Entrando na Viña Undurraga…

Santiago-Undurraga-06

… um antigo casarão do início do século 20

Santiago-Undurraga-16

Nelson. Ou Nestor. Quem sabe Fernando, não lembro

O humor fica por conta desse chileno da foto que nos guiou por um tour impagável em um passeio de oito mil pesos com mil piadinhas mineiras, paulistas e cariocas.

Não consigo lembrar o seu nome, mas é alguma coisa como Nelson, ou Nestor. Ou Fernando. Enfim, o sujeito é incrível, torço para que você tenha a sorte de cair em dos grupos dele!

Nelson vai conversando e contando histórias numa mistura de português com espanhol que é de rolar de tanto rir, é impressionante como ele consegue fazer piada usando até o nome de cidades do interior de Minas!

Santiago-Undurraga-17

Uva nascendo nas parreiras de Undurraga

No passeio nós passamos primeiros pelos jardins antes de chegar na primeira plantação.

Nestor disse que até entende nosso desejo de conhecer o Casillero del Diablo, mas de acordo com ele visitar Undurraga é muito mais interessante: além de ter a chance de conhecê-lo (pausa, todos riem), essa é a vinícola mais descolada do Chile, tanto é que eles foram os primeiros a fabricar vinho em garrafa de rolha!

E o que antes era chacota no mercado, agora é campeão de vendas chileno.

Vou mostrá-lo já, já.

Santiago-Undurraga-32

Esse material era usado na produção do século passado

Apesar de estar incluída no hall das primeiras vinícolas do país, Undurraga é uma das mais modernas: ela tem aquele mesmo processo de envelhecimento em barris subterrâneos que é extremamente vintage (e charmoso), mas todo o processo de engarrafamento é bem novo, em um maquinário de ferro, aço e cobre que faz parte do tour.

 Produção e engarrafamento

Meu amigo Tchu e eu a quase 5 metros de profundidade cercados por barris

No final do passeio rola uma uma degustação coletiva de quatro rótulos completamente diferentes, para agradar todo tipo de paladar: um Sauvignon Blanc, um Cabernet Sauvignon, um Carménère e um de “Cosecha Tardia”, ou colheita tardia, que são aqueles vinhos digestivos, mais adocicados.

O pulinho final na loja de Undurraga é ótimo para gastar muito mais do que os oito mil do tour, inclusive no produto sensação, o azeite de abacate, que todo mundo jura que é muito bom.

Santiago-Undurraga-50

Santiago-Undurraga-52

Esse segundo é o Carmenere com rolha de rosca

Como chegar em Undurraga

É uma viagem, mas não é uma viagem muito longa: fui de transporte público porque é bem prático e você não gasta aquela fortuna que as agências cobram. Como eu já tinha um cartão de metrô, meu gasto total foi de mil pesos chilenos, um santo investimento.

Para chegar você deve pegar a linha vermelha e descer na Estacion Central. Procure as placas que indicam a saída em direção a San Borja, que é uma rodoviária muito improvável no segundo piso de um shopping popular.

Parece piada, mas é só sair do subterrâneo pela saída certa e caminhar alguns metros que o shopping estará à sua esquerda.

Caminhe até o fundo do shopping e suba as escadas rolantes em direção ao segundo piso. Procure pela bilheteria da Flota Talagante, diga que quer ir para Undurraga no Valle del Maipo.

Depois de embarcar peça para o motorista avisar quando estiver chegando, ele provavelmente irá parar em frente a entrada da Undurraga.

Santiago-Undurraga-53

Santiago-Undurraga-56

O azeite de abacate que todo mundo parecia conhecer e as taças usadas na degustação

Santiago-Undurraga-01

Santiago-Undurraga-65

Esperando o ônibus em frente a viña e o bilhete de mil pesos

Tudo bem, agora você me pergunta: já que eu provavelmente irei escolher uma das duas, qual eu devo visitar, Concha y Toro ou Undurraga?

Bem, as duas são ótimas, mas eu fico com Undurraga, porque quem fica com Undurraga pode fazer uma dobradinha com um restaurante maravilhoso que quase ninguém conhece.

Leia mais para saber o basicão de Santiago:

+ Santiago, Chile: primeiras impressões

+ Santiago, Chile: 12 dicas de hotéis separados por bairros

Qual o melhor seguro de viagem para o Chile?

+ Lastarria: o bairro mais charmoso de Santiago

+ Roteiro de um dia no centro de Santiago (com mapa interativo)

Viña Undurraga

Pegue uma excursão por 29 mil pesos ou faça como eu e vá de transporte público, assim tudo que você precisa é reservar um horário por e-mail visit@undurraga.cl:

10:15, 12:00, 14:00 ou 15:30

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Santiago? Selecionei as melhores opções em quatro bairros que adoro em Santiago: Bellavista e Lastarria na região central e os vizinhos El Golf e Las Condes.

  Já contratou seguro de viagem? Seguro é essencial, principalmente em tempos de Covid! O comparador Seguros Promo oferece pelo menos 10% de desconto para leitores do blog e ainda parcela no cartão!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip internacional com internet ilimitada de verdade - e através do link do blog você leva pelo menos 15% de desconto!

  Para alugar carro no Chile pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez na Rentcars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português!

Previous Article

Ih, rodei na Rock Street do Rock in Rio 2013!

Next Article

Restaurante Kuchen Haus em Santiago

You might be interested in …

12 Comentários

    1. O nome deste guia é Germano. É simplesmente um show à parte. A vinícola é sensacional, o vinho divino e ele, bem, ele faz a diferença.

  1. Oi Thiago, parabéns pelo blog! Vou pra Santiago dia 22/08 e estou lendo tudo que vc escreveu sobre a cidade aqui. Sabe se no inverno a visita às vinícolas é prejudicada? Li em outro blog sobre outra vinícola também não mto popular, San Esteban no vale do Aconcágua, já ouviu falar? Estou entre Undurraga e San Esteban, creio que n terei tempo pra visitar as duas… Vc saberia dizer qual vale mais a pena? Neste dia que visitou a vinícola conseguiu chegar de volta a Santiago ainda de tarde? Estou pensando em deixar pro meu ultimo dia de passeio, qdo meu vôo é as 20:55, da tempo? Obrigada!

  2. O nome do guia figuraça é Germano. Grande parte do sucesso do tour deve-se ao carismo dele e por isso, tantos elogios no Trip Advisor. O tour pela Undurraga foi uma grata surpresa. Também fui de transporte público e reservei um dia antes.

    Ah, quero deixar como dica a compra de embalagens para transportar vinho, li que vende em vinícolas, não percebi se tem na Undurraga. Quando fui a Santiago, ficamos com medo de comprar o vinho no mercado (bem mais baratos) e a garrafa acabar quebrando na mala. Aí resolvemos deixar para comprar no Free Shop, seguindo a dica de uma brasileira que conhecemos no avião e já visitava o Chile há algum tempo. Mas não encontramos o vinho que queríamos no Free Shop.

    Então, a sugestão que eu dou é comprar no mercado (mais barato que nas vinícolas) e procurar pelas embalagens adequadas em Santiago nas vinícolas próximas.

  3. Boa tarde.

    Gostei da visita tanto da vinícola quanto do restaurante.

    Só uma dúvida.

    Qual o horário que vcs marcaram para visitar a vinícola e a que horas chegaram no restaurante?

    Em relação ao transporte público, é muito demorado a volta?

    Desde já agradeço amigo.

    Obs: Seu relato ficou muito bom, vou em maio do ano que vem mas já estou montando o roteiro para 3 dias em Santiago, onde no total passarei 18 dias viajando pelo Chile.

      1. Olá Thiago. Estou indo para oChile no dia 1/março. Quando vc diz : ” quem fica com Undurraga pode fazer uma dobradinha com um restaurane maravilhoso que quase ninguém conhece” , qual é este restaurante? Fica na própria vinícola?
        Parabéns pelo blog. Tem me ajudado um monte!

  4. Boa noite,

    para ir tanto para Undugarra ou Concha y Toro é preciso reservar antes, mas sabe com que antecedência? Poderia ser um dia antes?
    Vou semana que vem.

    Att,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*