Restaurante Kuchen Haus em Santiago

Atualizado em

Santiago-Undurraga-67

Esse post começa na saída do post de ontem, com meus amigos e eu no ponto de ônibus em frente a Undurraga

Foi minha amiga Anna Bárbara que me convenceu a conhecer o Kuchen Haus, um restaurante alemão que serve carnes deliciosas e muito, mas muito grandes pelo preço dos restaurantes mais legais de Las Condes em Santiago.

+ Isidora Goyenechea: o melhor passeio gastronômico de Santiago

Bem, se liga na dica: se você não está de carro e depende de transporte público não é muito sensato visitar Kuchen Haus se você não estiver voltando de Undurraga, que é um passeio delicioso para quem quer visitar uma viña chilena.

+ Como chegar em Concha y Toro

+ Como chegar em Undurraga

Falaremos sobre Kuchen Haus, mas lembre-se que é loucura andar meio mundo só para comer ali: existem lugares tão gostosos quanto a menos de 10 minutos de qualquer lugar que você esteja em Santiago.

Restaurante Kuchen Haus, Santiago

Leia mais para saber o basicão de Santiago:

Santiago, Chile: primeiras impressões

Santiago, Chile: 12 dicas de hotéis separados por bairros

Qual o melhor seguro de viagem para o Chile?

Lastarria: o bairro mais charmoso de Santiago

Roteiro de um dia no centro de Santiago (com mapa interativo)

Restaurante Kuchen Haus, Santiago

Leia primeiro o post sobre como chegar a Undurraga, é de lá que a gente parte para o almoço. Saindo da vinícola faça o caminho contrário, como se estivesse voltando para Santiago, e pegue o ônibus em direção a San Bernardo. Desça no cruzamento Lonquen e caminhe em direção ao posto de gasolina.

Passou pelo posto continue caminhando uns bons 10 ou 15 minutos em direção ao nada, e assim que alguém perguntar “uhm… Será que é aqui mesmo?” você verá o restaurante na calçada da direita.

Santiago-Kuchen-Haus-06

A gente vem caminhando do fundo da foto, na direção contrária a da placa

Santiago-Kuchen-Haus-07

Pronto, chegamos!

Kuchen Haus

O restaurante é lindo, parece fazenda de tio rico. Visitar a vinícola Undurraga ainda é um passeio pouco conhecido e super inusitado, casado com o pulinho no Kuchen Haus você estará tendo um dia diferente de todos os outros do roteiro!

Nós chegamos cedo no restaurante, ele tinha acabado de abrir, éramos os únicos ali: os garçons ficaram indóceis para nos receber, ninguém entendia muito bem o que quatro jovens brasileiros bêbados faziam ali – e o mais curioso: sabendo exatamente o que pedir!

Santiago-Kuchen-Haus-15

Santiago-Kuchen-Haus-09

O restaurante completamente vazio por volta do meio-dia, só nós, sentadinhos, lá no fundo

Santiago-Kuchen-Haus-16

Thiago, o maníaco do lustre: esse era de folhas de aço

Naquele dia eles estavam anunciando carne de pato, de cordeiro e de veado, além da inauguração de um boutique hotel

Cada hora era um que vinha perguntar quem éramos, como descobrimos o lugar, o que estávamos fazendo ali, como voltaríamos…

Eles ficaram tão felizes com a nossa chegada, e com nossos pedidos volumosos, que trouxeram quatro cortesias do suco da casa: a mistura improvável de goiaba com maracujá, que estava melhor do que qualquer um dos três vinhos na mesa.

Apesar de estar em um restaurante alemão o grande pulo do gato é pedir o lomo vetado a la parrilla, que é esse filé com três dedos de altura. Já o lomo liso angus é tão bom quanto, mas como ele é menor a tendência é comer uma carne mais bem passada.

Na hora da sobremesa outra surpresa muito boa: como ficamos na dúvida do que dividir, eles simplesmente resolveram agradecer nossa visita trazendo uma sobremesa de cada e cobrar apenas uma. O sorvete, como todo o resto, também é artesanal.

Santiago-Kuchen-Haus-18

Santiago-Kuchen-Haus-19

A cestinha de cubiertos e o suco da casa: goiaba com maracujá

Santiago-Kuchen-Haus-24

Você escolhe a carne e o acompanhamento, que vem também com esse molho de frutas que eu já não lembro o que era

Santiago-Kuchen-Haus-26

Três dedos de carne. Sem mais.

 Já não lembro do bolo e dos sorvetes, mas essa torta de morango com limão… Uhm!

Olha que curioso foi o fim do nosso almoço: primeiro o lugar encheu a ponto de formar uma fila de engravatados esperando mesa, parecia que alguma empresa bem próxima dali decidiu fechar para almoço.

Depois o sommelier que nos recebeu gritou um menino que parecia trabalhar ali e pediu que ele nos colocasse dentro do ônibus em direção a rodoviária de San Borja, de onde pegaríamos a linha vermelha do metrô – e não é que o menino fez exatamente isso? Ficou ali conosco na beira da estrada até o ônibus passar, depois deu sinal de uma forma tão louca que o motorista brecou como se trabalhasse para ele.

E ele estendendo a mão na tentativa de fazer com que não caíssemos? O que é claro que não funcionou, eu acabei dando um duplo carpado entre o motorista e o volante.

Faça como nós fizemos: a dobradinha Viña Undurraga e restaurante Kuchen Haus é uma ótima dica, não deixe de ir!

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Santiago? Selecionei as melhores opções em quatro bairros que adoro em Santiago: Bellavista e Lastarria na região central e os vizinhos El Golf e Las Condes.

  Já contratou o seguro de viagem? Viajar com seguro é essencial! O buscador Seguros Promo é parceiro do blog e oferece até 10% de desconto para nossos leitores, além de parcelar em até 12x no cartão. Se tiver alguma dúvida, fale comigo!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip internacional com internet boa de verdade! Aplique o cupom exclusivo RODEI10 e leve 10% de desconto – se tiver alguma dúvida, entre em contato comigo.

  Para alugar carro no Chile pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Sou jornalista, trabalhei com assessoria de comunicação e fui repórter de turismo. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Sou @rodeiviagens no Insta.


'Restaurante Kuchen Haus em Santiago' têm 4 comentários

  1. 7 de dezembro de 2013 @ 13:46 Rodrigo

    gostei da matéria, e os valore$$?

    sucesso!!

    Rodrigo.

    Responder

    • 9 de dezembro de 2013 @ 15:12 Thiago Khoury

      Oi Rodrigo, obrigado! Nenhum prato no cardápio custava mais de 10 mil pesos chilenos, todos variavam entre 7.500 e 9.900 pesos.

      Responder

  2. 28 de setembro de 2013 @ 15:39 Tayna Santos

    Demaais essa matéria…aliás, o site inteiro! Muito interessante!
    Parabéns pelo trabalho ;)
    Abraços

    Responder


Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2018. Todos os direitos reservados. Colabore com o blog! | Orgulhosamente hosted pelo DreamHost