Um jantar para chutar o pau da barraca em Dublin: Marco Pierre White

Ótima dica de lugar para comer bem em Dublin sem precisar penhorar o passaporte: Marco Pierre White, no miolinho da Dawson Street, um lugar que começa fino pelo nome.

Marco Pierre é inglês, tem mais de vinte endereços pela Europa, mas foi com esse restaurante que ele entrou na Irlanda. Pierre sempre mandou muito bem, apesar de já ter aposentado as panelas: foi um dos professores de Gordon Ramsay e é um dos grandes responsáveis por devolver a Inglaterra ao mapa dos foodies.

Restaurante em Dublin

Marco Pierre White Steakhouse & Grill

Estava de bobeira no St Stephans Green, que é uma ótima dica para quem quer curtir um gramado, paqueras aleatórias e um dia ensolarado. Quando chegou a hora de ir descobri pelo mapa que dava para chegar em Trinity College passando por uma única rua, a Dawson.

Dawson Street tem pinta de Itaim em São Paulo, e apesar de ter opções econômicas para almoçar e jantar nos quarteirões perpendiculares, eu queria um filé com pelo menos dois dedos de altura. Quando se quer filé há de se chutar o pau da barraca, até porque quem vai de filé nas grandes cidades brasileiras dificilmente reclama do preço do boi na Europa.

Esse filé da foto foi um dos pratos mais caros do cardápio por 30 euros. Mesmo que você converta, o que não se deve fazer, estamos falando de um filé por aproximadamente R$ 90 em um restaurante mundialmente famoso.

Rico não é quem come filé na Europa, rico é quem sai para comer filé por aqui, em Belo Horizonte.

Dublin - Dawson Street 04 Marco Pierre White

Todas as carnes do cardápio aparecem listadas pelo tipo de preparo, depois que você escolhe o corte da carne: ribeye (filé da costela), sirloin (contra-filé) ou fillet

Dublin - Dawson Street 10 Marco Pierre White

Minha pedida foi o fillet a béarnaise, o molho francês feito com vinho, ervas e ovo. Ele veio acompanhado com algo desconhecido que corre um sério risco de ser polenta

Dublin - Dawson Street 07 Marco Pierre White

Frango com um soufflé de ervas

Gostei muito da comida, fui bem atendido e por muito pouco esqueço que o garçom deixou de trazer minha porção de arroz, mas, enfim, vida que segue.

Marco Pierre White fica em um caminho super favorável para passeios a pé e é a minha dica para chutar o pau da barraca, com estilo, em Dublin.

Marco Pierre White Steakhouse & Grill

51 Dawson Street

Tanto almoço quanto jantar, todos os dias da semana

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Dublin? Gosto muito do Paramount Hotel, ele é bem localizado e tem ótimas tarifas – ou pesquise outras opções em Temple Bar, o bairro boêmio que é ótimo para quem está a pé em Dublin.

  Já contratou o seu seguro de viagem? Cote as melhores opções de uma só vez pelo buscador do Seguros Promo que parcela em até 12x no cartão. Leitores do blog ainda levam 5% de desconto com o cupom RODEI5, aproveite!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip de celular europeu com internet boa de verdade – o frete é por minha conta! Se tiver alguma dúvida, entre em contato comigo.

  Para alugar carro na Europa pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Sou jornalista, trabalhei com assessoria de comunicação e fui repórter de turismo. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Sou @rodeiviagens no Insta.


'Um jantar para chutar o pau da barraca em Dublin: Marco Pierre White' não tem comentários

Seja o primeiro a comentar este post!

Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2017. Todos os direitos reservados. Termos de uso e política de comentários. Colabore com o blog!