Paris para incrédulos a partir de segunda, dia 12

Atualizado em 4 de dezembro de 2017 por Thiago Khoury

Esse foi só um título sensacionalista, uma artimanha para posts publicados nas sextas. Não sou um incrédulo, muito pelo contrário, boto fé até na Coreia do Norte. Sei que Paris é cheia de boreaugodot (ato ou efeito de possuir borogodó), mas nós já falamos sobre isso e outras seis coisas que aprendi sobre Paris.

Diferente do incrédulo, sou até muito consciente do meu papel como turista: em uma viagem, 50% do sucesso ou do fracasso dela pertence ao viajante, só os outros 50 são de responsabilidade do destino. Quando conheci Paris, na minha segunda ida à Europa, eu estava no início da minha primeira rodada considerável por lá (sete países em trinta dias de viagem!) e a primeira completamente solo.

Paris atout France

O que eu não sabia até então era que só descobrimos nossa capacidade de encarar uma viagem dessas, sozinho e por conta própria, depois de fazê-la. Antes rola o comichão por estar prestes a viajar, durante a vontade de não desistir e, depois, o veredito se vale ou não.

E vale. Bem, valeu para mim. Descobri que adoro viajar sozinho, mas também não dispenso boas companhias. E como Paris esteve logo no início desse período de descobertas, nada mais justo do que publicar um segundo olhar sobre a capital europeia mais conhecida e visitada. Um olhar bem mais maduro e preparado, mas igualmente jovem e curioso.

Atout France

Logo depois de publicar o post sobre o boreaugodot francês, a agência de desenvolvimento turístico da França, Atout France, me convidou para uma rodada por Paris e uma surpresinha que conto depois.

O objetivo da viagem é me transformar em um apaixonado por Paris; e, vou te dizer, eles já estão quase conseguindo: a programação, as atrações, os albergues… Nada, absolutamente nada, é igual ao que eu já fiz ou conheço. Quando conheci Paris fiz um batidão de quatro dias, agora vou reconhecê-la em um batidão de sete e você vem junto.

Claro que essa é uma batalha perdida, até porque a Atout France representa o destino turístico mais visitado por viajantes em todo o mundo: são quase 80 milhões de turistas todos os anos, e todo mundo volta ou pretende voltar pelo menos uma vez.

Primeiro foi Paris no ápice do verão, agora será Paris já flertando com o inverno negativo. Tudo que eu descobrir você acompanha pelo blog, até porque a viagem é da Atout France, mas as opiniões continuam sendo minhas, como sempre.

O meus 50% estão de coração aberto. Nos vemos em Paris ;)

7 comentários sobre “Paris para incrédulos a partir de segunda, dia 12

  1. Oi Thiago,

    Estarei em Paris em janeiro e estou ansiosa para que você desvende esse novo olhar sobre a cidade. rsss Aguardando noticias no blog. Divirta-se e nos conte tudo. Abraços.

  2. Que massa Thiago!
    Estou me programando para ir em julho.
    Acompanharei os posts do seu olhar mais maduro, mas é isso, mantenha esse espírito jovem da curiosidade. Tudo de bom aí nestes 7 dias!
    Abraços, Rodrigo.

  3. ahaha conta logo, por favor? Porque embarco em 10 dias pra lá e quero saber como tá tudo ahahaha

    Beijos e boa viagem!

    PS: Atout France, vocês tiraram um convidado ilustre do meu casamento. Mas é difícil mesmo concorrer com Paris! ahaha

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

*