La Défense: o Eixo Histórico de Paris e as melhores dicas de compras

Update: 10 de dezembro de 2016

Tudo começou lá nos idos de 1500 quando o rei Henrique IV resolveu criar um caminho embasbacador que ligasse a igreja de Saint-Germain ao Louvre. Logo depois veio Luis XIV com suas megalomanias e criou o famoso Jardin des Tuileries. Napoleão chegou um pouco depois, no século XIX, construindo um tal arco para homenagear os seus soldados.

Os principais pontos do Eixo Histórico de Paris mostram o quanto a cidade foi bem planejada, um impressionante planejamento que começou no fim do século XVI: passa por toda a Champs-Elysees, cruza o Arco do Triunfo e chega em La Défense, essa nova Paris que nem todo mundo curte, mas eu adoro e indico sempre que posso.

Assim que a gente chega em La Défense essa é a primeira imagem que temos: uma Paris completamente diferente, clara, em vidro e aço. As tendas brancas ocupando a maior parte do espaço são temporárias, funcionam apenas em dezembro

La Défense, Paris

O Eixo Histórico de Paris

Como a linha 1 do metrô percorre todo o Eixo Histórico de Paris ela é a linha ideal de reconhecimento para quem tem apenas um dia na cidade, uma maneira rápida de conhecer grande parte das atrações mais famosas:

(1) Comece logo ali na trinca de atrações do Louvre: primeiro o museu e depois os Jardins des Tuileries e a Place de la Concorde;

(2) Suba por toda a Champs-Elysees, passe pelo Arc de Triomphe, pela Pont de Neuilly e chegue em La Défense, onde você encontra o Grand Arche e fecha o passeio com chave de ouro conhecendo as lojas e restaurantes da região.

Para fazer o miolinho do Louvre tem que bater perna, não tem outro jeito: desça na estação Louvre-Rivoli e comece pelo Arc du Carrousel, o museu e as pirâmides do museu logo em frente a entrada principal. Logo depois vem os Jardins e a Place de la Concorde.

Coladinho as fontes de la Concorde está a parte baixa da Champs-Elysees, onde caminhando em direção ao Sena você encontra Petit Palais, Grand Palais, a ponte Alexandre III e os Invalides, uma mistura de necrópole com museu.

Muita gente prefere pegar o metrô ali na estação Concorde e descer na Charles de Gaulle-Étoile, embaixo do famoso arco francês – até porque descer a Champs-Elysees soa bem mais interessante do que subi-la. Chegando lá embaixo novamente é só pegar a mesma linha 1 na Franklin D. Roosevelt e subir todo o caminho em direção a estação final, La Défense.

Fico sempre muito cabrero quando ouço as pessoas dizerem que La Défense não é Paris. Ora, como não? La Défense é um enorme espaço empresarial onde rolam vários eventos na praça principal ao longo do ano, mas a principal atração é um shopping ao lado esquerdo de quem olha o Grand Arche, Les Quatre Temps.

Les Quatre Temps é o maior shopping de Paris, santo lugar para comprar em todas as lojas que você possa precisar, além de praça de alimentação e internet gratuita.

Do lado oposto do Les Quatre Temps tem outro espaço comercial com um Hilton e seus mais de 150 quartos, um supermercado Monoprix e uma Fnac que não parece ser muito grande.

Les Quatre Temps por fora e por dentro. O shopping é enorme, tem internet gratuita e é cheio de estilo – mas tem um defeito: pouquíssimos banheiros!

Uhm, e tem também o Grand Arche, que é uma versão contemporânea do Arco do Triunfo com quase 110 metros de altura, o dobro do original. Não deixe de atravessá-lo e conhecer os vários parques, praças, jardins e espaços públicos de lá, como o museu arquitetônico aberto de domingo a domingo.

Bem, é isso. Quem ainda diz que Lá Defense não é Paris? Tem até museu! E gratuito, diferente de todos os outros da cidade.

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Paris? Selecionei algumas opções no Marais, que é o bairro que gosto mais, inclusive já fiquei duas vezes no Paris Rivoli e recomendo (barato e charmosinho!). Para quem curte, selecionei também algumas opções no Quartier Latin.

  Já contratou o seu seguro de viagem? Cote as melhores opções de uma só vez pelo buscador do Seguros Promo que parcela em até 12x no cartão. Leitores do blog ainda levam 5% de desconto com o cupom RODEI5, aproveite!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip de celular internacional com internet ilimitada. Se tiver alguma dúvida, entre em contato comigo!

  Para alugar carro na Europa pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Sou jornalista, trabalhei com assessoria de comunicação e fui repórter de turismo. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Sou @rodeiviagens no Insta.


'La Défense: o Eixo Histórico de Paris e as melhores dicas de compras' têm 2 comentários

  1. 30 de January de 2013 @ 9:17 Gabrielle

    Olá. Não sei se já está ciente, mas estou escrevendo apenas para alertá-lo. Ao entrar em seu site recebi uma mensagem de que não conseguiria acessá-lo se não baixasse um plugin do flash player. Automaticamente fui levada à página do Adobe e a janela do download se abriu. Por força do hábito, cliquei em download e logo o antivírus detectou uma ameaça. É um trojan perigoso que registra tudo, inclusive dados bancários do usuário. Consegui resolver o problema, mas hoje, ao acessar de outro PC, aconteceu o mesmo. Se fechar a suposta página do Adobe e abrir o rodei.com.br novamente, a mensagem não aparece novamente.
    Adoro o blog e estou avisando para que você possa tentar resolver isso e evitar prejudicar outros leitores.
    Abraços!

    Responder

    • 2 de February de 2013 @ 17:56 Thiago Khoury

      Olá Gabrielle, sim já estávamos cientes, mas com uma dificuldadezinha de resolver o problema. Acredito que agora já está 100%. Se voltar a ver o erro, por favor, nos avise! E muito obrigado ;)

      Responder


Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2017. Todos os direitos reservados. Termos de uso e política de comentários. Colabore com o blog!