O melhor hostel de Santiago, Chile

Atualizado em 16 de novembro de 2019 por Thiago Khoury

Vamos fazer uma poesia coletiva?

Comecemos pelos personagens principais: Carla foi comissária de bordo e agora é dona de hostel em Santiago. Leo é o namorado dela, tem cara de playboy, mas é desenrolado que nem carioca. Bruno é brasileiro e quer chegar na Groelândia. O Bella 269 é a sua terceira parada pelo caminho.

Bella 269 é o melhor hostel de Santiago

Vamos começar pelas imagens, assim dou um empurrãozinho na sua imaginação. Esse foi o primeiro quarto que fiquei em minha primeira passagem pelo Bella 269:

Bella 269, o melhor hostel de Santiago

O que descobri na internet

Bella 269 é um hostel boutique na Bellavista, que além de dar nome a avenida da nome também ao distrito mais boêmio de Santiago. Ele fica logo na esquina com a Loreto, um cruzamento de duas ruas importantes, mas sem nada de muito interessante por ali: o fuzuê mesmo começa cinco quarteirões a frente, no cruzamento com a Pio Nono.

Se subindo a Bellavista o hostel está a cinco quarteirões da Pio Nono, cruzando-a ele está a um quarteirão do Museu de Belas Artes e a dois da estação homônima da linha verde do metrô.

Enfim, a localização do Bella 269 é ótima para quem pretende conhecer as atrações mais famosas de Santiago: você estará sempre a uma distância caminhavel de quase tudo que a cidade oferece para turistas de primeira viagem.

O que vi primeiro

Bem ao lado do pior supermercado que já conheci, o Bella 269 parece ter saído de um livro infantil muito bem ilustrado: com um roxo chamativo na entrada ele te ganha logo na recepção, mas você vai se encantando a medida que passa pela sala de televisão, pelos computadores e sobe a escadaria que leva para as duas extremidades da casa – a cozinha, em baixo, e o terraço, em cima.

Quando cheguei fui recebido pela Carla, que estava na recepção. Ela abriu um mapa e me mostrou os principais pontos que eu deveria conhecer e que ajudariam na minha localização. Perguntei pela segurança e ela disse que Santiago é extremamente segura, mas como toda capital é bom ficar esperto aos perigos mais comuns.

23111105

23111104

O Peumo é um quarto triplo vendido como duplo, tem uma cama de casal e uma de solteiro

O que vi depois: o quarto Peumo

Bella 269 foi o melhor hostel que já conheci. Cada quarto leva o nome de uma árvore chilena: Peumo, Arrayán, Lenga, Canelo e Boldo. No início não gostei de ideia de ficar no Peumo, ao lado da recepção, mas não ouvi nada que atrapalhasse, nem nenhum barulho que viesse da calçada atrás das três camadas sobrepostas de janela que isolam tudo o que acontece lá fora.

O quarto é enorme, com uma cama de casal e outra de solteiro lado a lado. Banheiro privado bem compacto, mas com um chuveiro delicioso. TV a cabo em tela de plasma, guarda-roupa, gaveteiro e dois gavetões trancados por chave embaixo da cama menor. Internet boa e gratuita.

23111106

Detalhes do quarto Peumo

Assim que voltei do meu primeiro dia de caminhada pela cidade fui recebido pelo Bruno, um sujeito que você não pode deixar de conhecer: formado em Comunicação, Bruno tem seus quase 30 anos e é uma peça raríssima – Deus, ele é um carioca tentando chegar na Groelândia!

E ele manda impressionantemente bem em quatro línguas e conhece todas as quebradas da cidade. Todas.

O que vi ao longo da estada: Bella 269

O Bella 269 é muito charmoso e aconchegante, está longe de ser o típico hostel de “amigos solteiros em viagem pelo Chile”: a onda ali é curtir uma hospedagem com qualidade muitas vezes inacreditável para a categoria ou pelo valor cobrado, atendido por funcionários solícitos em um lugar que foi trabalho de conclusão de curso em design de interiores.

A cozinha, lá em baixo, é ampla e está atrás de um pátio a céu aberto que funciona como ponto de encontro. Aproveite a churrasqueira e agilize um esquenta entre hóspedes, tenho certeza que você irá contar com a colaboração do pessoal de lá.

Os quartos compartilhados estão entre a cozinha e o terraço. Entrei para conhecer e fiquei espantado com a qualidade dos beliches com suas camas enormes. O que falta ali é uma geladeira com cerveja a venda para hóspedes, mas imagino que eles resolvam isso rápido.

(Dica de extrema importância: tem uma liquor store logo depois do Museu de Belas Artes, na rua Monjitas.)

O terraço, no alto do Bella, tem uma vista linda para a virgem iluminada no alto do Cerro San Cristóbal. Foi lá que engatamos uma noite que só terminou às seis da manhã: foi abençoado pela virgem que no auge de sua explosão criativa o Bruno convidou a todos para darem início a criação de uma “poesia coletiva”.

Bruno é incansável. Ele surpreende até calado.

23111107

O Bella é ecologicamente correto, mas apesar do aviso não existe timer no chuveiro

23111108

Recebemos um cartão Bip! de transporte público, uma economia de CLP$ 1.300

O pós-Bella

O melhor de Santiago foi o Bella 269 e o Bellavista. Foi ali onde mais comi e me diverti. Las Condes deu as caras e mostrou outro tipo de viagem que pode acontecer no Chile, mas foi naquele miolinho ali que espremi a cidade ao máximo.

Aproveite os contatos do Bruno e a atenção da Carla para descobrir o que conhecer na cidade e onde estão as baladinhas mais interessantes e improváveis. Depois continue a poesia você também: como bem lembra o Bruno, ela é uma obra aberta. Uma criação coletiva.

Bella 269

Belavista 269, esquina com Loreto

Outras dicas de hospedagem em Santiago do Chile:

+ Bella 269: o melhor hostel de Santiago, Chile – parte II – a continuação dessa história um ano depois

+ Santiago, Chile: 12 dicas de hotéis

13 comentários sobre “O melhor hostel de Santiago, Chile

  1. Olá Tiago, estou indo sozinha pro Chile em outubro, e andei visitando seu blog, me animou muito a ideia do Bella, principalmente pq vou sola! rs
    Gostaria de saber se existe quarto privativo la, e se é muito caro. Vc teria o contato desse Bruno que mencionou acima?
    Grata pelas suas dicas!!!! :D ps: se houver mais, sinta se a vontade para me mandar! rs meu email é anapatriciabeltrao@gmail.com
    Abraços.
    Ana

  2. Olá, Thiago! Eu e 2 amigas decidimos pelo Bella 269 depois de ver seu vídeo e postagens. Chegamos ontem em Santiago. Por coincidência estamos no mesmo quarto do vídeo que fizeram. O Hostel realmente é muito bem localizado, pessoal atende bem, estamos satisfeitas!!! Um dos melhores que ficamos até hoje…um abraço. Ludimila, Angélica e Raianne.

  3. Ola,

    Antes de tudo gostaria de parabenizar pelo blog. Muito legal! Estou com férias marcadas para maio e irei a Santiago. Gostei da descrição que fez do Hostel 269 (parece que eles acolhem de verdade o turista) e gostaria de saber se ele fica perto do metrô e se fez a reserva pela internet ou com agências.

    Germana

  4. Oi Bom dia!

    Eu e duas amigas estamos nos organizando pra fazer nossa primeira viajem a Santiago , queremos ficar no Albergue 269 , tinham nos indicado um tal Eco Hostel , mais ficou muito caro a diaria.
    Vamos Passar nove dias no fim de novembro, já pesquisamos algumas coisas mais queriamos saber sobre Passeios a Estação de Esqui e Aguas Termais , se essa epóca do ano é boa pra fazer esses dois passeios, e onde poderiamos ir , não sei! Por favor se puderem nos de uma sugestão!!Obrigada!

  5. Meus amores, os chevo en mi coracao para sempre!
    Thiago muito obrigada por tu reportagem, é muito muito bom! Flavia I love you!!
    Muitos beijos, os esepramos sempre aqui em Santiago, em voca pequenha casa.
    Carla

  6. Muito legal! Passei na porta desse hostel, parece bem charmoso mesmo. Mas curti mais o que fiquei, que se chama Bellavista. Mais moderno, mais cool e, imagino, mas barato! Fica a dica também!

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

*