Dicas de locomoção em Las Vegas

Atualizado em

Quem está de viagem marcada para Las Vegas já deve estar se perguntando qual a melhor forma de se locomover por lá. Apesar da cidade concentrar todas as suas atrações em um pequeno espaço, tudo é tão grande que qualquer voltinha pode virar uma viagem.

Como não existe outra forma de conhecer os hotéis se não caminhando por eles, para se deslocar entre um e outro você precisa otimizar o seu tempo e zanzar menos; e para isso existem quatro formas de fazer a mágica acontecer:

Estação de Monorail em Las Vegas

Guichês eletrônicos para compra de tíquete do Monorail

Passeando de Monorail em Las Vegas

Lembre-se que passear de Monorail será acima de tudo um passeio: é gostoso, confortável e a gente bate algumas fotos pelo caminho, mas é caro, as estações geralmente ficam depois dos estacionamentos dos hotéis e, para chegar até a entrada, é uma nova viagem.

Duas ou três pessoas podem trocar qualquer tíquete único de Monorail por uma corrida de táxi sem medo de estar fazendo um mau negócio. Se você não se importa em caminhar muito ou fizer parte do time dos apaixonados por Monorail os passes ilimitados podem ser boas escolhas.

Para a maior parte da população, deixe para usar o Monorail apenas quando for atravessar a Strip.

One Ride: U$ 5

One Day Pass: U$ 12

Three Day Pass: U$ 28

Não é necessário comprar pela internet, vale mais fazer a compra que parecer mais conveniente nos guichês eletrônicos das estações – gostou do meu tela a tela? Geralmente aberto das 7:00 às 2:00, nos fins de semana e feriados eles estendem até às 3:00.

Na próxima última foto você consegue ver um mapa com todas as estações disponíveis.

Lista de estações de Monorail em Las Vegas

Transporte entre hotéis de Las Vegas

É por causa deles que muita gente pensa ter andando de Monorail, mas eles são apenas um “people mover” entre hotéis parceiros. São gratuitos e ótimos para conhecer hotéis próximos de uma mesma região.

Mirage e Treasure Island: funciona das 7:00 às 2:00, com trens a cada 15 minutos. No Mirage a parada está do lado esquerdo da entrada principal, em Treasure lsland a estação fica ao lado do estacionamento. O percurso é legal e passa pela piscina do Treasure.

Bellagio, CityCenter e Monte Carlo: funciona das 8:00 às 4:00, com trens a cada 15 minutos. A parada do Bellagio está próxima a saída do Spa Tower, logo depois do Sensi, um dos restaurantes mais famosos da cidade. Já no CityCenter a parada é no Crystals, a área de compras do complexo. No Monte Carlo a estação está na Street of Dreams, onde rolam as comprinhas por lá.

Mandalay Bay, Luxor e Excalibur: das 7:00 às 22:30, com trens a cada três ou sete minutos. Como existe mais de uma rota vale saber que quem sai do Excalibur segue direto para o Mandalay Bay, mas quem sai do Mandalay Bay passa pelo Luxor antes de seguir para o Excalibur. Não existem funcionários na estação do Mandalay Bay, o que pode deixar o embarque meio confuso. Já no Excalibur você tem a chance de puxar a alavanca de uma slot machine com prêmios de até U$ 5 mil.

Táxi em Las Vegas vale a pena

Ir de táxi geralmente é uma boa escolha, principalmente quando se está viajando acompanhado, inclusive (e principalmente) vindo do ou indo para o aeroporto.

Minha dica agora é onde conseguir um carro. Você não pára e entra em um carro qualquer, são eles que são chamados pelo sujeito de fraque na “pick-up area” dos hotéis. Basta seguir as placas, entrar na fila e responder o “how many?” do sujeito, que irá apitar e parar um carro para você e seus amigos.

Geralmente dou um dólar como gorjeta por carro utilizado. Ou você me achará muquirana ou achará o ato incrivelmente desnecessário, mas mesclo uma revolta por ter a obrigação de dar algo com a vergonha por não dar nada. Resultado? U$ 1 por carro e tenho dito.

Ônibus em Las Vegas: vai de Dulce

Não usei, não conheço, mas parece que não tem mistério algum. RTC, ou Regional Transportation Commission of Southern Nevada, é a empresa de transporte públicos responsável pelas duas rotas mais famosas de Las Vegas, The Strip & Downtown Express, também chamado de SDX, e Deuce.

A diferença é que a primeira rota é expressa e para apenas em alguns pontos, super útil para quem quer chegar nos outlets ou em downtown sem perder muito tempo. A segunda rota é extremamente turística (e o ônibus é um double decker), tem paradas programadas em quase todos os hotéis da Strip e ainda chega em Fremont Street.

Dulce funciona 24 horas e tem ônibus a cada 15 ou 20 minutos, já o SDX começa a funcionar às 9:00 e vai até pouco depois da meia-noite.

Las-Vegas-Dulce

Você pode adquirir um tíquete de uso único dentro do ônibus com dinheiro contado ou comprar um passe nas máquinas espelhadas pelos pontos.

2-Hour Pass: U$ 5

24-Hour All Access Pass: U$ 7

3-Day Pass: U$ 20

30-Day Pass: U$ 65

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Las Vegas? Harrah’s é baratinho e super bem localizado, em frente o famoso Caesar Palace. Leia também o meu post com dicas de apartamentos com cozinha em Las Vegas.

  Já contratou o seguro de viagem? Seguro é essencial nos Estados Unidos! O buscador Seguros Promo oferece até 10% de desconto para leitores do blog, além de parcelar em até 12x no cartão. Se tiver alguma dúvida, fale comigo!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip americano com internet ilimitada de verdade – e através do nosso link exclusivo você leva 10% de desconto! Se precisar, entre em contato comigo.

  Para alugar carro nos Estados Unidos pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Se quiser receber os últimos posts do blog e cupons de descontos exclusivos no WhatsApp é só adicionar (31) 98263.3937 aos seus contatos e mandar um "alô" para ativar o robô do blog!


'Dicas de locomoção em Las Vegas' têm 2 comentários

  1. 21 de junho de 2012 @ 8:26 Alice

    Oi, Thiago!

    Novamente, um ótimo post. Quando fui a Las Vegas em 2009, dei uma pesquisada sobre os meios de transporte. Como ficamos hospedados no Circus Circus, em alguns dias pegamos o ônibus pra ir mais pro meio da Strip – compramos o passe de 24 horas. Lá pelo meio da viagem, percebemos que, para percursos mais curtos, valeria a pena pegar um táxi, já que estávamos em 4 pessoas. Saía meio “elas por elas”, mas era mais rápido. Ah, e tb dávamos 1 dólar de gorjeta a cada táxi pedido.

    Tenho tido cada vez mais vontade de voltar a Vegas (ano passado fui a Orlando) e acho que da próxima vez vou experimentar o monorail e os “people movers”, só pela diversão, hehehehe!

    Responder


Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2019. Todos os direitos reservados. Colabore com o blog! | Orgulhosamente hosted pelo DreamHost