Compra em Seattle

Compras em Seattle: dicas de bairros, shoppings e outlets

Fazer compras em Seattle é um programão porque elas acontecem quando a gente menos espera: é só passear pelas ruas do centro que inevitavelmente cruzamos com dezenas de lojas, não há a menor necessidade de se esforçar muito para montar um roteiro de compras propriamente dito.

Por outro lado existem lugares incríveis em Seattle que não ficam exatamente no centro e são antes de tudo passeios incríveis onde também é possível fazer compras, mas para alguns desses lugares vale pegar um Uber ou diária de carro alugado.

Mapa com dicas de compras em Seattle

Vou falar sobre cada um desses lugares e sugerir qual a forma mais rápida e prática de chegar em cada um deles, mas antes quero deixar dois posts essenciais para quem está planejando uma viagem a Seattle:

Qual seguro de viagem fazer para os Estados Unidos?

Qual o melhor chip de viagem para os Estados Unidos?

Compras em Seattle: vale a pena?

Sempre digo que vale a pena fazer compras em Seattle porque grande parte das lojas aparecem quando menos se espera ou fazem parte de lugares lindos que você não pode deixar de conhecer, como U District que é uma vila universitária com várias lojas que brasileiro adora.

Vale dizer que apesar da experiência de compra ser ótima ela não é das mais baratas, até porque a taxa de Seattle é razoavelmente alta (principalmente quando comparada com a de outras cidades americanas mais ao sul do país): 10,1%, sendo 6,5% do estado e 3,6% do município.

Isso quer dizer que o valor de etiqueta não é o valor final: se algo parece custar 100 dólares ao passar pelo caixa você terá que pagar 110,10.

Compras em Seattle

Macy’s de Downtown Seattle

Compras em Downtown Seattle

Downtown Seattle é a região que turistas geralmente desbravam mais, o que é ótimo para quem curte a ideia de fazer compras durante a viagem: se você seguiu qualquer uma das minhas duas dicas de onde ficar em Seattle, basta bater perna por ali para passar por dezenas de lojas conhecidas.

Uma dica que dou é descer a Pike Street e subir a Pine Street (ou o contrário), as duas principais ruas do centro de Seattle. Passeando por elas é impossível passar despercebido por grande parte das lojas mais famosas, incluindo o shopping Pacific Place e Westlake Center.

Compras em University Village, ou U District

U District são as redondezas da University of Washington. Mesmo que você faça uma viagem sem carro ou tenha pouco tempo na cidade, vai por mim, reserve um tempinho para bater perna por U District, vale a pena.

O filé mignon de U District é a University Village, um verdadeiro shopping a céu aberto com lojas e restaurantes deliciosos, um lugar realmente muito bonito, vale a corrida de Uber nem que seja para andar a esmo por ali.

Os stories de @rodeiviagens em U District

Para quem curte compras, U District tem Apple, Anthropologie, H&M, Microsoft

U District também tem muitas lojas de artigos de casa e decoração, como CB2, Crate and Barel e Pottery Barn.

Compras em Bellevue

Bellevue não é extamente Seattle, é Bellevue, uma cidade muito próxima que apesar de fazer parte da região metropolitana da capital lembro que gastei quase 30 dólares de Uber em cada perna da viagem.

Voltei apaixonado por Bellevue e acho essencial passear por ali se você vai a Seattle com a intenção de fazer compras: Bellevue é famoso por possuir três shoppings em lados opostos de uma mesma avenida interligados por passarelas suspensas, então você não precisa sequer atravessar a rua.

Juntos esses três shoppings fazem parte do Bellevue Collection, mas separando cada um deles os nomes são Bellevue Square, Lincoln Square e Bellevue Place.

Bellevue é diferente de Downtown Seattle porque as ruas são largas, a gente não vê muitos pedestres caminhando ao léu e os shoppings são enormes, bem diferentes do Pacific Place e Westlake Center.

Bellevue

Os shoppings de Bellevue são conectados por passarelas suspensas

Com certeza vale conhecer, inclusive deixe para almoçar ali porque o que não falta são ótimos restaurantes, como Earls e Cheesecake Factory, ou, se você quiser uma dica mais especial, o Central Bar é um charme.

Última dica de Bellevue: The Shops at The Bravern é outro shopping bem pertinho dali, mas exclusivamente de marcas como Louis Vuitton, Gucci e Prada.

Compras em Ballard

Quando fui a Seattle lembro que uns amigos pintaram Ballard como uma super descoberta para quem curte compras, mas acabei não achando nada demais, exceto por umas lojas de cozinha locais que eram bem legais.

Fui na Culinary Essentials e depois fui caminhando até a Kitchen N Things na Market Street.

Posso estar errado, mas o que fiz (e o que acredito que seja o que as pessoas fazem), é subir Ballard Avenue e entrar na Market Street. É um passeio legal, mas não para compras.

Na Ballard Avenue existem vários bistrôs, cafés e trattorias. É um programa boêmio muito mais interessante do que como manhã de compras.

Atualização: parece que logo depois que fui ali rolou um incêndio absurdo em Ballard que acabou com vários negócios, inclusive o Kitchen N Things. Que notícia triste!

Outlets de Seattle

U District e Bellevue são facilmente acessíveis de Uber, mas para visitar o Seattle Premium Outlets eu sugiro investir em uma diária de carro, acho que é mais econômico e confortável.

Aliás, uma ótima dica é chegar em Seattle e pegar o carro já no aeroporto, assim você dirige até o hotel e permanece com o carro para fazer o outlet no dia seguinte.

Ou então coloque Bellevue e Seattle Premium Outlet em sequência para fazer essa outra dobradinha de carro.

Enfim, independente da maneira que você escolha visitar o outlet de Seattle, se a capital de Washington for a única cidade grande no seu roteiro de viagem é muito difícil conseguir deixar um outlet de fora.

Compras em Seattle: outlets

Compras em Seattle: os outlets mais famosos

Existem três outras opções de outlets em Seattle, mas duas delas eu dispenso porque são bem pequenos, ambos com aproximadamente trinta lojas: Centralia Outlets e North Bend Premium Outlets.

Uma alternativa ao Seattle Premium Outlets é o The Outlet Collection, que não conheço, mas ele é tão grande quanto o Premium e ainda tem o benefício de ser climatizado.

Nenhum deles é muito longe do Downtown Seattle, mas você irá gastar pelo menos 50 dólares de Uber até cada um deles e outros 50 dólares para voltar, o que paga tranquilamente uma diária de carro alugado com todos os seguros inclusos.

Ah, sim: Seattle Premium Outlets e The Outlet Collection ficam em direções opostas, então eu provavelmente escolheria apenas um para conhecer em função do diretório de lojas ou, caso fosse inverno, fecharia com o único que é climatizado.

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Seattle? Eu fiquei no Hyatt Regency e recomendo, mas você pode procurar outras opções nos melhores bairros de Seattle.

  Já contratou o seguro de viagem? Seguro é essencial nos Estados Unidos! O buscador Seguros Promo oferece até 10% de desconto para leitores do blog, além de parcelar em até 12x no cartão. Se tiver alguma dúvida, fale comigo!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip americano com internet ilimitada de verdade – e através do nosso link exclusivo você leva 10% de desconto! Se precisar, entre em contato comigo.

  Para alugar carro nos Estados Unidos pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Se quiser receber os últimos posts do blog e cupons de descontos exclusivos no WhatsApp é só adicionar (31) 98263.3937 aos seus contatos e mandar um "alô" para ativar o robô do blog!


'Compras em Seattle: dicas de bairros, shoppings e outlets' não tem comentários

Seja o primeiro a comentar este post!

Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2019. Todos os direitos reservados. Colabore com o blog! | Orgulhosamente hosted pelo DreamHost