Como se locomover em Praga

Atualizado em

Existem algumas coisas que você pode ou não ouvir da boca de quem já fez a viagem que você está prestes a fazer, mas, quando se trata de Praga, parece que todo mundo concorda que táxi é furada.

Para se locomover em Praga a maneira mais comum e prazerosa é batendo perna pela cidade. Vendo a capital à altura dos olhos descobrimos que Praga é o tipo de cidade deliciosa que a gente tenta colocar no bolso: as atrações são próximas e em apenas alguns minutos conseguimos chegar em quase todas elas.

A segunda forma mais comum de se locomover é usando uma das três linhas de metrô que a cidade oferece há pouquíssimos anos. Meu amigo Dalibor escreveu essa pequena lista de palavras que você irá ver pela frente caso se aventure pelo subsolo de Praga:

Eskalátor: escada rolante | Linka: linha | Přestup: transfer | Stanice metra: estação de metrô | Vstup: entrada | Výstup: saída

Use o seu chip internacional para colocar no Google Maps o endereço ou a atração que pretende visitar e descubra qual a estação de metrô mais próxima, você não terá dificuldade alguma.

Outra dica é usar o transporte público de superfície, o bonde. Mantenha-se fiel ao que diz o Google Maps que você não terá dificuldade alguma.

Dicas de transporte público em Praga

Existem dois tipos diferentes de tíquetes de transporte público: o de uso único para pequenas distâncias e o que possibilita transferências e percorre caminhos mais longos. Nenhum custa mais do que o equivalente a um euro. Tíquetes podem ser comprados em máquinas de autoatendimento em estações de metrô ou em bancas de revistas, tabacarias e centros turísticos.

Lembre-se que você deve validar seu tíquete antes de passar pela catraca das estações ou assim que entrar no bonde/ônibus.

Existem passes de um, três e cinco dias, mas não acredito que você precise deles, nem os mensais, bimestrais e anuais.

Tudo bem, agora me diz, vale a pena andar de táxi em Praga?

Me falaram tanto sobre os táxis de Praga que não tive a ousadia de parar um carro e experimentar o serviço, mas encomendei um via internet e mesmo assim o cara tentou me intimidar a pagar mais do que o combinado.

Não tenho problema com drogados, não tenho problema com prostitutas e tenho até um certo jogo de cintura com trombadinhas, mas taxista gringo é meu ponto fraco: não tenho paciência nenhuma com que trabalha tentando te passar a perna, prefiro não arriscar.

Update: graças a Deus agora já existe Uber em Praga!

Enfim, caso você precise de um carro, principalmente para buscá-lo no aeroporto Ruzyně ou em uma das grandes estações de trem, seja Hlavní Nádraží ou Nádraží Holešovice, vale ir atrás de alguém que esteja a sua espera ou Uber.

O que fiz foi entrar em contato com Tania Sochorova, uma guia checa que estudou Português na Faculdade de Letras de Praga e manda muito bem conversando na nossa língua.

Confesso que me assustei no início: enquanto eu escrevia longos emails extremamente minuciosos, Tania respondia o mais breve possível e em pouquíssimas palavras.

Marquei meu primeiro pick up na estação Nádraží Holešovice no horário previsto de chegada do trem (houve um atraso de quase uma hora), depois outro pick up no hotel, quatro dias depois, com drop off no aeroporto.

Update: quem chega de trem pela Hlavní Nádraží a melhor pedida é pegar a linha “C” do metrô ali mesmo.

Enfim, tudo deu muito certo e não tive problema algum: o taxista me aguardava na estação com uma placa em mãos, já sabendo do meu atraso porque ele acompanhava minha chegada pelos painéis. Ele apareceu pontualmente também no dia de me levar para o aeroporto, e marquei cedo, não eram nem sete da manhã.

O único probleminha foi esse que disse ali em cima: quando chegamos ao hotel, vindo da estação, ele disse que o preço era 50 coroas a mais do que tinha sido combinado. Eu disse que o preço combinado era aquele que estava sendo pago – e sem sacar a arma ele agradeceu e foi embora.

Existem outros guias checos que falam português no Google, mas a única que oferece “shuttle” além de oferecer serviços como guia parece ser a Tania.

Clique aqui para acessar o seu site ou escreva para amazon@volny.cz.

Por @terry1054

Se você chegar ou deixar a cidade de trem, vale conhecer essas palavras também:

Vlak: trem | Odjezdy: saídas | Příjezdy: chegadas | Nástupiště: plataforma | Jízdenky: tíquetes

Existem formas de chegar e deixar a cidade de ônibus, mas se você está vindo de outro país ou de cidades turísticas mais próximas é mais provável que você chegue pela estação Florenc, onde também passam as linhas “B” e “C” do metrô.

Sobre chegar ao aeroporto e não continuar ali até o fim da viagem

Existe uma forma não testada por mim de chegar ao centro saindo do aeroporto sem pedir um táxi – sei que faltou a opção transporte público saindo da estação Nádraží Holešovice, mas acredito que ali o melhor a fazer é se ater a opção “Tania” ou Uber.

No aeroporto é possível pegar um ônibus expresso com destino à estação Hlavní Nádraží, na Praça Venceslau, por apenas 50 coroas. Você pode também pegar as linhas “A” e “C”.

Se você pretende pegar um ônibus comum com destino ao metrô, a viagem poderá ficar mais longa, e perigosa: a estação Dejvická é um celeiro de trombadinhas a espera de quem chega ali empurrando suas malas.

Mesmo assim, fica a dica: para quem procura a linha “A”, a rota 119 sai do desembarque com destino a estação Dejvická, sua última parada. Já para quem procura a linha “B”, a rota 100 sai do desembarque com destino a estação Zličín, sua última parada. Essas linhas não funcionam depois da meia-noite.

Dicas rápidas sobre táxi em Praga

– Evite entrar em táxis estacionados próximos a estações de trem ou pontos turísticos, você será passado para trás;

– Nunca pare táxis na rua. Em uma inspeção feita em meados de 2009, quase metade dos veículos eram falsos ou não possuíam registro;

– Certifique-se de que o carro possua a palavra “taxi” em letras pretas em ambos os lados, junto com as tarifas cobradas e o nome da empresa em ambas as portas da frente;

– Tente se comunicar antes de entrar no veículo e peça uma estimativa do valor final da corrida.

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Praga? Gosto da região de Malá Strana, a ponta da ponte Carlos mais próxima do Castelo de Praga. Escolhi o Bile Kuzelky e adorei, tanto a localização, quanto o atendimento e o preço.

  Já contratou o seguro de viagem? Seguro é obrigatório na Europa! O buscador Seguros Promo é parceiro do blog e oferece até 10% de desconto para nossos leitores, além de parcelar em até 12x no cartão. Se tiver alguma dúvida, fale comigo!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip europeu com internet boa de verdade – e através do nosso link exclusivo você leva 10% de desconto! Se precisar, entre em contato comigo.

  Para alugar carro na Europa pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Se quiser receber os últimos posts do blog e cupons de descontos exclusivos no WhatsApp é só adicionar (31) 98263.3937 aos seus contatos e mandar um "alô" para ativar o robô do blog!


'Como se locomover em Praga' não tem comentários

Seja o primeiro a comentar este post!

Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2019. Todos os direitos reservados. Colabore com o blog! | Orgulhosamente hosted pelo DreamHost