O que preciso saber sobre drogas em Amsterdã

Atualizado em

Update: 17 de setembro de 2015

Todo tipo de droga é vendido em Amsterdã? Apenas as drogas leves, como diz a lei. Drogas leves e pesadas são reconhecidas de acordo com suas reverberações físicas e psicológicas. Tudo que é cannabis (maconha prensada, haxixe e outras variáveis) pode ser livremente comprado, mas cogumelos, cocaína, heroína, LSD e morfina são totalmente proibidas.

Pensei que cogumelos eram drogas leves. Eram, já não são mais: com o passar do tempo, turistas afoitos começaram a morrer em Amsterdã e as autópsias indicavam uso de diferentes cogumelos alucinógenos. Em novembro de 2008 um decreto suspendeu definitivamente a venda dos tipos alucinógenos.

Todos podem comprar drogas em Amsterdã? Não, apenas maiores de 18 anos.

Todos podem vender? Não, apenas estabelecimentos com alvará.

Como reconheço um estabelecimento que vende drogas legalmente? Os chamados coffeeshops, como o The Grasshopper e o The Bulldog, são estabelecimentos facilmente reconhecidos pela bandeira com os triângulos verde e branco dispostos lado a lado em um lugar visível – qualquer tipo de propaganda é proibida por lei. Coffeeshops não são Cafés e não vendem bebida alcoólica, mas você pode frequentar bares que vendem cerveja e permitem o uso de maconha trazida pelo cliente.

Coffeeshops são lugares agradáveis? É um fumódromo como outro qualquer, mas, como eles vendem produtos legais, não existe nenhum clima furtivo no ar. A luz é baixa e sempre rola uma música tocando ao fundo. Os atendentes geralmente são simpáticos e falam inglês, mesmo que existam cardápios traduzidos. Não deixe de tirar as suas dúvidas antes de escolher um produto: você receberá a indicação daquele que mais combina com você e com o seu propósito naquela ocasião.

13051007

Posso fumar tabaco em um coffeeshop? Não. Para preservar a saúde dos não-fumantes e eliminar os chamados “fumantes passivos” é proibido fumar em lugares fechados na Holanda, apenas em “aquários” devidamente designados.

Mas e quem vende drogas nas ruas? São criminosos que provavelmente irão te vender farinha ou qualquer outra substância desconhecida. Essa é também uma das mais eficientes técnicas de assalto – dá mole pra você ver! A melhor saída é seguir o seu caminho e mal respondê-los.

Quanto comprar? Pouco. Primeiro porque é crime lidar com grandes quantidades, segundo porque aquele produto é provavelmente mais forte do que outros que você pode ter experimentado e, por último, porque é fácil comprar de novo. O que sobrar pode ser usado em outro coffeeshop, não é preciso fazer uma nova compra – mas é educado comprar ao menos um refrigerante se você não quiser ocupar uma mesa a troco de nada.

+ O que preciso saber sobre prostituição em Amsterdã

+ Como e onde se hospedar em Amsterdã

E os efeitos, são fortes? Depende do produto escolhido e se você é ou não um cara forte, mas lembre-se: nunca subestime os efeitos das drogas. Justamente por serem deliciosos (mas não são), os bolinhos atômicos não têm efeito imediato: sair pulando e cantando de um coffeeshop é o mesmo que tatuar “turista” na testa.

O que acontece se eu pisar na bola? Você provavelmente será preso.

Posso andar com maconha no bolso? Sim, em pequenas quantidades.

O que é uma pequena quantidade? O suficiente para consumo imediato. A lei é complicada, eu sugiro ater-se ao que for menos arriscado.

Posso fumar em público? É tolerável, mas para os holandeses essa é uma atitude provocadora e desnecessária, principalmente quando acontece com um turista. Cuidado, a lei é confusa para estrangeiros e pode criar conflitos. Hotéis e albergues possuem regras próprias que são informadas logo no início da hospedagem.

E se eu deixar a Holanda com drogas no bolso? Você provavelmente será preso. Por isso, muito cuidado ao guardar o produto e correr o risco de deixar sobras na mochila. Sair do país usando camisa e boné com a célebre “eu sobrevivi a Amsterdã” pode fazer você passar por revistas muito mais rigorosas.

Leitores do blog agora tem 5% de desconto em qualquer seguro de viagem cotado pelo Seguros Promo!

13051008

Salvar

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Amsterdã? Gosto muito da região do Museum Quarter, que compreende os arredores de Museumplein e Leidesplain. Nessa região o Tulipa tem o melhor custo-benefício! Selecionei também as melhores opções de Jordaan, um dos bairros centrais mais charmosos.

  Já contratou o seguro de viagem? Seguro é obrigatório na Europa! O buscador Seguros Promo é parceiro do blog e oferece até 10% de desconto para nossos leitores, além de parcelar em até 12x no cartão. Se tiver alguma dúvida, fale comigo!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip europeu com internet boa de verdade – e através do nosso link exclusivo você leva 10% de desconto! Se precisar, entre em contato comigo.

  Para alugar carro na Europa pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Se quiser receber os últimos posts do blog e cupons de descontos exclusivos no WhatsApp é só adicionar (31) 98263.3937 aos seus contatos e mandar um "alô" para ativar o robô do blog!


'O que preciso saber sobre drogas em Amsterdã' têm 10 comentários

  1. 27 de março de 2017 @ 7:00 Ana from the blog

    Acabei de vir de Amesterdão, este post está muito bom e tem toda a informação ! ? vou seguir para mais viagens
    beijinhos
    Ana

    Responder

  2. 29 de novembro de 2012 @ 13:37 Thais

    Estava procurando essas informaçoes ha muito tempo e nunca encontrei tão bem explicado assim. Passarei uma temporada na europa e pretendo viajar para Amsterdam! =)
    Muito obrigada!

    Responder

  3. 2 de dezembro de 2010 @ 7:07 De Luna

    Muuuuito obrigado pelas informações. Cheguei ontem e ficarei mais 5 dias! Depois de quase 20 dias pela Europa sem nadinha, fui com muita sede ao pote e tive que voltar pro hotel, rsrsrs. E eu até que resisto bem. Mas depois deste longo jejum e um produto de verdade, noooooossa. Vale mesmo ir devagar… Abs

    Responder

  4. 20 de julho de 2010 @ 20:14 Dani Justino

    Nossa Thi…esses bolos parecem ser tao inofensivos…mas sao uma bomba! Vem ate com instrucoes para a ingestao. Voce come um inteiro e fica na expectativa…depois de mais de uma hora voce comeca a sentir o efeito. E o barato fica por muito tempo no organismo, por isso sugiro que, para quem for consumir, fique em um lugar seguro de boa…(pode bater um panico, medao mesmo) e circule o endereco do seu hostel no mapa…e eh capaz de mesmo assim se perder no meio dos canais!

    Responder

    • 20 de julho de 2010 @ 20:22 Thiago Khoury

      Dani, você sempre sendo muito útil no blog! Seja bem-vinda, sempre!

      Responder

  5. 16 de julho de 2010 @ 12:30 Klecs

    Parabens! Será meu primeiro destino depois de me formar, farei uma eurotrip e Amsterdã será o primeiro lugar a ir!

    Responder

  6. 13 de julho de 2010 @ 13:56 Vinicius Pereira

    Mais uma vez um grande post cara.

    Muito bom seu blog, sou facinado por mochilão.

    Responder

    • 13 de julho de 2010 @ 14:15 Thiago Khoury

      Opa, valeu Vinícius! Volta amanhã pra ler sobre o Red Light District.

      Responder

  7. 12 de julho de 2010 @ 14:24 Cristiano Laender

    Thiago, parabéns pelo artigo. Mostra informação, entreterimento e coragem.

    Responder


Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2019. Todos os direitos reservados. Colabore com o blog! | Orgulhosamente hosted pelo DreamHost