Como é alugar carro em Orlando

Orlando é o maior mercado mundial de aluguel de carros, por isso é bem difícil não ter um carro disponível quando se precisa, mas encontrar aquele com o menor valor, o melhor tamanho e o maior custo-benefício nem sempre dá certo.

Por isso, nunca deixe de reservar carro antes de sair do Brasil.

Eu reservo sempre pela Rentcars.com que pesquisa o menor preço entre as locadoras disponíveis e parcela o pagamento em até 12x. Essa função é uma mão na roda principalmente quando se trata de Orlando que tem muitas locadoras diferentes, sendo que gente encontra muitas delas no próprio aeroporto.

Pegar carro alugado no aeroporto de Orlando

Depois de pegar a sua mala e passar pela alfândega, siga para o piso L1 que os guichês de todas as locadoras estarão lá, lado a lado, basta entrar na fila de onde você alugou o seu veículo.

Mostre o comprovante de locação e espere enquanto o moço do guichê tenta te vender outros seguros opcionais para o carro, cabe a você aceitar ou não. Depois siga na direção que ele indicar, mas provavelmente ele te dirá algo como “pegue qualquer carro aberto que estiver com a chave na ignição entre os corredores x e y”.

Sei que é estranho, mas é isso mesmo: basta colocar a mão na maçaneta, se abrir é só entrar, dar a partida e ir em direção a cancela. A moça da cancela irá pedir o seu comprovante de locação, carimbar algo e, pronto, pernas para quem te quero!

Orlando-Interstate-4-01-Estrada-Carro

Dirigir carro alugado em Orlando

Bem, é como dirigir no Brasil, a diferença é que é mais seguro, rápido e barato.

É mais seguro porque raramente as estradas possuem apenas uma faixa, são pelo menos duas ou três, sendo que elas são muito mais largas do que as que estamos acostumados aqui no Brasil. O incomum por lá é dirigir bêbado ou acima do limite da velocidade, além da qualidade dos veículos em circulação ser acima da média, nunca vi carro que deveria estar em desmanche circulando.

Orlando-Interstate-4-07-Estrada-Carro

Pedi um GPS, mas foi dinheiro jogado fora já que uso o celular com internet ilimitada

É mais rápido porque o trânsito geralmente flui, basta evitar os horários de pico (quando os fogos dos parques estão para começar ou terminar, ou por volta das seis da tarde). Como são pouquíssimas curvas em uma cidade muito plana, o risco maior é dormir no volante.

É mais barato porque apesar de agora termos Uber, que em Orlando é assustadoramente mais barato do que táxi, a concorrência entre as locadoras é grande, o que puxa os preços para baixo – além da gasolina, que é vendida por galão e é infinitamente mais barata do que no Brasil.

Estacionar nas ruas de Orlando e usar o parquímetro nos Estados Unidos

É tão simples, mas tão simples que você não precisa pesquisar como usar, basta olhar e começar a apertar os botões que a operação é instintiva, sabendo que além de moeda você também pode usar o seu cartão de crédito.

Dê uma olhadinha nas próximas fotos e lembre-se de estacionar restrito ao espaço da vaga escolhida:

Orlando-Downtown-27-Carro

Orlando-Downtown-29-Carro

Orlando-Downtown-28-Carro

Claro que não fui eu que joguei os copos – mas poderia ter tirado, eu sei

Abastecer em postos de gasolina nos Estados Unidos

Bem tranquilo e auto didático, as bombas geralmente tem os passos enumerados: como não existem frentistas, você mesmo digita a quantidade de combustível e o tipo de combustível que deseja utilizar, sendo que em carro alugado o esperado é escolher o mais barato.

Lembrando que quando digo “tipo de combustível” são variações de qualidade de gasolina e não escolher entre álcool ou gasolina, já que lá não tem dessa de carro flex.

Orlando-Ruas-03-Posto-Gasolina

Orlando-Ruas-04-Posto-Gasolina

Olha o preço da gasolina regular a última vez que abasteci: U$ 2,65 por galão, ou seja, U$ 0,70 por litro de gasolina.

Orlando-Ruas-05-Posto-Gasolina

Bem, eu sou do tipo que acredita que é impossível ir para Orlando e não alugar um carro, caso contrário sua viagem fica muito restritiva, cansativa e cara. Só quero dar duas dicas antes do fim do post:

(1) Cuidado com carros econômicos muito pequenos. É tentador gastar o mínimo possível na locação, mas se você não estiver sozinho, lembre-se que malas ocupam muito espaço: um carro como esse que aparece na fotos, alugado na Alamo através da Rentcars.com, mal consegue transportar dois com uma mala grande cada, no máximo dois com duas malas médias ou pequenas.

(2) Pague pelo tanque: no ato da locação eles podem te oferecer a opção tanque vazio, que é na verdade poder devolver o carro com a gasolina já na reserva. Eu acho isso de uma comodidade sem tamanho, principalmente em Orlando onde geralmente saio correndo para o aeroporto em cima da hora do voo.

Quando estiver indo embora, no fim da viagem, basta entrar no aeroporto seguindo as placas de devolução do carro. Você irá ver um funcionário que irá receber e vistoriar o carro enquanto você tira a mala e corre para o check-in!

Salvar

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Orlando? Fiz uma lista com as melhores opções nos arredores da Disney e outra na região central da International Drive, confira!

  Já contratou o seguro de viagem? Seguro é essencial nos Estados Unidos! O buscador Seguros Promo é parceiro do blog e oferece 5% de desconto para leitores, além de parcelar em até 12x no cartão. Se tiver alguma dúvida, fale comigo!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip de celular americano com internet ilimitada – o frete é por minha conta! Se tiver alguma dúvida, entre em contato comigo.

  Para alugar carro na Flórida pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Sou jornalista, trabalhei com assessoria de comunicação e fui repórter de turismo. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Sou @rodeiviagens no Insta.


'Como é alugar carro em Orlando' não tem comentários

Seja o primeiro a comentar este post!

Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2018. Todos os direitos reservados. Colabore com o blog! | Orgulhosamente hosted pelo DreamHost