Cardápios em inglês traduzidos

Atualizado em 2 de agosto de 2018 por Thiago Khoury

Você está em um país de língua inglesa, aceitou o convite dos amigos para comer em um restaurante legal e não faz a menor ideia do que está escrito no cardápio? Seus problemas acabaram!

Fiz uma lista com alguns dos itens que podem aparecer em restaurantes gringos, mas claro que posso estar errado em algumas dessas traduções: você pode sugerir outras, melhorar as minhas explicações ou lembrar algo que não aparece aqui.

Os cortes bovinos foram os mais complicados de traduzir porque no Brasil eles podem ser divididos em vários subcortes que geralmente só existem na América do Sul. Você não imagina o quanto é difícil diferenciar, em inglês, a parte de trás do boi: é maminha, é patinho, é músculo… Por isso, pelo menos por agora, você irá encontrar aqui apenas o nome genérico ou o corte principal.

Enfim, qualquer bobagem que eu tenha dito, dê o grito!

E boa sorte na escolha do prato!

Salmão na palha com peas

Como traduzir pratos de fish (ou seafood) para o português

Anchovy é anchova/enchova, aquele peixe da pizza de alice. Também chamado de bluefish.

Bass é robalo;

Carp é carpa;

Catfish é bagre;

Clam é um pouco mais complicado, mas sempre que leio imagino um mexilhão;

Codfish é bacalhau;

Crab é caranguejo;

Croaker é corvina;

Dogfish é tubarão, ou filhote de tubarão, que a gente também chama de cação;

Eel são os peixes de corpo cilíndrico, como enguia, mas tem gente que chama de moreia;

Flatfish são os peixes achatados que não possuem dois lados simétricos, como o linguado (flounder), o pregado (turbot) e o solha (sole);

Goldenfish, que na internet é gilthead bream, é o nosso dourado;

Lobster é lagosta;

Mackerel é o cavala/cavalinha ou carapau;

Octopus é polvo;

Oyster é ostra;

Jewfish é o mero;

Salmon é salmão;

Sandperch é o namorado;

Sardine é sardinha;

Scallop é o mesmo que vieira, um molusco;

Shark é tubarão;

Shrimp (ou prawn) é camarão;

Squid é lula;

Swordfish é peixe-espada;

Tilapia é o mesmo, tilápia;

Trout é truta;

Tuna é atum;

Whiting ou sea bass é badejo.

O bom é velho steak com french fries – Victoria, BC

Como traduzir pratos de meat para o português

Beefsteak (ou steak) é bife bovino;

Bottom sirloin é fraldinha, a parte mais baixa (bottom) do sirloin;

Brisket é peito bovino;

Chop é costeleta, que é um osso grande na lateral e muita carne (como em pork chops, ou costeleta de porco);

Kidney é rim;

Lamb é cordeiro;

Liver é figado;

Mutton é carneiro;

Pork é carne suína (pig é o animal);

Rib é costela, que são vários ossos com pouca carne entre eles (como em pork ribs, ou costela de porco);

Round é toda a parte traseira do boi;

Sausage é linguiça;

Shoulder é paleta;

Sirloin é o contrafilé (no Reino Unido geralmente é usado para toda a região do filé e contrafilé, quanto mais alto, top, melhor é);

T-Bone é o bife de contrafilé com osso;

Tenderloin é filé mignon, mas geralmente fillet mignon é o mais usado;

Top sirloin é picanha, a parte mais “top” do sirloin.

Como traduzir pratos de chicken (ou fowl, ou poultry) para o português

Chicken é carne de galinha;

Cornish hen (ou cornish game hen) é filhote de frango inteiro, ou galeto;

Duck é pato;

Goose é ganso;

Quail é codorna;

Turkey é peru.

Uma saladinha com shrimps, que, no Canadá, é prawn – Victoria, BC

Como traduzir pratos de vegetables para o português

Arugula é rúcula;

Asparagus é aspargos;

Basil é manjericão;

Beet é beterraba;

Bell peppers pode ser pimentão verde, vermelho ou amarelo;

Broccoli é brócolis;

Cabbage é repolho;

Capers é alcaparras;

Cauliflower é couve-flor;

Celery é aipo;

Cilantro é coentro;

Corn é milho;

Cucumber é pepino;

Chayote é chuchu;

Dill é endro;

Eggplant é berinjela;

Garlic é alho;

Ginger é gengibre;

Hearts of palm é palmito;

Kale é couve;

Leek é alho-porro;

Lettuce é alface;

Mushroom é cogumelo;

Onion é cebola;

Parsley é salsinha;

Pumpkin e squash é complicado, mas provavelmente o primeiro é abóbora e o segundo é moranga;

Peas é ervilhas;

Potato é batata;

Radish é rabanete;

Spinach é espinafre;

Zucchini é abobrinha.

Comandos em inglês para pedir um prato

Bake/baked é assar/assado;

Boil/boiled é ferver/fervido;

Fry/Fried é fritar/frito;

Grill/Grilled é grelhar/grelhado;

Marinated é marinado;

Sauteéd é refogado;

Raw é cru;

Roast/Roasted é assar/assado;

Stewed é ensopado;

Toast/Toasted é tostar/tostado.

Se você gostou desse post, ele é uma das minhas dicas no Pinterest:

[adrotate banner=”57″]

26 comentários sobre “Cardápios em inglês traduzidos

  1. Oi Thiago!

    Quando fiz intercâmbio tive dificuldades de entender os cardápios em inglês. Suas informações são ótimas e ajudarão na próxima viagem. Parabéns!

  2. Ótima lista, adicionando: white meat ou dark meat no caso do frango é carne do peito ou da coxa.
    Uma atualização nos cardápios mais recentes: organic = orgânico, free range chicken = frango que cisca, não vive em gaiola
    E também acrescentaria os pontos de cozimento das carnes, rare, medium, medium well, well done…

  3. Oi thiago,

    td bem?
    sou alérgica a pimenta e gostaria de dicas do que comer sem este condimento em nova york
    vc pode me ajudar?

    bjos

    • Oi Deborah! Acho que você vai ter que perguntar sempre e pedir que tirem a pimenta se possível (snacks já vem apimentados de fábrica, não tem como tirar). Tempero de americano geralmente é = a pimenta. Sabe “tá meio sem sal a a comida”? Então, põe pimenta! Dê preferência para italianos onde a pimenta sempre é a parte.

  4. amei esse site, as dicas que vc deu são ótimas e com certeza fazem a diferença, pq não é comum aprender com detalhes esse tipo de coisa em aulas de inglês…OBRIGADA :)

  5. Ahaha tirei fotos dos cardápios traduzidos pra levar na viagem… vai ser um adianto e tanto e meu marido nunca mais vai querer me matar por eu ter pedido uma carne crua por nao saber oq é RAW! rsrs

  6. Parceiro, certa vez tive um problema com um tal de crawfish em Londres.
    Fui no dicionário e encontrei lagostim. Pensei: beleza!
    Quando veio, era um tipo de camarão. Pensei: tudo bem, gosto muito também.
    Só que, fora a aparência, não era camarão normal. Era uma coisa muito, mas MUITO sem gosto que eu nunca tinha visto no Brasil. Alguém aí sabe de que droga estou falando?

  7. O lance das carnes realmente é complicado. Como não entendo de corte de carnes nem aqui, acho que não terei problemas. Prefiro Hamburger ou Chicken… é mais fácil de se fazer entender e mais ao meu gosto.

    Ahh, Thiago… as páginas de Buenos Aires do seu site sumiram… pq???

  8. Thiago, vc não tem noção do quanto esse tópico vai bombar!!! Ou melhor, deve ter, pois já deve ter imaginado sua utilidade, heheheheh!
    Pelo que eu conheço de comida e inglês, vc fez um trabalho muito bom na compilação. Tenho algumas sugestões de complemento: carnes exóticas e ponto da carne. A primeira, porque vejo reality shows de culinária e vejo eles falarem veal, venassom e coisas do tipo, e confesso que fico em dúvida sobre as diferenças. A segunda, porque às vezes a gente gosta da carne num certo ponto de cozimento e se não fala do jeito certo periga vir um “boi berrando” quando a gente queria um bem passado, hehehehe!

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

*