26 de maio de 2022
Para onde vamos agora?

Costa Cruzeiros: navios, rotas e dicas de viagens

Costa Cruzeiros

Atualizado em 25 de maio de 2022 por Thiago Khoury

Pessoal, e eu que fui convidado para falar sobre um tipo de viagem que gosto tanto, mas tanto, que já fiz três e estou de olho na quarta – sim, iremos falar sobre cruzeiros, rs!

Eu não sei de onde veio minha paixão por cruzeiros: minha família nunca tinha feito nenhum até então; e, na minha turma, quem foi influenciado foram eles, os amigos – eu fui o cara que voltou falando maravilhas e fez todo mundo gostar também.

Acho que o mosquitinho dos cruzeiros marítimos me picou quando eu senti o navio zarpar pela primeira vez do deck da piscina. Tem muita comida, tem entretenimento inédito e exclusivo, tem bebida, tem as paradas e os ports of call

Mas tem o ventinho do deck da piscina.

Você tem que sentir o ventinho do deck da piscina.

Costa Cruzeiros: empresa italiana (gingado sul-americano)

É que quando a gente fala de cruzeiro a gente fala de um tipo de turismo que começou há muito, mas muito tempo atrás. A Costa Cruzeiros é uma das pioneiras, nasceu na Itália em 1854 e é uma das cinco maiores do mundo até hoje.

A gente ainda vai falar sobre isso, mas quero dar um spoiler do que vem lá na frente: a Costa Cruzeiros é uma gigante italiana que é líder em cruzeiro Europa, mas ela também é especialista em América da Sul há quase setenta anos – desde a primeira viagem, em 1948, eles foram pioneiros em desbravar portos sul-americanos quando incluíram Buenos Aires como destino final.

Obviamente esses navios antigos já não existem mais (até porque eles comportavam impressionantes… 50 passageiros), mas hoje existe 12 navios na frota divididos em 6 classes (classe é a família do navio, cada navio faz parte de uma “família”):

  • Costa Fortuna (classe Fortuna)
  • Costa Serena (classe Concordia)
  • Costa Pacifica (classe Concordia)
  • Costa Favolosa (classe Concordia)
  • Costa Fascinosa (classe Concordia)
  • Costa Luminosa (classe Luminosa)
  • Costa Deliziosa (classe Luminosa)
  • Costa Diadema (classe Diadema)
  • Costa Venezia (classe Venezia)
  • Costa Firenze (classe Venezia)
  • Costa Smeralda (classe Excellence)
  • Costa Toscana (classe Excellence)

Ah, mas qual o melhor navio da Costa Cruzeiros?

Isso não existe.

Quando a gente fala de uma empresa do tamanho da Costa, não existe navio melhor ou pior, existem navios diferentes – e é quando você consegue compará-los que você descobre qual o tipo de navio você gosta mais.

Por exemplo: o Costa Fortuna, primeiro navio da frota atual, zarpou pela primeira vez em 2003. Ele 13 decks (ou seja, 13 “andares”), 272 metros de comprimento e capacidade máxima de 3.470 passageiros.

Já o Costa Toscana é de 2021, tem 20 decks, 337 metros de comprimento e capacidade máxima de 6.554 passageiros.

Ou seja… Eles são muito diferentes!

Costa Fortuna

Costa Fortuna atracado em Genova, Itália (Fonte: Unplash)

Ser maior e mais recente não é necessariamente melhor do que ser menor e mais antigo, só é diferente (a qualidade não muda, mas tem gente que gosta de grandiosidade e tem gente que se atrai justamente pelo oposto).

E lembrando que existem navios diferentes para destinos diferentes: existem portos e destinos mais insólitos (como geleiras, por exemplo) que podem não receber navios como o Toscana, mas recebem navios como o Fortuna.

Enfim, o melhor navio da Costa é aquele que faz o itinerário dos seus sonhos. Depois de considerada essa etapa, se você é mais “Toscana” ou mais “Fortuna” quem vai me dizer é você.

Costa Cruzeiros faz viagens no Brasil?

Sim, a Costa Cruzeiros faz viagens no Brasil. Aliás, não só no Brasil como em outros destinos da América do Sul, além de cruzeiros no mediterrâneo e Caribe (provavelmente os três destinos mais buscados), além de outros menos comuns, como Emirados Árabes e volta ao mundo por exemplo.

Não é errado dizer que existem (e deixam de existir a cada temporada, porque temporadas e itinerários são verdadeiros lançamentos, que nem filme da Marvel no cinema) centenas de viagens possíveis, ou “itinerários”.

Ou seja: a gente não faz um “cruzeiro para o mediterrâneo”, a gente “faz o cruzeiro x da temporada y pelo mediterrâneo” (só para você ter uma ideia, atualmente a Costa Cruzeiros tem nada mais nada menos do que 272 viagens possíveis para o destino “mediterrâneo”).

O Brasil é um super destino nas rotas da Costa Cruzeiros, a maior parte das partidas em itinerários sul-americanos acontecem aqui (posso estar errado, mas provavelmente o Brasil é um dos únicos destinos com quatro portos de partida): Santos, Rio de Janeiro, Salvador e Itajaí.

Para pesquisar viagens em portos do Brasil, você pode clicar em viagens pela América do Sul e fazer a busca pelo porto de sua escolha – ou dar uma rolada pela página de promoções cruzeiro, lá sempre tem uma chamada para os itinerários mais famosos.

Thiago, e qual vai ser o seu próximo cruzeiro?

Então, eu ainda não bati o martelo em relação ao itinerário propriamente dito, mas meu próximo cruzeiro será…

Norte da Europa. É assim que a Costa chama os cruzeiros que incluem a Escandinávia, os famosos “cruzeiros de inverno” (que, curiosamente, bombam mesmo é no verão).

Já pensou sentir o ventinho do deck da piscina enquanto o Costa Fortuna passa pelos fiordes noruegueses?!

Previous Article

Ensaio de fotos em Nova York: quanto custa e como fazer

Next Article

Quanto custa uma viagem a Nova York? Como calcular passo a passo

You might be interested in …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*