Hospedagem em Miami: onde eu fico?

Atualizado em

Para quem está de carro onde ficar em Miami não é nenhum dilema, pelo contrário: sabendo o quanto você pode gastar, ficar mais ou menos próximo de um shopping, praia ou bairro só é um assunto delicado quando se tem pouco tempo na cidade ou se dirigir não for uma opção (update: dirigir na Flórida é sempre a melhor opção, leia sobre a minha experiência com aluguel de carro em Miami).

No mais, tudo será sempre uma possibilidade: o que pode fazer com que você turbine sua viagem é definir o quanto antes se você é um turista da balada, turista de compras, turista a passeio ou turista ligeiro, desses que estão só de passagem.

Miami-Beach-09

Turista que quer passear e curtir a praia: fique em South Beach

Para quem quer ficar onde tudo acontece e está disposto a pagar por isso. Procure pelas opções entre as ruas 5 e 20, dando preferência para as proximidades da Lincon. Lembre-se que Miami também segue a regra mundial da hospedagem à beira-mar: não é todo mundo que está de frente para o mar que se empenha na qualidade dos serviços.

Olha que ótimo: aqui você encontra uma lista com mais de 200 hotéis em South Beach. Quem tem a melhor cotação é o Franklin, um três estrelas na Collins na altura da rua 9 – e em baixa temporada você consegue apartamentos para duas pessoas por apenas U$ 150.

O segundo mais bem cotado é o famoso The Tides, na Ocean Drive, na altura da Lincoln. Ele é bem bonito, tem um restaurante com deck de madeira elevado e não passa despercebido: todo mundo que passa por ele tira uma foto na entrada. Um bom preço é qualquer coisa por menos de U$ 390.

Update: o tempo passou, minhas dicas melhoram e eu aprendi que ficar um pouquinho depois de South Beach tem as suas vantagens – conheça o Circa 39, uma ótima dica pelo menor preço.

Turista que quer balada: fique pelas bandas de Brickell

Quem curte balada também estará super bem localizado em South Beach porque o que não falta ali é rooftop para curtir um lounge e dar aquele chillout com os amigos. Percebeu como já sou quase um jetsetter?

De qualquer forma também fecho com Brickell: uma região onde rolam várias opções interessantes de bar para curtir o fim de tarde, todos a distâncias caminháveis, além de continuar bem próximo de South Beach.

Por onde começar? Para dar aquele empurrãozinho nas pesquisas, minha dica é ir procurando um cantinho para chamar de seu pelos arredores do JW Marriott.

Turista ligeiro e turista que é bom de compra: fique onde você gastará menos

Como disse em nosso passeio de um dia em Miami, quem está só de passagem geralmente fica nos arredores do aeroporto e economiza até no aluguel do carro: não é nada muito turístico, mas, de carro, seguir em qualquer direção é extremamente prático.

Quem também fica pelas bandas do aeroporto é quem quer se dedicar apenas à milenar arte do escolher, pagar e levar: já dei uma ótima sugestão aqui, o Sheraton, mas existem outros duzentos que você pode escolher.

DoubleTree-Sawgrass1

DoubleTree

Quem viaja com o intuito de se hospedar “o mais próximo das lojas” deve procurar por algo a caminho de Fort Launderdale, uma cidade que você deveria incluir no seu roteiro. Um amigo se hospedou, há menos de uma semana, no DoubleTree de Sunrise e elogiou a experiência geral.

Onde você ficou quando foi à Miami?

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Miami? Selecionei as melhores opções em Downtown Miami e Miami Beach. Se você é como eu e prefere praia, o Circa 39 é bem localizado, tem ótimas tarifas e me recebeu super bem!

  Já contratou o seguro de viagem? Seguro é essencial nos Estados Unidos! O buscador Seguros Promo oferece até 10% de desconto para leitores do blog, além de parcelar em até 12x no cartão. Se tiver alguma dúvida, fale comigo!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip americano com internet ilimitada de verdade – e através do nosso link exclusivo você leva 10% de desconto! Se precisar, entre em contato comigo.

  Para alugar carro na Flórida pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez através da Rent Cars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português e dividem em até 12x no cartão ou com desconto no boleto.


Sobre

Sou mineiro de Belo Horizonte, onde nasci e moro. Nem toda viagem é trabalho, mas depois do blog todo trabalho virou viagem! Se quiser receber os últimos posts do blog e cupons de descontos exclusivos no WhatsApp é só adicionar (31) 98263.3937 aos seus contatos e mandar um "alô" para ativar o robô do blog!


'Hospedagem em Miami: onde eu fico?' tem 1 comentário

  1. 16 de Maio de 2012 @ 9:55 Paola

    Fui em Miami, fiquei 4 dias e foi mais do que o suficiente. era Janeiro e nao tava calor pra ficar na praia ou entrar no mar. a cidade em si tu conhece com calma em 3 dias, foi a impressao que eu fiquei. Boca Raton e Ft., Lauderdale sao LIIIINDAAAAASSSSS tambem :)

    ah, e pra compras fui no Dolphin Mall!

    Responder


Gostaria de deixar um comentário?

Seu endereço de email não será publicado.

*

Rodei Viagens 2010 - 2019. Todos os direitos reservados. Colabore com o blog! | Orgulhosamente hosted pelo DreamHost