9 de agosto de 2022
Para onde vamos agora?

Uma land inspirada em Pandora de Avatar em Animal Kingdom

Atualizado em 19 de novembro de 2021 por Thiago Khoury

Em breve Animal Kingdom irá passar pela maior expansão de sua história: em parceria com James Cameron e a produtora Lightstorm Entertainment, o maior parque de Orlando está prestes a recriar o mundo de Pandora com suas montanhas flutuantes, florestas iluminadas e aqueles animais muito loucos que só poderiam existir ali.

Avatar-01

Essa história é muito longa, mas é uma das mais incríveis de Orlando: onde hoje funciona o Camp Minnie-Mickey seria o que nos projetos iniciais era chamado de Beastly Kingdom, uma land de animais folclóricos.

Quando o orçamento original do parque ultrapassou um bilhão de dólares seus dirigentes optaram então por uma escolha mais modesta, criando uma land com uma atração apenas.

Bem, a verdade é que erraram quando criaram um parque tão grande que ocupa tão pouco dos planejamentos de viagem de quem o visita: quem almoça em Animal Kingdom não janta em Animal Kingdom, o que faz da arrecadação do parque a menor dos parques Disney. Com tantos animais e tecnologia, Animal custa caro para os cofres da empresa, mas sai barato para os bolsos de quem o visita.

E agora, como virar o jogo?

O tiro mais certeiro seria dar vida aos personagens da Marvel: hoje eles são não só os mais queridos como também os mais lucrativos, mas eles não cabem em um parque de animais, além de existir um contrato entre a Universal e a Disney que impede que ela utilize qualquer um de seus personagens em seus parques da costa leste americana.

Foi assim que o plano B entrou em ação: primeiro trazer ainda mais pessoas para o parque, já que Animal Kingdom perde em visitação para Islands, da Universal, depois manter essas pessoas ali por mais tempo, fazendo com que ele deixe de ser um parque “half-day”.

Shaping a Future Land at DisneyÕs Animal Kingdom

Animal Kingdom: parque noturno e Avatar

O anúncio da criação de uma land bem diferente do que se espera dos parques Disney não é novidade: os direitos de criação temática de Pandora foram adquiridos em 2011, mas desde então nada tinha sido falado sobre isso.

O que foi divulgado sobre a nova land é que turistas poderão caminhar por ela em escala real. De acordo com Tom Staggs, presidente da divisão dos parques, “teremos a sensação de voar em um Banshee”, aqueles pássaros gigantes de Pandora.

O legal é que já foram anunciadas três sequências para o filme, que até então é recordista absoluto de bilheteria global: se elas realmente forem lançadas em 2016, 2017 e 2018, as estreias irão coincidir com a expansão do parque que provavelmente será dividida em mais de uma etapa.

No quesito aumento de gastos, para manter os turistas até o fim do dia foi anunciado também um show de encerramento ao redor da Tree of Life e uma versão noturna do Kilimanjaro Safaris.

Espera-se que a expansão, ou a primeira parte dela, seja inaugurada oficialmente em 2017, provavelmente em maio, mas tem gente que acredita em um soft-openning ainda em 2016.

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Orlando? Fiz uma lista com as melhores opções nos arredores da Disney e outra na região central da International Drive, mas um que gosto muito é esse Holiday Inn completinho.

  Já contratou seguro de viagem? Seguro é essencial nos Estados Unidos, principalmente em tempos de Covid! O comparador Seguros Promo oferece pelo menos 10% de desconto para leitores do blog e ainda parcela no cartão!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip americano com internet ilimitada de verdade - e através do link do blog você leva pelo menos 15% de desconto e ligações gratuitas e ilimitadas para o Brasil!

  Para alugar carro na Flórida pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez na Rentcars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português!

Previous Article

Orelhas que brilham em sintonia com a música chegam a Orlando

Next Article

Disney’s All-Star Music Resort

You might be interested in …

1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*