13 de agosto de 2022
Para onde vamos agora?

Dicas de uso consciente do dinheiro

Atualizado em 30 de março de 2017 por Thiago Khoury

Publieditorial

Vou começar logo pela frase que me deu aquela chacoalhada hoje cedo: a gente deve deixar de consumir de forma impulsiva e passar a consumir de forma consciente, deixar de ser poupador e passar a ser investidor.

Sério? E eu que jurava que pingar um dinheirinho na poupança todo mês era o ápice da consciência financeira – não é: nada que é feito sem planejamento, e sem objetivos concretos, seja a curto ou longo prazo, resulta em algo que seja realmente significativo no fim do mês.

Quanto vale um “pingo” na poupança? Uma nota de 50 é o que sobra ou é o que tem sobrado? E se sobrar mais do que o esperado, comemoro bebendo ou comemoro poupando? Para realizar a viagem dos sonhos, vamos, diga, quanto preciso e em quanto tempo terei esse dinheiro?

O Banco Itaú Unibanco lançou um site interativo super interessante para esclarecer alguns pontos sobre o uso consciente do dinheiro. Porque gastar é fácil e todo mundo sabe, mas colocar um pouquinho de inteligência financeira para potencializar a qualidade do gasto pode fazer maravilhas no fim do mês.

Porquinhos quebráveis podem ser lindos, mas eles não engordam por conta própria: para tirar do papel a viagem que você tanto quer tem que saber onde colocar o que sobra no fim do mês. Eu não serei louco o bastante para dizer o que você deve ou não fazer, afinal cada investidor tem um perfil e não é difícil descobrir o seu: acesse o site, o teste interativo não leva mais de dois minutos.

O Itaú também acredita que dinheiro foi feito para gastar, mas existe uma certa diferença entre investir em uma caipirinha na quinta ou uma sangria, in loco, nas próximas férias.

Para ajudá-lo a descobrir quais os investimentos com maior capacidade de fazer os seus desejos se realizarem em menos tempo o site oferece mais de 200 itens entre simuladores, testes, tutoriais, vídeos e podcasts com dicas para sair do vermelho, economizar sem abrir mão do consumo, escolher o melhor crédito e o que fazer quando sobrar mais do que o esperado no fim do mês.

Aproveita que o conteúdo é interativo e sem palavras complicadas.

E não precisa ser correntista para acessar o site e usar tudo que ele oferece! Acesse, itau.com.br/usoconsciente.

Publieditorial

Previous Article

Como ler (e escrever!) críticas em sites de hospedagem

Next Article

Cancún para iniciantes: guia de compras

You might be interested in …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*