Onde ficar em Melbourne: dica de apartamento

Atualizado em 31 de outubro de 2019 por Thiago Khoury

Para falar sobre onde ficar em Melbourne a gente precisa discutir três pontos importantes: disponibilidade de tempo, o que você realmente gostaria de fazer ali e se pretende alugar um carro.

Claro que o centro é sempre a opção mais óbvia, é nele onde quase tudo acontece, mas também existem opções legais longe do CBD de Melbourne, que é como a gente chama a região central.

Outras dicas essenciais para planejar uma viagem à Austrália:

Quais as melhores formas de se viajar pela Austrália

Qual o melhor seguro de viagem para Austrália?

Qual o melhor chip de viagem para Austrália?

Onde ficar em Melbourne

O que mais gosto em Melbourne são os arredores de St Kilda, que é uma praia deliciosa, o problema é que ali é um microcosmo independente completamente diferente do centro – e é “micro”, não tem muito o que fazer a não ser entrar no mar.

Claro que se você adora praia e tudo que deseja é praia acaba aqui a discussão: fique na praia!

Mas se assim como eu você pretende ficar mais de dois dias em Melbourne o melhor é ficar no centro, porque assim você tem mais possibilidades de acesso para desbravar a maior parte da cidade, inclusive caminhando.

Já pensou em ficar em um apartamento com cozinha?

Na hora de escolher onde ficar em Melbourne eu optei pelo centro e não me arrependo, fiquei no Somerset On Elizabeth.

Se eu tivesse escolhido a praia eu dificilmente teria feito tudo que fiz em Melbourne: para mim o CBD serviu como pontapé inicial para qualquer programa perto ou longe dali.

Prédio do Somerset On Elizabeth

Somerset fica no The Strand, um shopping super famoso na Elizabeth Street

Onde ficar em Melbourne: Somerset On Elizabeth

Quem escolhe o Somerset estará a menos de dois quarteirões da Bourke Street, um boulevard de compras que cruza a Elizabeth Street e por onde passam alguns dos bondes elétricos que irão te conectar a quase todos os lugares que você pode precisar.

Quem não entra na Bourke Street pode seguir em linha reta em direção a Flinders Station, essa sim te leva ao infinito e além.

Somerset é um hotel de apartamentos servidos, assim você consegue aliar toda a independência de se hospedar em um apartamento às mordomias que um hotel oferece, como serviço de quarto e de limpeza.

O lugar é grande, mas o que mais gostei foi da separação que isola completamente a cama do restante do apartamento por uma porta de correr.

Suíte com um quarto, sala e cozinha completa

Uma TV na sala e uma no quarto

Claro que pobre se impressiona com pouco, mas a tarifa não era alta para um apartamento que permite liberdade completa para um casal que dorme em horários diferentes: de uma lado a cama, o armário e a televisão, do outro sofá, poltrona, mesa de jantar, banheiro e cozinha completa, com forno e fogão.

O Somerset não tem nenhum luxo, ele é completamente diferente do Pullman de Auckland que é super atento aos detalhes e oferece uma experiência muito mais luxuosa – Somerset é um apart simples, mas muito bem localizado e muito bem equipado, tem até máquina de lavar roupas no banheiro.

Ah, antes de ir vale lembrar o que não mostrei aqui: o Somerset tem uma academia, sauna e duas pequenas piscinas aquecidas (que estão mais para duas grandes jacuzzis).

Super dica de apartamento em Melbourne, passa para os amigos!

Hospedagem na AustráliaMelbourne
Comentários (1)
Adicionar comentário
  • Camila Costa

    otimas dicas mesmo! hotel é essencial conhecer antes de reservar!