15 de agosto de 2022
Para onde vamos agora?

10 coisas incríveis que aconteceram na minha última viagem a Orlando

Atualizado em 19 de novembro de 2021 por Thiago Khoury

Eu que todo ano vou para Orlando tenho essa mania louca de continuar gostando de lá. Minha mãe diz que a culpa é dela, por ter me influenciado, mas eu acredito que seja porque coisas incríveis continuam fazendo com que cada viagem seja incrivelmente diferente da outra:

Disney

Coisa incrível no 1: fazer um pitstop inesperado no Rio

Chovendo uma chuva ingrata no Galeão, a energia do aeroporto caiu pelo menos três vezes. O embarque estava sem ventilação e era impossível enxergar qualquer coisa ali dentro, eu não sabia se estávamos andando em direção a pista de pouso ou ao banheiro.

Nosso voo foi postergado duas vezes antes de ser cancelado. Fiquei impressionado com o jogo de cintura da American: em menos de vinte minutos remarcaram o voo para o início da tarde do dia seguinte e colocaram todos os 200 passageiros em Copacabana… No Windsor de Copacabana.

O que eu via pela janela do quarto e o que eu via embaixo dela, em cima da mesa

Coisa incrível no 2: ver Manhattan acender enquanto tudo escurece

Todo mundo acha incrível ver um um pôr do sol ostentação, desses que nos transformam em fotógrafos, mas não tem nada igual ao momento em que as luzes dos prédios de Manhattan começam a acender em sincronia, é como uma sinfonia de escritórios onde todas as pessoas parecem combinar o mesmo minuto para fazer a mágica acontecer.

Disney-Janeiro-2014-33

Fotógrafos de Instagram do alto do Rockefeller Building

Coisa incrível no 3: ficar de boca aberta ouvindo o Mickey falar

Ninguém esperava por isso: sério, ele fala! Tudo bem que a nova tecnologia ainda precisa de algumas melhorias, porque muitas vezes dizemos coisas como “você é lindo pessoalmente” e ele responde “eu também suspeitava disso”, mas, tudo bem, ainda é um protótipo. Por enquanto esse novo mickey-falante só responde em inglês e é exclusivo de Magic Kingdom, então prepare-se para encarar pelo menos 40 minutos de fila.

Disney-Janeiro-2014-121-Magic-Kingdom-Talking-Mickey

Coisa incrível no 4: ter os passageiros mais bagaceiros da temporada

Eu geralmente interajo bem com todo mundo que levo, de filho de prefeito a atriz em ascensão, mas não tem coisa melhor do que levar adolescente que chama Pateta de Pluto. Sabe um pessoal que rola no chão e não tem medo de fazer papel de bobo? Então, chama o guia que ele rola junto.

Meninos, vocês foram incríveis. Eu quero um cacho do cabelo de vocês.

Disney-Janeiro-2014-203-Universal-Studios

Coisa incrível no 5: ser parte do bagaço

Já viajei com tanto guia, e ainda devo viajar com tantos outros, que foi incrível conhecer duas pessoas do bagaço quando eu menos esperava, talvez seja por isso que atraímos tanto bagaceiro em um só grupo: Bárbara foi corrompida, devolvemos para o mundo uma pessoa completamente diferente da que ele nos enviou, mas little Tarcísio já nasceu com um pé na lama. Meninos, nós fomos incríveis.

Coisa incrível no 6: encontrar a solução do frio de matar

Nem todos os dias foram assim, mas sei de grupo que passou perrengue em Nova York. Em Orlando a Disney criou uma manta que a gente via aos montes por lá: em compras acima dos 25 dólares tínhamos direito a levar esse cobertor por um preço camarada, um daqueles produtos que só se pode comprar assim, por ~mérito~. Eles nunca fizeram um produto tão legal para incentivar o consumismo nos parques.

Coisa incrível no 7: ter encontros de primeiro grau com atores famosos

Tive a chance de levar uma quantidade assustadora de fãs de Harry Potter no parque do Harry Potter justamente quando acontecia o fim de semana de celebração de Harry Potter. Tive medo porque a probabilidade de perder um pelo caminho era grande, mas o dia rolou de acordo com o planejado, foi até divertido lidar com quem corria atrás de Fred e George Wesley.

Não existe data oficial para o próximo evento, mas se eles seguirem fazendo como tem sido até então, é provável que o próximo aconteça no fim desse ano ou no início do ano que vem. Quem viver verá. Expecto Patronum!

Disney-Janeiro-2014-244-Islands-of-Adventure

Coisa incrível no 8: presenciar o charme e a malemolência do lepo-lepo

Tem sempre um que canta, que dança ou que consegue lamber o cotovelo, mas ter um grupo onde todo mundo sabe dançar o lepo-lepo fez de mim um sujeito mais feliz, tirando os refrãos maliciosos que a responsabilidade jurídica me proíbe de por aqui.

Coisa incrível no 9: usar a pulseirinha que mudou tudo, mais uma vez

Não irei dizer muito porque na quinta sobe minha opinião sobre a MagicBand, mas é impressionante como uma pulseira de borracha consegue mudar tudo tão rápido. Quem já foi e pretende voltar, principalmente quem não se hospeda nos hotéis do complexo, irá notar rápido que tudo mudou, mas infelizmente nem sempre isso é legal.

Magic-Band-07

Coisa incrível no 10: we’ll always have Disney

Como diria Humphrey Bogart, nós sempre teremos Disney, e nós nunca poderemos estragá-la, nem ficando mais velhos e chatos. E não me venha com sou mais do tipo Europa, porque só desdenha quem não foi: Orlando é um não-lugar, um ambiente que não pertence a nenhum outro, desses que inexplicavelmente possuem contexto próprio. Por isso aquilo tudo é incrível, inclusive para nós, velhos e chatos.

Outras dicas do blog para programar a sua viagem:

  Já sabe onde ficar em Orlando? Fiz uma lista com as melhores opções nos arredores da Disney e outra na região central da International Drive, mas um que gosto muito é esse Holiday Inn completinho.

  Já contratou seguro de viagem? Seguro é essencial nos Estados Unidos, principalmente em tempos de Covid! O comparador Seguros Promo oferece pelo menos 10% de desconto para leitores do blog e ainda parcela no cartão!

  Você consegue viajar sem celular? Não deixe de sair do Brasil já com o seu chip americano com internet ilimitada de verdade - e através do link do blog você leva pelo menos 15% de desconto e ligações gratuitas e ilimitadas para o Brasil!

  Para alugar carro na Flórida pelo menor preço pesquise em todas as locadoras de uma só vez na Rentcars. Eles possuem escritório no Brasil com atendimento em português!

Previous Article

Quais as melhores formas de se viajar pela Austrália?

Next Article

MagicBand: como a Disney mudou tudo mais uma vez

You might be interested in …

8 Comentários

  1. “E não me venha com sou mais do tipo Europa, porque só desdenha quem não foi: Orlando é um não-lugar, um ambiente que não pertence a nenhum outro, desses que inexplicavelmente possuem contexto próprio. Por isso aquilo tudo é incrível, inclusive para nós, velhos e chatos.”
    PERFEITO!!!!
    Descrevesse perfeitamente o meu sentimento quanto a Orlando/Disney/Universal!
    Adoro teu blog! =*

  2. Meu, que lindo esse post!!
    Só me fez ficar com mais saudades da Disney!!
    Eu fui em out/2013 sem guia, meu estilo de viagem…mas iria ADORAR ir com vc como guia! Parabénsssssssssss

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*